Análise: Astro A40 + Mixamp M80 é a escolha certa para o Xbox One

Análise: Astro A40 + Mixamp M80 é a escolha certa para o Xbox One

Para gamers mais viciados hardcore, um bom headset faz toda a diferença e significa as vezes a vitória na trocação, principalmente nos jogos em primeira pessoa competitivos. Escutar os passos dos inimigos sem que seus amigos falando no seu ouvido te...
read more
Análise: Brothers: A Tale of Two Sons, novidades em um grande sucesso agora pra Switch

Análise: Brothers: A Tale of Two Sons, novidades em um grande sucesso agora pra Switch

Um grande jogo. Uma grande história. Uma grande e emocionante aventura. Todas críticas recebidas lá em 2013 quando o jogo foi originalmente lançado pela 505 Games. Agora temos a oportunidade de jogá-lo no Nintendo Switch, iss...
read more
Análise: Atelier Lulua ~the Scion of Arland~, Koei Tecmo, um misto de ideias e preguiça!

Análise: Atelier Lulua ~the Scion of Arland~, Koei Tecmo, um misto de ideias e preguiça!

Atelier, é uma franquia de games um tanto quanto consolidada pela Koei Tecmo, a série principal conta com mais de 10 games, e temos mais de 15 spin-offs e ainda assim não é um nome tão grande quanto Final Fantasy,...
read more
Análise: Shakedown Hawaii é o GTA perfeito em 16 bits e politicamente incorreto

Análise: Shakedown Hawaii é o GTA perfeito em 16 bits e politicamente incorreto

Muitos podem não saber, mas o amado GTA começou na década de 90 para o Playstation 1 e PC como um jogo 2D com visão superior. Esqueça os gráficos chiques e físicas completas de hoje, na época era tiro, po...
read more
Análise: Gato Roboto segue a receita de bolo de um ótimo Metroidvania

Análise: Gato Roboto segue a receita de bolo de um ótimo Metroidvania

A Devolver Digital juntamente com a desenvolvedora Doinksoft fizeram um anuncio surpresa com Gato Roboto e já lançando-o dias após da notícia. De início já posso dizer que se gosta do estilo metroidvania, Gat...
read more
Análise: Conan Unconquered – Sobrevivendo as ondas inimigas e aos gráficos do jogo

Análise: Conan Unconquered – Sobrevivendo as ondas inimigas e aos gráficos do jogo

Quando falamos de Conan, a primeira memória que me vem à cabeça é o Filme Conan, o Bárbaro da década de 80 estrelado por ninguém mais ninguém menos do que Arnold Schwarzenegger. É inegável q...
read more
Análise: Slay the Spire comprova que um tapinha não dói

Análise: Slay the Spire comprova que um tapinha não dói

Slay the Spire é um Roguelike de combate de cartas por turno. Deu para entender? Não?! Jura?! Tenho algum tempo sobrando, vamos lá: Essência do jogo Em cada partida iniciada, você irá escolher um dos três personage...
read more
Análise Team Sonic Racing: mais uma boa opção para se divertir com um ícone dos games

Análise Team Sonic Racing: mais uma boa opção para se divertir com um ícone dos games

Meu primeiro review que começa com um vídeo, e fará sentindo, vamos lá: Aí começava uma era, onde todo jogo do Sonic começava com uma boa introdução/animação bem empolgante ao so...
read more
Análise: Void Bastards é a grande surpresa do ano até o momento

Análise: Void Bastards é a grande surpresa do ano até o momento

Sabe aquele jogo ou filme que você não da absolutamente nada? Que olha e fala: Ah, deve ser legal, mas sua visão fica nublada por causa de tantos outros lançamentos gigantes? Então, peço que ignore temporariamente todos...
read more
Análise: Layers of Fear 2 mistura Titanic com terror

Análise: Layers of Fear 2 mistura Titanic com terror

Ao contrário do primeiro título, Layers of Fear 2 chegou de mansinho, sem muito fuzuê. Gosto de jogos de terror, desde muito antes quando apenas a narrativa bem escrita era suficiente para engajar os mais variados jogadores. Logo, peguei es...
read more