E3 2017: Orquestra de Kingdom Hearts nos leva ao verdadeiro reino da magia e revela Kingdom Hearts 3

Em 2002 foi lançado o primeiro jogo de Kingdom Hearts para o PS2. Me lembro até hoje que estava viajando em meados de 2002 no sul do Brasil e lá encontrei uma cópia do jogo e prontamente implorei para que meus pais a comprassem (aquela cópia super conhecida e de alta qualidade que custa R$ 10).

Desde então foram lançados muitos jogos da franquia para diversos consoles e uma legião de fãs foi se formando a cada novo lançamento. Deixando de lado a confusa história de Kingdom Hearts, é certo afirmar que os personagens são carismáticos e que sua trilha sonora impressiona (algo muito comum em jogos da Square Enix). Durante essa E3 2017, tivemos a grata notícia de que haveria um concerto do tour mundial passando por Los Angeles. E não só isso, além do concerto se passar no Dolby Theater, onde acontece o Oscar, nós fomos convidados para assistir o evento e cobri-lo como imprensa.

IMG_2876

Prontamente aceitamos o convite e fomos com um sorriso no rosto. Da nossa trupe, dois eram fanáticos pela franquia e os outros dois eram marinheiros de primeira viagem. Mas como falei acima, a capacidade da Square Enix de fazer trilhas sonoras é incrível e eu já havia alertado os dois com relação a isso. Resumindo, mandei um clássico “confia no pai porque a parada vai ser muito boa”. Eu não poderia estar mais certo.

Chegando no evento, fomos todos surpreendidos com o ambiente e a excepcional qualidade da orquestra. Fazendo das palavras do Bernardo as minhas: “Mano, a orquestra é tão foda que até o cara do prato é incrível”.  O show foi composto por músicas clássicas e amadas por todos como Passion e Dearly Beloved. Outros destaques ficam para os longos e maravilhosos medleys como compilações de música dos personagens, de lutas e dos chefões. E reforço que isso foi tocado com uma sincronia impecável com as imagens de fundo que apareciam em um telão, seguido de um belíssimo coro.

IMG_2883

Até ai já tinha chorado muito e acreditava que não tinha como melhorar. Os membros incrédulos do time já estavam amando o show e eu estava em posição fetal sorrindo e desidratando de choro. Porém, tudo estava para melhorar e muito além da minha imaginação. A primeira surpresa foi a aparição de Yoko Shimomura, ninguém menos do que a compositora de todas essas músicas maravilhosas. Após muito agradecimento pela recepção calorosa, ela foi ao piano e nos brindou com a música Passion.

Ai eu já estava emocionado até não poder mais e já havia desistido de segurar qualquer tipo de lágrima (já adianto que não estava sozinho no chororô). Após a música, Shimomura volta ao microfone e fala que temos muita sorte. Mas hein? Porque teríamos toda essa sorte? A resposta é a seguinte: Ninguém menos do que Testsuya Nomura, o diretor da série, estava presente no teatro. Ele falou muitas coisas que não entendi em japonês, mas houve uma que todos entenderam: KINGDOM HEARTS III! Sim, fomos os primeiros terráqueos a assistir o novíssimo e impressionante trailer de Kingdom Hearts 3.

Como puderam ver, foi uma experiência incrível e emocionante. Certamente tivemos uma sorte incomensurável com os convidados e com o novo trailer. Independente dessa sorte, o evento em si é incrível e capaz de mudar a percepção dos mais céticos, além de mostrar o quão importante é uma trilha sonora para um jogo. Segue abaixo a minha reação histérica.

Publicado
Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.

9 thoughts on “E3 2017: Orquestra de Kingdom Hearts nos leva ao verdadeiro reino da magia e revela Kingdom Hearts 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *