Análise: Far Cry 5 é tiro, porrada e bomba

Você acabou de chegar na corporação e já foi convocado para uma missão pra lá de complicada: auxiliar uma autoridade federal a prender o líder de uma seita que vem causando muitos problemas na região.
O condado de Hope County foi dominado por uma figura singular chamada de O Pai. Considerado um líder religioso para essas pessoas, Joseph Seed usa a religião para atrair e magnetizar pessoas ao seu redor. Além de uma excelente oratória, O Pai usa também de substâncias que viciam e fazem uma lavagem cerebral nos habitantes do condado.

Far Cry® 5_20180404223601

Porém, um grupo de pessoas resiste ao avanço do radicalismo religioso imposto por Joseph. Infelizmente eles perderam as esperanças de vencer essa guerra. Será que você consegue mudar isso?

Pé na porta e soco na cara 

Far Cry 5 é o mais novo jogo da franquia que vem arrebatando fãs ao longo dos anos. Desde Far Cry 3, a série ganhou uma projeção incrível e jogo a jogo ela mostra o porque de ser tão querida.
Far Cry 5 é um jogo de tiro com foco grande na liberdade de ação. É possível evoluir pelo jogo “à  lá Rambo”, ou seja, metralhando tudo o que ver pela frente. Você  também pode optar por uma abordagem mais furtiva, ao melhor estilo ninja. E pode ainda avançar de forma tática, contando com o auxílio de NPCs ou amigos online.

Eu acredito é na rapaziada…

Por falar em apoio, em Far Cry 5 você contará com uma galera barra pesada para lhe auxiliar nas suas missões. Conforme explora o Condado, você vai ajudando pessoas dispostas a acabar com a raça dos Eminentes.

Far Cry® 5_20180403192902

Cada personagem tem uma habilidade especial. Alguns lhe ajudam a identificar inimigos, outros dão apoio com armas de longa distância. Há também um auxílio aéreo, que te ajudará contra aviões e helicópteros e ainda jogará bombas nas cabeças dos inimigos. Há até um maluco com mania de perseguição.
O sistema lembra bastante o de Metal Gear: Phantom Pain V, porém sem tanto brilho. E isso não quer dizer que ele seja ruim. Porém, não é tão bacana quanto no jogo de Kojima, pois você tem poucas opções de comandos e, nem sempre, a ajuda é tão eficiente.

Dando um rolê em Hope County

Andar pelo lindo cenário de Far Cry 5 será algo rotineiro durante o jogo. Se em títulos antigos dava para focar nas missões principais, aqui eu sugiro que você aproveite bastante o passeio por um dos locais mais bonitos que eu já vi nos videogames. Ao simplesmente caminhar pelo cenário, você descobre novos locais e, consequentemente, novos pontos de fast travel. Isso lhe ajudará muito no desenvolver do jogo.
Far Cry® 5_20180403195540
Faith Seed
Porém, o mais bacana é que ao visitar novos locais, você conhece novas pessoas (também dá pra encontrar pessoas aleatórias andando por trilhas ou simplesmente paradas no acostamento das estradas). E ao falar com essas pessoas, você desbloqueia todo tipo de coisa no jogo: novas missões, localização de itens, locais que você deve destruir e muito mais. Ao completar essas tarefas, você vai ganhando pontos de reputação na região em que está e isso faz parte da dinâmica central de avanço na história do jogo, que falaremos abaixo.

Caçando os fanáticos da família Seed

Far Cry 5 pegou emprestado um sistema de evolução na história do “primo” Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands. Em ambos os jogos você precisa ir completando missões para alcançar um determinado número de influência na região e, com isso, liberar a missão do chefão. O jogo começa com basicamente três grandes regiões, cada uma dominada por um irmão Seed, também conhecidos como Os Arautos: John, Jacob e Faith. E todos reportam ao grande vilão do jogo: Joseph Seed, conhecido como O Pai.

Far Cry® 5_20180402232227

Cada personagem tem uma função dentro do Projeto em Hope County. John Seed é uma espécie de recrutador. É ele quem abre as portas do Projeto Eden’s Gate para novos acólitos. Claro, seus métodos são beeeem controversos. Já Faith Seed é a responsável por manter a congregação unida.  Sua voz encanta e a toxina encontrada nas plantas do condado fazem o restante do trabalho.

Jacob Seed é o protetor do Projeto em Hope County. É ele quem deve garantir a loucura de Eden’s Gate quando as coisas não forem bem. Joseph Seed é o criador de toda essa loucura. O Pai veio de uma pequena cidade no extremo sul da Georgia. Sua vida era desinteressante até que em uma manhã ouviu uma Voz sussurrar para ele, dizendo que o mundo estava a caminho de um Grande Colapso. A voz deu a Joseph uma única ordem: “Salve quantos conseguir. Quer queiram ou não”.

