Sana 2017 surpreende os gamers

O maior evento de cultura japonesa e geek do Norte e Nordeste, Sana, conseguiu um ótimo destaque em sua edição de 2017 com o show do Asian Kung Generation, mas não foi apenas nisto que o evento mereceu ganhar atenção, já que as áreas voltadas para os gamers também receberam um carinho especial da organização do evento.

Logo de inicio o evento já chama atenção com sua “arena gamer” gigantesca tendo computadores para disputas de Dota 2, League of Legends, Heros of the Storm e Paladins. Além disso, também teve uma enorme quantidade de consoles da atual geração como Playstation 4 e Xbox One para jogatinas de Call of Dutty, Naruto Storm, Street Fighter 5, FIFA 2017 e PES 2017. Consoles antigos também deram as caras envolvendo os jogadores nos nostálgicos Tekken 3, Smash Bros e Naruto Shippuden Accel 2. No decorrer dos três dias de evento ocorreu torneios de quase todos os jogos que estavam disponíveis para jogatina. Até mesmo o, ainda não lançado, Dragon Ball FighterZ teve sua atenção num mini campeonato valendo o código do game de luta quando este for lançado. (Eu participei, mas acabei sendo eliminado. Um amigo que estava me acompanhando conseguiu terceiro lugar)

Os amantes de vídeo game tiveram o prazer de ir ao stand de Dragon Ball a demo do FighterZ e ver o quanto o game estava dinâmico e didático. Além disso, tirar foto com a nuvem voadora e uma estatua bem feita do Shenlong. Para a surpresa dos fãs de nicho, o jogo Gundam Versus também estava disponível para ser jogado e experimentar todo o poder que o Unicorn Gundam recebeu neste jogo.

Para os amantes de League of Legends, teve palestra com o streammer Yoda. As pessoas que tinham a entrada VIP tiveram a oportunidade de encontrá-lo frente a frente. (E também o pessoal da banda Asian Kung Fu Generation na qual fez meu naruterd interior despertar no meio do show. Dattebayo)

Algo bastante interessante foi a área voltada para desenvolvedores nordestinos de jogos. Foi uma oportunidade de ouro para quem deseja se profissionalizar no ramo dos games ver outros que estão lutando para conseguir fazer suas criações ganharem maior destaque na mídia e entre os fãs de jogos eletrônicos. O Sana pode ser alvo de algumas criticas, mas esta iniciativa foi algo digno para abrir um leque de oportunidades estes desenvolvedores. Além disso, também teve um pequeno espaço para quem desejava aprender o básico sobre a produção de games.

Sana 2017 foi realmente um grande evento para os apreciadores das diversas culturas que envolvem o universo nerd e conseguiram fazer a parte de games não ser apenas mais um simples detalhe para diversão como muitos vinham fazendo, deste modo a Area Game do Sana tornou-se um prato cheio para o público.

Para concluir, veja um gameplay do Dragon Ball FighterZ feito no Sana:

Publicado
Futuro publicitário louco por toda a cultura nerd e geek. Redator do Última Ficha e apaixonado por jogos. Principalmente aqueles que vem da terra do sol nascente.