BGS 2017: Jogamos Monster Hunter World e até o Ed Boon elogiou

Nossa aventura na BGS 2017 começou a mil e para o primeiro dia tenho que destacar o jogo Monster Hunter World. Diferentemente da E3 onde só pudemos ver um vídeo guiado, na BGS nós efetivamente jogamos o antecipado game da Capcom onde teremos que caçar inúmeros monstros.

Sua maior novidade é o mapa que é completamente integrado e interativo, ou seja, esqueçam as dezenas de áreas e corra atrás de sua presa. Abaixo iremos disponibilizar 2 gameplays que gravamos durante a feira a portas fechadas da sua versão multiplayer.

O primeiro gameplay escolhemos uma caça na dificuldade média onde estávamos em time de quatro pessoas. Nós fomos extremamente eficientes e terminamos a caça em simplórios 11 minutos (os mais rápidos do evento no primeiro dia).

Já o segundo gameplay foi especial por mais de um motivo. Ao sobrar ainda uns bons minutos para nos divertir com o jogo, ficamos somente eu (Coimbra) e o Vicente na sala. Após falarmos com o assessor da Capcom (mestre Fabão), nós atacamos o jogo em seu modo difícil! Como fomos os primeiros a encarar esse modo, era tudo novidade, inclusive para o Fabão. Porém, após ficar muitos minutos perseguindo e atacando o dinossaurão gigante, o jogo esquentou e era tiro e espadada para todos os lados. Não só o Fabão ficou empolgado com a pancadaria, como ED BOON TAMBÉM! Sim, o criador de Mortal Kombat e Injustice estava no stand (vale dizer que o stand da Capcom, Warner e EA é integrada) estava espiando nossa jogatina e ficou muito tempo lá se divertindo conosco (a tensão era tamanha que o Vicente nem percebeu o mestre do seu lado). O curioso é, ele ficou comentando com o resto de nossa equipe (que estava do lado de fora) como o jogo tava bom e como jogávamos bem!

Precisa de algo mais?

E sim, enquanto jogávamos, Bolotinha tietava o mestre

Publicado
Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.