Far Cry® 5_20180326232919

No início Joseph recebeu os pobres, os marginalizados, os perdidos que foram deixados para trás pela sociedade e formou O Projeto em Eden’s Gate e, por um tempo, migrou para o sul de Hope County para criar seu “Novo Éden”. Joseph é guiado apenas pela Voz e pela ideia de que ele é o único salvador da humanidade.

Voltando à Far Cry 5. Toda missão ou tarefa tem uma pontuação. Ao completá-la você ganha esses pontos. Cada região tem uma pontuação mínima para liberar o chefão e, portanto, você terá que ir completando essas missões para avançar na história.
O sistema é bem legal, pois te dá liberdade de escolher o que você prefere fazer para acumular pontos. Pode ser completando as missões principais, as missões secundárias, destruindo celeiros, libertando reféns, explorando bunkers e muito mais. Far Cry 5 tem um grande número de missões e a grande maioria é bem divertida.

Gráficos, gráficos, gráficos 

Graficamente Far Cry 5 é deslumbrante. A Ubisoft conseguiu atingir um nível altíssimo de texturas, luzes, efeitos visuais e na composição do cenário como um todo. Ambientado nas montanhas americanas, Far Cry 5 traz um cenário cheio de vegetação, animais e inimigos. Tudo isso ambientado em construções lindíssimas, como grandes cabanas, igrejas, bunkers, estações de tratamento d’água e muito mais. É o retrato de um Estados Unidos frio, interiorano e cheio de desafios.

Far Cry® 5_20180403195856

Testamos Far Cry 5 em um modesto Playstation 4 e a sensação que dá é que os donos de consoles como PS4 Pro e Xbox One X poderão, futuramente, ter uma experiência gráfica ainda mais poderosa.

Storytelling e enredo do jogo

Far Cry 5 é um jogo que apostou em um tema profundo, que gerou uma hype incrível. A narrativa é a melhor da série, como muitas cutscenes (algo beeeeeem raro na franquia) que envolvem bastante os jogadores. O recurso foi muito bem usado e ajuda a dar ritmo ao jogo, pois você precisará realizar uma quantidade grande de atividades e essas cenas ajudam muito. Além, é claro, de aprofundar as personalidades dos personagens do jogo e, com isso, criar mais imersão no jogo.
Far Cry® 5_20180404223841
Arvore de habilidades em Far cry 5

Modos de jogo (arcade online etc.)

Além da campanha, Far Cry 5 tem alguns modos extras. O primeiro é o modo Arcade, no qual você pode jogar em fases construídas por outros jogadores. Ah, você também pode construir sua própria fase e disponibilizar para que outros gamers a explorem. O modo parece ser bem legal para quem pretende trabalhar com desenvolvimento de jogos ou para os mais “criativões”. Porém, ele agrega muito pouco ou quase nada para o enredo do jogo em si.
Toda a aventura de Far Cry 5 pode ser jogada cooperativamente com um amigo. Mesmo que algumas missões bloqueiem o avanço de um amigo online em determinado ponto da missão, é possível ganhar dinheiro, itens e outros loots nas missões. 00

O que eu melhoraria em Far Cry 5?

Não se engane: Far Cry 5 é um baita jogo. De longe o melhor da série e, tranquilamente, um dos melhores do ano. Ele une uma narrativa legal, vilões (sim, são mais de um) super bem construídos e um cenário incrível, bem feito e rico em detalhes.
Far Cry® 5_20180404223800
Menu das missões em Far Cry 5
A vontade que dá é se mudar para o Condado e passar um tempo por lá. Tomar uma cerveja em Fal City, trocar tiros com uns fanáticos e curtir o friozinho nas montanhas americanas. A sensação que fica é de que a Ubisoft poderia ter aprofundado um pouco mais a experiência do jogador. Mas nada que diminua o resultado final. É apenas um desejo mesmo, pois é tudo tão legal que gostaria de extrair mais e mais.

Conclusão 

Far Cry 5 faz jus a hype que se criou em torno dele. Divertido, frenético e deliciosamente viciante. O sistema de evolução do personagem é totalmente novo e a evolução na história do jogo bebe em ótimas fontes.
Graficamente é um esplendor e o gameplay está refinadíssimo. O enredo não brilha, mas também não deixa a desejar. Muito pelo contrário. As cutscenes e a construção da personalidade dos vilões são um ponto de destaque.
Seja para fãs ou para novatos na franquia, Far Cry 5 é um dos primeiros “must have” do ano. É um daqueles títulos que você precisa ter na sua estante (virtual ou física), mesmo que você não seja o maior fã do gênero.

notas