Opinião: Teorias sobre o final de Final Fantasy VII Remake

CONTEM SPOILER!!!!!

Final Fantasy VII Remake é um dos jogos mais aguardados dos últimos anos, principalmente para os fãs de RPG que querem matar a saudade daquele que revolucionou a indústria dos jogos em questão de JRPG. Contudo, alguns eventos e personagens estão diferente do que conhecemos em seu lançamento oficial. Em especial, o final do jogo contem muito conteúdo inédito em comparação com o final do “arco” de Midgar.

Abaixo vai vir um texto de opinião sobre o final e teoria.

A SEGUIR TEM SPOILERS DE FINAL FANTASY VII REMAKE

Desde o começo temos uma participação de figuras fantasmagóricas que são chamadas de sussurros ou murmúrios, eles simplesmente surgem e agem a favor ou contra os nossos heróis. Mais tarde, Red XIII conta que eles são os encarregados de manter o destino no eixo. Podemos comprovar isso nas seguintes situações:

  • Eles impedem que Aerith passe mais tempo conversando com Cloud no começo do jogo
  • Impedem da Jessie participar da missão no Reator 5, fazendo com que Cloud a substitua
  • Impediram que Barret fosse morto por Sephiroth

Essas três situações em especial fariam com que o remake tomasse um rumo completamente diferente do jogo original se acaso não houvesse o envolvimento deles. Em especial, o último caso citado.

Nos últimos momentos do jogo, temos duas situações peculiares em que eles participam. No primeiro flashback de Zack que aparentemente se mostra como uma cena jogada, mas na verdade o importante dela é mostrar que os sussurros estavam lá e a que a morte do verdadeiro SOLDIER primeira classe é a vontade do destino.

No segundo momento, quando o Sephiroth faz o “convite” para que o Cloud o acompanhe, as criaturas criam uma parede no intuito de impedi-los. Aerith diz que após passar por aquele obstáculo, eles terão liberdade ilimitada. Ou seja, não vão seguir as linhas do destino.

Após Cloud e os outros adentrarem, eles são confrontados uma junção de todos os sussurros. E ao derrotá-lo, confrontam o Sephiroth prematuramente em comparação ao jogo clássico.

Essa luta simplesmente não era para acontecer e os sussurros queriam impedir isso. Com eles derrotados, o destino ficou algo incerto e deste modo a luta dos dois foi antecipada. Por mais que não tenha tido uma finalização devida, esse foi o primeiro sinal de que o futuro deles era incerto e que agora os acontecimentos do próximo jogo poderiam seguir um rumo diferente do que conhecemos em relação ao clássico/original.

Em determinado momento na luta contra os sussurros, eles tem uma visão de Red XIII com outros de sua espécie. Essa cena é similar ao que vemos na introdução do filme Final Fantasy VII: Advent Children (recriando o final do jogo clássico). O próprio “cachorro de laboratório” diz que é um futuro que pode vir a acontecer se eles falharem ali. Outras visões são mostradas como Cloud contra Sephiroth e a Aerith morta.

Isso leva a crer que esses acontecimentos são a vontade do destino. Deste modo, uma das consequências dessa batalha é que a Aerith pode sobreviver no final do jogo e/ou os eventos de Advent Children não venha a ocorrer na linha do tempo do remake.

Falando em linha do tempo, mencionei anteriormente o flash back do Zack… Esse vídeo que eu encontrei serve melhor do que qualquer texto:

A morte do Zack era a vontade do destino, quando destruíram essa forma do destino agir, a influencia dele desapareceu no passado, presente e futuro. Deste modo, temos Zack sobrevivendo. Não quer dizer que ele vai aparecer vivo no próximo jogo, contudo, ao menos numa linha temporal temos o SOLDIER de primeira classe está vivinho da Silva.

Final Fantasy VII Remake pode não ser uma releitura 100% fiel do que conhecemos, isso pode desagradar muitos fãs que queriam algo totalmente igual. Contudo, ele abre leque para ampliar o processo criativo e expandir ainda mais o maior universo de Final Fantasy.

Anderson Mussulino

Publicitário louco por toda a cultura geek. Redator do Última Ficha e apaixonado por jogos que vem da terra do sol nascente.
Botão Voltar ao topo
Fechar