Análise: Detetive Pikachu é uma excelente proposta, mas com poucos desafios

Pokemon é uma das franquias mais famosas e o Pikachu se tornou o grande simbolo deste jogo que encanta até hoje crianças e adultos. Por mais que a franquia tenha apresentado diversos spin offs (que saudades do Pokemon Snap), nada até hoje se compara ao jogo Detetive Pikachu. Confesso que quando vi pela primeira vez o anuncio do título, pensei que fosse ficar restrito ao Japão com seus jogos nichados. Porém, me enganei e ele já chegou ao Ocidente legendado e dublado em inglês.

Será que o jogo vinga ou é uma grande loucura? Confiram abaixo em nossa análise.

A grande trama

Esqueça o sonho de ser um treinador, de capturar Pokemon lendários e ser o campeão da liga Pokemon! Em detetive Pikachu você será o jovem Tim Goodman (bem, não tão jovem, pois ele dirige) que está procurando seu pai, Harvey Goodman, que desapareceu faz 2 meses. Logo ao chegar na cidade, ele dá de cara com ninguém menos do que o Pikachu que era o parceiro de seu pai. Curiosamente Tim é o único que consegue entender o que Pikachu fala (sim, ele fala) e desde então uma parceria é formada onde ambos irão reunir forças para entender o que aconteceu com Harvey.

Ao longo da jornada de mais ou menos 10 horas, nós iremos encontrar muitos personagens interessantes e resolver problemas que envolvem pessoas e Pokemon. Afinal como você entende o que o Pikachu está falando, será possível interrogar tanto os humanos como os Pokemon e avançar com os casos. E em cada caso, eles estarão um passo mais perto de entender não só o que aconteceu com Harvey, mas estão contribuindo com sua investigação de Pokemon ficarem agressivos de forma repentina.

Um destaque que o jogo merece, é que o voice acting (a dublagem do jogo) está sublime. Inicialmente você vai se espantar com o Pikachu falando, mas essa nova personalidade de um Pikachu preguiçoso que toma café e come rosquinhas é muito divertida e bem feita. Não só a dublagem do pequeno rato elétrico é boa, mas como de todos os personagens.

Um detetive no jardim de infância

Como está bem explícito no título do jogo, ele é baseado em ser um detetive e solucionar casos e problemas no mundo onde Pokemon e humanos vivem juntos. E para tal, todos os casos seguem o mesmo padrão: Ser apresentado ao problema, coletar pistas no cenário, coletar depoimento das pessoas e Pokemon, juntar tudo para resolver parte do problema e ir seguindo até resolver o caso. E isso é o que poderíamos esperar de um jogo de detetive certo? Infelizmente o jogo tem uma falha grave: ele não apresenta nenhum tipo de perigo ou consequência para seus erros.

3DS_DetectivePikachu_screen_023

De certa forma Detetive Pikachu é muito linear e limitado. É possível falar com todos os personagens sem ter medo de errar algum diálogo. Se errar algum puzzle, sem problemas, você pode tentar de novo. Se errar uma dedução final, nada acontecerá e o Pikachu irá pedir para tentar novamente. Simplesmente não existe um desafio dentro do jogo.

Algo que tentaram fazer foi a adição de quick time events – QTE – (apertar o botão certo na hora certa) para dar algum tipo de dinamismo, porém, de nada adiantou. O QTE nada mais é do que apertar o botão A que acontece normalmente uma vez por caso. Ou seja, além de ser fácil, acontece pouco.

Um bom teste para a versão de Switch

Mas como assim Leo, um teste para a versão de Switch? Bem, todos sabemos que a Nintendo já está fazendo um jogo de Pokemon para o Switch (e espero muito que possa jogá-lo na E3 deste ano). A disparidade visual de um jogo clássico de Pokemon para Detetive Pikachu é muito grande. Ou seja, Detetive Pikachu é muito bonito e os Pokemon tem animações legais e são muito bem detalhados (para o 3DS logicamente).

Esse beleza visual, juntamente com a proposta de ver efetivamente os Pokemon ajudando em tarefas do dia a dia como parceiros úteis é bem legal. Acredito que podemos esperar um visual para a versão de Switch pegando o detetive Pikachu como base e poderemos ver uma interação real na sociedade entre Humanos e Pokemon.

3DS_DetectivePikachu_screen_01

Conclusão

É inquestionável que Detetive Pikachu entrega uma divertida e nova aventura no mundo de Pokemon onde podemos ver as pessoas e Pokemon trabalhando lado a lado. Por mais que a história seja interessante, temos que pontuar que o jogo apresenta um desafio muito pequeno. Por mais que apresente uma proposta interessante no que diz respeito a um detetive de verdade, você tem “liberdade” para errar o quanto quiser. E o grande destaque vai para a atuação de voz dos personagens, incluindo a do Pikachu.

notas

Publicado
Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.