Análise: Exit the Gungeon irá exigir paciência e dedicação

Não espere um joguinho casual, "passeio no parque", por aqui.

Exit the Gungeon é produzido pela Dodge Roll e, apesar de bem diferente, está diretamente ligado a Enter the Gungeon – um Rogue-like Indie aclamado pelos fãs e mídia especializada.

Exit the Gungeon é um Dungeon Climber (onde você deverá se movimentar verticalmente e não trocando de salas horizontais como Binding of Isaac ou o próprio Enter the Gungeon) e se passa após as aventuras dos ‘Gungeoneers’ e sua jornada para a absolvição em Enter the Gungeon.

O Gungeon se tornou um paradoxo e está entrando em colapso! Armado com uma arma em constante mudança, uma necessidade insaciável de saquear e esquivar, cada um de nossos heróis deve subir e escapar por sua própria rota única de elevadores cada vez mais perigosos!” Roll, Dodge

Comandos de Exit the Gungeon

Exit the Gungeon foi lançado primeiramente no serviço Apple Arcade, com isso podemos perceber um jogo mais simplificado e com menos nuances que seu predecessor. Apesar de ter sido desenhado para funcionar em telas sensíveis ao toque, o jogo funciona muito bem no controle e já tinha esse suporte mesmo nos aparelhos da Apple.

Em minha opinião, um dos primeiros e maiores desafios de Exit the Gungeon são seus comandos e o posicionamento de seus dedos no controle. O analógico esquerdo do Joy-Con move seu personagem, enquanto o stick direito aponta sua arma (até aí tudo bem). R e ZR você usa para atirar ou usar sua bomba que some com tiros inimigos na tela (existe uma opção para invertê-los) enquanto você pode usar B e A ou ZL e L para lidar com o rolamento e pulo. Lembra que o pulo tem a mesma funcionalidade do rolamento, podendo atravessar tiros sem tomar dano – veja ele como uma esquiva vertical.

Leia também:

Basicamente, você deve manter o botão de tiro sempre pressionado e usar os outros gatilhos para pular, esquivar e usar bomba. Apesar de ter esses comandos também nos botões normais, não faz sentido você tirar seu dedo do analógico direito, já que você não pode parar de atirar, nunca! Uma atualização para atirar automaticamente só direcionando o analógico já foi lançada para o PC, mas, como jogamos no Switch, seguimos esperando por essa opção para o console.

Um jogo rápido e com uma grande curva de aprendizado

Como dito anteriormente, Exit the Gungeon tem sua movimentação de maneira vertical e com plataformas. Você poderá descer e subir plataformas e deve se movimentar o tempo inteiro para fugir dos projéteis e diferentes tipos de inimigos.

O jogo começa com um clássico elevador apertado onde inimigos vão nascendo conforme você derrota outros. Ao início de cada run uma arma lhe será cedida pela deusa das armas Kaliber. Conforme o tempo passa e seu combo (matar inimigos de maneira seguida) aumenta, novas armas são cedidas e você deve se adaptar muito rapidamente à ela. Aqui temos as armas mais loucas e já conhecidas da série: armas de raio, de bolha, lança granada, lança cascos, armas laser, bananas, mísseis gigantes e por aí em diante… Quanto maior a sua pontuação e combo, maior a chance da próxima arma ser ainda melhor!

As esquivas (seja o rolamento ou o pulo) serão seus maiores aliados e também seu maior desafio. Nem sempre fica fácil calcular onde você irá parar após a animação de cada um desses movimentos. E você pode acabar batendo em um inimigo ou projétil que não estava esperando. Tudo isso falado até aqui, em conjunto, exemplifica o tamanho da curva de aprendizado de Exit the Gungeon.

Eu demorei muitas runs para passar do primeiro chefe do jogo, e depois muito tempo para passar do segundo em diante. Isso também se dá ao fato dos Boss serem aleatórios! Você pode pegar um mais tranquilo logo de cara ou um grande corno f&^% mais difícil (estou falando de você Toadstool). O jogo possui por volta de 14 chefes, sendo um Rogue-like, toda vez que você morre começa tudo de novo. Boa Sorte! 🙂

Multiplos personagens e loja

Você poderá escolher entre quatro personagens principais e abrir outros três conforme for zerando o jogo. Cada personagem tem seu diferencial,não só de atributos mas também de fases. Após o elevador (que é compartilhado entre todos), você poderá se encontrar em outro elevador direcionável com o Pilot ou em uma série de salas estáticas que podem ser limpas em qualquer ordem com o Marine, para citar apenas duas das quatro possibilidades. Além disso cada um possui um atributo, como um Pet que busca items pra você ou ficar mais forte após levar dano. Escolha o que se encaixar melhor com sua gameplay!

Isso faz com que o jogo sempre seja levemente diferente entre uma partida e outra. Não só os personagens jogáveis mas também os itens, atributos e armas que você irá encontrar e adicionar a sua biblioteca para daqui em diante.

Sempre que você derrotar um chefe do jogo, será levado para a loja, o Shop, de Exit the Gungeon. Onde você poderá comprar mais vida, armaduras, armas e etc. Se preparando assim para as fases mais difíceis a seguir.

Para os novos e para os fãs

Exit The Gungeon é um jogo de plataformas de ação muito polido, divertido e extremamente punitivo (pelo menos de início) que irá encantar aqueles que procuram um desafio Indie hardcore. No entanto, inegavelmente, faltou a imaginação e profundidade de Enter The Gungeon. Um senso de aventura e continuidade. Jogadores novos e antigos terão um desafio para meses atrás de masterizar sua jogabilidade.

Os fãs de Enter The Gungeon estarão instantaneamente familiarizados com o mundo de Exit The Gungeon, mas eles podem se surpreender com a mudança na jogabilidade. Este é um jogo afiado que adiciona uma nova dimensão às explosões e desvios do rolamento. Seus reflexos treinandos no jogo anterior podem te dar uma bela vantagem aqui, mas suas memórias musculares não servirão de muito. Encare este como um desafio diferente em um mundo que você já conhece e sente saudades.

Para aqueles que não curtem jogos Rogue-Like, pense bem antes da compra ou poderá se frustrar bastante com sua curva de aprendizado.

Enter the Gungeon está disponível na Eshop Brasil da Nintendo por, modestos, R$36,96.

Exit the Gungeon

Visual, ambientação e gráficos - 9
Jogabilidade - 8
Diversão - 8
Áudio e trilha-sonora - 7

8

Desafiador!

Exit the Gungeon chega como uma ótima pedida para os jogadores que procuram um Rogue-like / Dungeon Climber desafiador, com uma grande curva de aprendizado e bom preço. Com novos controles e dinâmica de armas diferenciada, o jogo se torna uma novidade até mesmo para os jogadores antigos da série.

User Rating: Be the first one !

Bruno Degering

Gamer há tanto tempo que usa consoles como referência cronológica para lembranças de sua vida. Amante de Mega Man, Resident Evil e Warcraft. Se gaba por ter zerado Battletoads aos 9 anos mas abandonou Bloodborne com 26.
Botão Voltar ao topo
Fechar