Fortuna de Gabe Newell supera a de Donald Trump e Oprah Winfrey

Apesar de estar afastada do desenvolvimento de jogos, seu último lançamento foi Dota2 em 2013, a Valve ainda é uma das empresas mais bem sucedidas no mundo dos games. Graças ao enorme sucesso da sua plataforma digital Steam e de outros empreendimentos, a Valve continua a anunciar enormes lucros, mesmo experimentando novos empreendimentos tecnológicos arriscados, como a realidade virtual. Como resultado desse sucesso, o presidente da Valve, Gabe Newell, figura entre as  pessoas mais ricas do mundo.

Como relatado pela revista Forbes, o patrimônio líquido de Gabe Newell está avaliado em  U$ 4.1 bilhões, colocando-o na 134ª posição na lista de bilionários. Isso significa que o patrimônio declarado de Gabe Newell  eclipsa o de alguns dos bilionários mais notáveis de nosso tempo, incluindo o Oprah Winfrey e até mesmo o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, que vêm na 239ª e 156ª posição, respectivamente.

Na ultima vez em que a Forbes lançou sua lista de bilionários, Gabe Newell estava ranqueado em uma posição muito menor, mostrando como a Valve se tornou uma empresa extremamente lucrativa. O sucesso da valve é uma excelente noticia para executivos como Gabe Newell e aqueles que gostam do serviço da Steam, porém, para aqueles que esperam novos jogos o rumo que a empresa esta tomando é decepcionante.

gabe-newell-headshot

Com a Valve gerando tanto lucro com a steam e outras áreas, parece não haver mais incentivo para que ela siga desenvolvendo jogos. Existem uma serie de franquias que estão aparentemente abandonadas, incluindo Half Life, Team Fortress, Left 4 Dead e a serie Portal. Uma das piadas que ocorrem na internet, é que a Valve não sabe contar até três visto que todas as franquias parecem acabar no segundo jogo. Apesar de rumores do lançamento de jogos como Left 4 Dead 3, parece que os recursos da Valve são melhores aplicados em outros lugares.

Os fans podem querer ver Half-Life 3, ou qualquer conclusão deixada pelo cliffhanger de Half-Life 2: Episode Two, mas com a Valve fazendo rios de dinheiro em outro lugares, parece pouco provável que a empresa coloque seus recursos no desenvolvimento de um jogo AAA. Para muitos de nós, resta a esperança de que em algum dia a empresa mude de rumo e volte a desenvolver jogos.

 

 

 

Thiago Lyra

Sonhou um dia ser jogador profissional de e-sports. Tentou Team Fortress2, Dota2, Counter Strike, mas devido a falta de habilidade e a idade avançada, virou redator e animador de festa infantil.
Botão Voltar ao topo
Fechar