Análise: Unravel 2 entra na “nova” onda do cooperativo

Lançado em fevereiro de 2016, Unravel pegou todos de surpresa com sua narrativa tocante e forte mensagem ao final do jogo. Uma grata surpresa da EA, lançando um jogo plataforma com bons desafios/puzzles e com elementos que o torna único no mercado.

Com Unravel 2 a surpresa não foi diferente, o jogo foi anunciado e lançado no mesmo dia (!!), durante a apresentação da EA pré-E3 2018. Dessa vez o diferencial ficou por conta da possibilidade de jogar não com um, mas com dois Yarny. Chamando os jogados para esse renascimento do couch-coop que estamos presenciando nessa geração.

Confira nosso gameplay:

Uma linha que antes se perdia agora está ligada ao seu amigo

A narrativa toma forma quando você percebe que em Unravel 2 seu boneco de lã não está mais se desfazendo, não está mais contando uma história solitária enquanto se aventura. Agora você está embolado, entrelaçado, com um amigo… um companheiro! É fácil de imaginar duas crianças brincando juntas de faz de conta com os dois bonecos, correndo por ai e deixando a criatividade ganhar asas. E são esses sentimentos que Unravel 2 quer trazer aos jogadores: amizade e liberdade!

unravel_2

Controles e mecânicas

Como dito antes, você pode (e deve) jogar com um segundo player porém o jogo não te obriga a isso. Uma só pessoa tem a possibilidade de controlar os dois Yarnis, mudando um pouco o desafio do jogo. Já que agora você deverá não só resolver os quebra-cabeças mas também desafiar sua coordenação motora para controlar os dois personagens.

A mecânica do jogo é totalmente ligada a cooperação entre os dois bonecos de lã. Uma das coisas mais comuns durante o jogo é um Yarny segurar o outro para que ele possa atravessar “penhascos” e buracos e depois inverter a situação para que o segundo também consiga passar. Um personagem pode escalar pelo fio do outro e por aí vai. O legal é você ir descobrindo esse tipo de coisa então não vou ficar me prolongando por aqui…

Gráficos, trilha sonora e enredo

Os gráficos seguem a mesma linha do primeiro jogo e aqui foram refinados, o jogo é muito bonito visualmente! A música por sua vez acompanha muito bem as aventuras dos Yarny e da história paralela das crianças que se passa ao fundo de seu gameplay. Porém nem tudo no jogo é uma maravilha…

Depois de uma história comovente como a do primeiro jogo, Unravel 2 se perde muito em sua narrativa. As vezes não fica claro que sentimento o jogo quer passar. Não prende… se em Unravel eu estava grudado e comovido querendo saber onde tudo aquilo me levaria, em Unravel 2 eu só queria saber qual era o próximo desafio para mim e meu player 2. A história foi deixada um pouco de lado. No início pensei que isso poderia ter sido por conta da cooperação em si, porém me lembrei de A Way Out e de como sua narrativa se entrelaça com a jogabilidade… percebi então que um novo patamar foi criado para jogos que misturam esses dois pontos.

3404057-unraveltwo-2

Um boa adição para a biblioteca de jogos cooperativos

Unravel 2 é sem sombra de duvidas um ótimo jogo para quem busca uma diversão light com um amigo(a), namorada(o), filho(a) e etc. Jogadores hardcore não sentirão fortes emoções, nem mesmo na mensagem do jogo. O jogo é tão curto quanto o primeiro porém possui desafios como: colecionáveis e “corridas contra o tempo” para quem curte esse tipo de replay.

E mais uma vez, foque em Unravel 2 se tiver alguém para jogar com você. Jogar sozinho tende a ficar meio monótono e sem graça, o jogo fica muito melhor quando conversado e jogado em conjunto, assim como a vida.

notas

Publicado
Gamer há tanto tempo que usa consoles como referência cronológica para lembranças de sua vida. Amante de Mega Man, Resident Evil e Warcraft. Se gaba por ter zerado Battletoads aos 9 anos mas abandonou Bloodborne com 26.