Dicas para arrasar no Multiplayer de Call of Duty

Matéria escrita pelo nosso colaborador Yago Campos

Posso começar um pouco da minha história com o clássico MW2, ou Modern Warfare 2. Fiquei em primeiro lugar em um campeonato da região onde eu morava, não era nada sério, até porque o prêmio foram duas Coca-Cola de dois litros, insano! Em MW2 cheguei ao prestígio 10, ou seja, fui ao nível 70 que era o nível máximo, 11 vezes. Fui autor de conseguir o killstreak Tactical Nuke 2 vezes em uma única partida, para aqueles que não sabem, o famoso NUKE era o maior killstreak do jogo, para conseguir, era necessário conseguir 25 kills sem morrer, cara, era um suor do cão! Esse foi o dia mais arrepiante da minha vida, pois eu fiquei 58/1. Comecei a partida matando dois e logo em seguida morri a primeira vez. Após essa morte, eu troquei minha classe que continha uma SCAR-H com FMJ para uma que tinha uma UMP-45 com mira RED DOT e um silenciador. A fase era Highrise, fase pequena em que tinha atalhos para avançar de um respawn para o outro, onde era possível pegar kills com seus inimigos de costas para você.

Enfim, eu não estou aqui para contar toda a minha história, isso pode vir em um futuro post, estou aqui para mostrar que entendo sobre o game e posso sim passar dicas mesmo não tendo o mais recente de sua franquia.

DICAS PARA CONSEGUIR PARTIDAS ARREPIANTES NO MULTIPLAYER DE CALL OF DUTY WWII!

Bom, para começarmos, queria explicar que estou passando essas dicas por um simples motivo: TODO Call of Duty lançado consiste na mesma técnica de sempre: manter sua posição no mapa e evitar a movimentação no centro deles. Sim, as grandes jogatinas de COD insiste em apenas você saber por onde anda e conhecer seus mapas, pois conhecendo cada mapa com seus principais detalhes e atalhos, fará com que tenha vantagens sobre seus inimigos. Separei as melhores dicas possíveis em tópicos e explicarei da melhor forma possível cada dica.

– Movimentação;

O contexto movimentação usado ali em cima baseia-se em você se manter em certos locais do mapa. Isso não é pedir para você se tornar um Camper, termo usado para jogadores que só ficam em uma única posição esperando kills, o qual uma hora morrerão pelas costas ou com killstreaks aéreos por seus inimigos ao te localizarem no mini mapa. Então, não seja um camper, a questão da movimentação é MANTENHA-SE nas laterais do mapa, pois 90% dos jogadores procuram por kills no centro do mapa, o que aumenta sua chance de morte caso vá arrumar encrenca lá no meio. Mantenha a movimentação pelos cantos, pois fará com que enquanto acontece uma tremenda guerra no meio do mapa, você consiga dar a volta e pegar os inimigos em seu respawn.

– Perks & Acessórios;

Atualmente, os games da franquia Call of Duty tem sido traduzidos 100% para a língua portuguesa do Brasil, o que facilita para todos os jogadores ler e compreender para que serve cada coisa e o que elas fazem. Por exemplo, as granadas incendiárias, atualmente por conta da tradução, é fácil descobrir que aquilo se chama MOLOTOV e quando arremessado em direção ao inimigo, provoca um incêndio breve que poderá eliminá-lo queimado.

O fato dessa tradução auxilia também nos tão famosos Perks, que são ajudas/melhorias que tem no jogo para melhorar seus itens. Um exemplo de Perk é o Scavenger. O Scavenger é um perk que te da a possibilidade de coletar munições de seus adversários quando estão mortos, ou seja, quando você elimina um adversário, próximo ao seu corpo no chão tem uma bolsa, ao passar em cima dessa bolsa sua quantidade de munições, bombas ou granadas de luz aumenta.

Então, antes de escolher qualquer Perk pelo seu desenho, leia e tente entender em quê aquele perk irá te ajudar em batalha.

Falando em acessórios, a questão é a mesma dos perks. Se caso você for um fã de Snipers, procure adicionar itens á sua classe que irão favorecer e te proteger, como por exemplo a Claymore, que é uma mina que quando adicionada ao solo, aciona um laser que em caso seu inimigo passe em frente ou sobre essa luz, irá explodir e contará kill para você. A Claymore é um excelente acessório para aqueles que procuram se proteger em lugares onde só tem uma forma de te encontrar, seja por uma porta, escada ou etc. Adicionando uma Claymore, estará seguro de que caso alguém venha pelas costas te matar, irá morrer pela armadilha.

Usando a mesma tese dos perks, LEIA e procure SEMPRE o melhor acessório para seu estilo de jogo, não precisará adicionar Claymore caso você vá rushar para cima dos seus adversários com uma sub (metralhadora leve).

Use o mini mapa;

O mini mapa tem sido algo que muitos jogadores de COD tem descartado do game, e que não deviam fazer isso. O mini mapa possui uma atualização constante da localização de seus adversários. Com isso, através do mini mapa é possível você identificar se o time adversário trocou de respawn. Mas como vejo isso? Simples. Você consegue ver em que parte você está no mini mapa, com um ícone indicando sua própria posição. Para você saber se está ou não em uma área de risco de respawn adversário, precisará saber que o respawn adversário muda para TODO lugar VAZIO do mapa, ou seja, onde estiver boa parte do seu time concentrado, não terá inimigo, caso seu time venha a morrer e você fique em tal lugar e perceba através do mini mapa que você está sozinho e seu time deu respawn longe de você, mantenha sua atenção dobrada, pois você está em alto risco de morrer em instantes por estar onde o time adversário irá dar respawn.

