Feliz 2 anos para nós!

E tudo começou, há um tempo atrás, na ilha do sol…. Começando com essa música chiclete, nós celebramos nossos 2 (DOIS) anos de vida. Parece que foi outro dia que o jovem Última Ficha estava vendo a luz do sol pela primeira vez e ensaiando seus primeiros passos com seus artigos, reviews e gameplays.

Por coincidências do destino (mentira, foi o Facebook que lembrou) nos deparamos com nossa singela celebração do ano passado que vocês podem conferir aqui (é o site antigo, então vai estar meio lento. Paciência, jovem padawan). Nela tínhamos muito a agradecer, sonhos e planos.

E muito se muda em um ano não é? Nós não fomos diferentes e poderemos dizer que o meme “O monstro tá saindo da jaula” representa bem nossa nova e mais feliz fase. Se vocês leram o texto do ano passado, verão que que falamos 3 pontos que foram mais do que verdade neste último ano (que esperamos melhorar ainda mais nesse ano):

“Logo de cara vamos cozinhar a fogo médio todos esses contatos que fizemos que nos darão mais oportunidades de conteúdos, entrevistas, reviews, gameplays e nudes.” Esse ponto não poderia ser mais verdade, sendo que cozinhamos a fogo alto! O nosso relacionamento não poderia ser melhor com a assessoria de imprensa (e amamos vocês todos por isso). Graças a eles podemos checar se o rumor procede ou não, tirar dúvidas, fazer reviews e muito mais (tipo encher o saco deles, tadinhos). O que é mais legal do que trabalhar em games? Trabalhar com pessoas incríveis em games!

“Além disso vamos definir metas e um processo para estruturar o site crescendo de forma harmoniosa (fique ligado).” Aqui certamente é o ponto mais recompensador de trabalhar no Ultima Ficha. Não só crescemos, como crescemos na zoeira e na amizade. Não existe EU, existe NÓS. Um grupo que fecha na parceria para trazer o melhor para você. Graças a esse grupo de loucos nós temos conteúdo diário no site. Muitas matérias, opiniões, gameplay de praticamente todos os jogos, diversas lives semanais, review até dizer chega e muito mais. E claro que não poderia não citar esses lindos membros da equipe! (estamos esperando lindas também que algum dia, quem sabe, vão querer fazer parte dessa família e dar uma nova voz ao site).

“Por fim, vamos procurar o maior número de eventos gamers e tentar cobrir o que for possível. E claro, temos um sonho megalomaníaco de ir a E3 ano que vem.” Dito e feito! Não só conseguimos realizar nosso sonho na maior feira de games do mundo, como fizemos um trabalho lindo lá. Vimos as conferencias, entrevistamos pessoas super legais e importantes do mercado (fotinho com o Ed Boon) e muito mais. Não só a E3, mas também retornamos à BGS em 2016 e tivemos acesso a praticamente todos os jogos e pessoas. É um sentimento indescritível. E claro que não podemos deixar de citar a 2K Games que nos convidou para os EUA. Foi uma experiência ímpar!

E para fechar com chave de ouro, o que é melhor do que cada integrante deixar aí sua mensagem chorosa ou zoeira? E vou (Coimbra) comentar cada uma para abusar do meu poder do cara que escreve o post. Você deve estar pensando, mas tu não é o chefe? Sócio? Dono? Isso não me da poder nenhum filho, só dor de cabeça mesmo, mas vale a pena.

E antes das mensagens queríamos agradecer a vocês leitores e leitoras. Absolutamente nada disso seria sem vocês. E como sempre, deixarei o recado para participarem dos programas que fazemos em nosso youtube, lives, matérias e muito mais.

Bruno Degering

Trabalhar no Última Ficha é ter a chance de materializar 20 anos de amor por Video-games. (Ele ta inspirado hein. Deve ta bebendo umas…)

Raphael (Bolota) Maia

Trabalhar no Última Ficha é a realização de um sonho de infância. Não fosse pela insistência do Leonardo Coimbra provavelmente o site ainda seria um projeto na gaveta. Dentre tudo o que fizemos nesses dois anos, vale destacar a edição de Natal do ano 1, na qual todos estávamos bastante bebuns, a primeira BGS e o Coimbra dançando o tema da Pequena Sereia em Just Dance 2016. (E por que acha que fui insistente? Para brilhar e divar neste vídeo!)

Leonardo Coimbra (O Coimbra)

Sério mesmo que tenho que escrever? Já escrevi esse textão todo. E a preguiça? Quem to enganando, palavras não conseguem descrever a felicidade desse projeto que a cada dia brilha mais. Muito foda trabalhar com esse bando de loucos que fazem o site crescer a cada dia mais não só com matérias, mas com ideias e ajustes por trás dos bastidores que não sei como funcionam até hoje (mas está bonito e está dando certo).

Anderson Mussulino

Trabalhar no Última Ficha é uma experiência única que comprova que dedicação não é perda de tempo, e graças a isso oportunidades aparecem dando shoryuken em nossas caras. Para mim tudo começou com um e-mail e um Digimon. (Foi uma mensagem de facebook, mas cada um com sua memória).

Arthur Franco

Para mim o Última Ficha foi desde o início consequência. Consequência de dias e madrugadas de jogatina desde a infância e a adolescência, consequência das novas amizades nas sessões de GTA online e consequência de muito esforço de uma equipe que ama os jogos como parte sua própria identidade! Assopremos as velinhas! Parabéns Última Ficha! (O galã do site tá sendo profundo até na frase, mas aqui isso não rola não!)

Vicente Brison

A resposta para a pergunta “o que você quer ser quando crescer?” (Chato e velho… ba dum tss!)

Thiago Lyra

Trabalhar no Última Ficha é como jogar uma partida de Dota2 sem support. O começo é difícil, o caminho é longo, mas a vitória é certa. (Me ausentarei porque meu conhecimento de Dota é nulo. Só sei que existe e olhe lá).

Ricardo Carvalho

Trabalhar no Última Ficha é contrariar completamente o que minha mãe e meu pai diziam: “Fica gastando horas e horas da sua vida trancado nesse quarto, menino?!”. Parece que o jogo virou, não é mesmo? (Isso, boa. Agora todos vão achar que ganhamos dinheiro…)

Bernardo Cortez

Trabalhar no Última Ficha é fazer o que sempre quis, trabalhar com algo que amo e que admiro. É conhecer os ídolos da infância de perto. É estar sempre com amigos escrevendo sobre assuntos que tornam meu dia mais feliz. (Muito fofo, não vou estragar esse momento…)

Mauro Brizida

Gosto de games e também de programar. Às vezes fica difícil porque quero fazer as duas coisas e não tenho tempo, mas ainda assim é muito legal trabalhar com essa equipe de nerds do Última Ficha! 

Publicado
Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *