Mais detalhes de Elden Ring: uma evolução de Dark Souls

Vimos muito pouco sobre Elden Rings na E3 (veja nossa compilado de melhores momentos da E3 aqui). Mas ao contrário do último sucesso lançado pela From Softewere, Sekiro, o qual desde o início foi demostrado e declarado que apresentaria menos da série “souls”, Elden Rings parece que seguirá o caminho contrário, será uma evolução de Dark Souls. Em entrevista  concedida na E3 a IGN pelo diretor Hidetaka Miyazaki, ele falou um pouco mais sobre o novo jogo. Miyazaki com uma postura mais clara sobre o jogo afirmou (algo que não é uma grande surpresa vindo dele) que o jogo é sim desenvolvido nas mesmas bases mas com as novas modalidades de cenário e gameplay que fazem sucesso hoje em dia: “Com um mundo maior, novos sistemas e mecanismos de ação tornam-se inevitavelmente necessários”, disse Miyazaki à IGN. “Nesse sentido, acho que Elden Ring é uma evolução mais natural das Dark Souls.”

O diretor fala sobre os ambientes de vastidão e diz que a mecânica está sendo construída em torno desse novo estilo de exploração mundial. Como tal, o protagonista irá percorrer o mundo a cavalo. Também haverá combate a galopadas, o que definitivamente será interessante considerando o estilo From Software de combate mais metódico.

“As aldeias serão as ruínas escuras que você espera de nós. Criar um jogo mais aberto é um grande desafio para nós. Se tivéssemos que adicionar cidades em cima disso, seria um pouco demais, então decidimos criar um jogo de estilo aberto focado naquilo em que somos melhores. ”

Correto, sabendo que o estilo já possui fãs e que obviamente querem uma evolução mas também que não se desvincule de mais do estilo proposto pela aclamada franquia “souls”. Não que Sekiro tenha deixado isso de lado, mas realmente foi inovador em muitos aspectos ao se tratar de um jogo da From Softwere, talvez o principal deles é o personagem centralizado com um história definida (veja nossa análise se Sekiro: Shadow Dies Twice aqui). Inclusive na minha opinião candidato forte a GOTY esse ano.

 

Miyazaki comentou também sobre a relação com Martin, autor de Crônicas de Gelo e Fogo que deu origem a aclamda série de TV Game of Thrones. Explicou que é um grande fã dos romances de Martin e da série. Martin, escreveu a mitologia de Elden Ring e introduziu essencialmente a construção do mundo, e a princípio preparou um livro para Miyazaki ler o estabelecimento do ambiente de Elden Ring. Mas Miyazaki acredita também que não deve ser romanceado e lançado como  um livro.

“Uma novelização significaria que todos os segredos e mistério escondidos em nosso jogo seriam revelados”, disse Miyazaki. “Do ponto de vista de um diretor, não tenho certeza se isso seria a coisa certa a fazer.”

Elden Ring está programado para 2020 para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Fonte: IGN

Veja o trailer revelado na E3.

 

Roberto Filho

Saudosista apaixonado por quase tudo que é antigo: games, música, costumes, ele mesmo e o único titulo brasileiro do time de coração Atlético-MG. Fã de RPG e jogos de luta, jura que fazia fila no fliperama na década de 90.
Botão Voltar ao topo
Fechar