Sem contar que o mini mapa atualiza a cada 10 segundos ou mais, a posição de inimigos próximos, te preparando em uma posição adequada caso o inimigo avance para cima de você.

– Apegue-se em um tipo ou uma única arma;

Grande parte dos jogadores quando começam morrer demais, trocam de classe, não é? Bom, ficar trocando de classe a cada vez que morrer irá te deixar mais furioso ainda, fazendo você pensar que todas aquelas armas de suas classes são uma mer…, e depois de pensar isso irá começar a pensar em vender o jogo, porque só tem jogadores apelativos e etc. Não faça isso amigos, permaneça á uma categoria de arma ou até mesmo em uma arma só. Por exemplo, em COD Infinite Warfare eu jogo SEMPRE com a NV4, que é pode ser chamado de vários nomes, rifle, fuzil, carabina, metralhadora e etc.

O fato de você se apegar á uma única arma, além de fazer você aprender a usar e abusar daquela arma, fará com que desbloqueie acessórios mais rápido para ela, como miras, carregador estendido, grip e diversas camuflagens, como camuflagens raras e difíceis de conseguir como a de Diamante e a de Ouro, que para conseguir, é necessário conseguir TODAS as outras.

– JAMAIS troque tiros com um sniper;

Cara, eu já tive meus tempos de jogar com sniper e até hoje eu jogo bastante, porém, durante todos esses anos e trajetória de COD, cheguei a conclusão de que não só em COD, mas em qualquer FPS, NÃO SE DEVE trocar tiro com um portador de sniper. O rifle de sniper é uma questão de 8 ou 80, pois se você erra, você corre, mas se acerta, um único hit te da um kill. No entanto, quando estiver portando um fuzil ou metralhadora, PRINCIPALMENTE submetralhadoras, não perca seu tempo, pois a quantidade de tiros que você erra sobre esse adversário é enorme, o que facilita para ele de acertar um único tiro em você, fazendo você conseguir mais uma morte.

Sem contar que normalmente, snipers não estão em lugares fáceis de serem localizados. Por isso suas armas são fortes mas, com a famosa Bolt-Action, ou ação linear, que é a ação por ferrolho, onde a cada disparo é necessário acionar um ferrolho para colocar a munição no lugar de disparo, faz com que a cada carregamento você tenha uma janela de oportunidade.

Então não se esqueçam, JAMAIS troquem tiros com um sniper á distância! A não ser que você seja um louco ou tenha certeza de conseguirá matá-lo.

– Usar silenciador nas armas;

Usar silenciador em suas armas te traz a desvantagem de perder um pouco do dano, porém, aumenta sua precisão e te deixa invisível para seu inimigos no mini mapa, então ou seja, apesar da desvantagem de perder dano, é importante que tenha precisão, pois o número de acertos em seu inimigo aumenta e a chance de ser avistado no mini mapa diminui, fazendo com que sua posição seja mais segura.

Porém, não é bom usar silenciador em TODAS as armas, pois em armas como por exemplo as escopetas (calibre 12) e snipers, perdem MUITO o dano dependendo da arma, fazendo com que tenha que dar dois tiros em cima do inimigo para que ele morra.

– Killstreaks

Os killstreaks são importantes no jogo, pois é necessário saber escolher o que é mais adequado em cada mapa não havendo desperdício. Por exemplo, em um mapa que tem muito lugares fechados, não adianta usar um killstreak que manda aviões de bombardeio por cima do mapa, pois os lugares serão fechados e não irá fazer dano algum em inimigos.

Também tem outro quesito que é os pontos necessários para obter cada killstreak, o mais barato em todos os games costuma ser o UAV, que é um satélite usado para te ajudar a ter a localização precisa dos inimigos somente no seu mini mapa. Então ou seja, não é bom você colocar os killstreaks que precisam de mais pontos para que sejam ativados, pois irá te fazer ficar muito tenso durante as partidas, fazendo com que te deixe irritado caso morra faltando um kill para obter tal killstreak.

A melhor coisa a se fazer é variar, pois se for esperto e colocar um killstreak de “preço” razoável que é fácil obter kills, terá uma ajuda para aumentar seus pontos e adquirir outro killstreak através de kills de um só. Por exemplo, sabemos que a cada kill é somado 100 pontos, no entanto vamos supor que você coloque um killstreak de 500 pontos, um de 700 e o outro de 1100. O primeiro killstreak podemos supor que seja um míssil guiado por você e que atingindo uma área com dois inimigos, você consiga eliminar os dois e desses 500 pontos você consiga mais 200, juntando 700 e liberando o killstreak de 700 que é um jato que fica no ar eliminando inimigos com uma metralhadora. Ok, ativado o killstreak de 700 e de repente ele mata mais 4 inimigos e consiga o killstreak de 1100. Pronto, em uma tacada só você pegou os três killstreaks selecionados! Então ou seja, tudo depende da sua inteligência e raciocínio para escolher killstreaks úteis.

Enquanto manuseia e escolhe o melhor lugar para enviar seus killstreaks, recomendo que recue ao máximo, se esconda para que nenhum inimigo próximo te mate e interrompa a sua onda de kills.

Publicado
Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.