BGS 2017: A inspiração por trás do modo Headquarters de CoD: WWII

O recém-lançado Call of Duty: World War II (confira aqui nosso review!) já está sendo elogiado pelo seu modo Headquarters, ou Quartel General. No espaço, que pode ser acessado antes e entre as partidas, os jogadores podem se armar com equipamentos e armas novas, testá-las em campo, dividir o espaço com até 48 jogadores e até ver e ser vistos abrindo as infames loot boxes.

Considerando que Destiny é a outra grande franquia atual da Activision, que é reconhecida pelos seus Hubs, onde os jogadores podem socializar e exibir suas melhores armaduras e dancinhas, seria natural supor que o time da Sledgehammer se inspirou no trabalho da Bungie em Destiny para criar o Headquarters. O Plot Twist é que o modo, na verdade, foi inspirado por um outro jogo, de um gênero – e desenvolvedora – diferente. Segundo Mike Mejía, produtor sênior da Sledgehammer para CoD: WWII, o time é composto por muitos fãs de World of Warcraft, o MMORPG arrasa-quarteirões da Blizzard, que se inspiraram nas cidades e guildas do jogo para criar o Headquarters.

É surpreendente saber que cidades imensas de um jogo de 2004 como Orgrimmar, Dalaran e Ramkahen possam inspirar uma das maiores franquias de FPS da história.

Para a entrevista completa com Mike Mejía, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *