Análise: Street Fighter 30th Anniversary Collection é um show de nostalgia

Street Fighter é inquestionavelmente uma das maiores franquias dos jogos de luta e podemos afirmar que ele é sim o pai dos jogos de luta (e até de Beat Them Up). Chegando aos seus 30 anos, a Capcom lançou o 30th Anniversary Collection que é uma coletânea muito robusta de Street Fighter (assim como os lançamentos de Mega Man deveriam ter sido feitos). Confira nossa análise abaixo de 12 dos mais clássicos jogos da franquia que usam e abusam dos pixels e da nostalgia.

Street fighter coletanea 30 anos (16)

Arcade de bar e de rodoviária

Agora leitor, você acabou de entrar em um buraco negro de nostalgia onde voltou para a década de 90 (sim, o primeiro Street Fighter foi lançado na década de 80, mas vamos ignorar este fato). Quando íamos a um bar, fliperama ou até mesmo na rodoviária, era possível encontrar as máquinas de fliper e muitas vezes viamos alguma variação de Street Fighter rodando nelas. Tinha os tiozinhos que bebiam cerveja e fumavam um cigarro (na época era legal e liberado) e ficavam olhando os adolescentes/crianças dominando esse cenário de luta e proporcionando reviravoltas memoráveis. Não só isso, quem nunca vai esquecer daquele cinzeiro grudado na máquina né? Afinal fumar e jogar ao mesmo tempo é uma combinação perigosa poré muito comum na época.

E para que esse preambulo desconexo e desnecessário? Simples, ao jogar Street Fighter 30th Anniversary Collection essa é imediata sensação que você tem. Não só isso, ouso dizer que essa coletânea tem a missão de te transportar para um arcade que está na sua sala/quarto. Ao ligar o game será possível escolher entre jogo online, offline e local. E dentre as opções de jogos você poderá escolher uma entre os 12 disponíveis: Street Fighter, Street Fighter II, Street Fighter II: Champion Edition, Street Fighter II: Hyper Fighting, Super Street Fighter II, Super Street Fighter II: Turbo, Street Fighter Alpha, Street Fighter Alpha 2, Street Fighter Alpha 3, Street Fighter III, Street Fighter III: 2nd Impact eStreet Fighter III: Third Strike. Como podem ver a lista é bem robusta e pega as principais versões dos jogos que fizeram sucesso nos anos 90 e mais o raro Street Fighter 1 que iniciou tudo.

Um detalhe interessante, antes de escolher cada jogo, é possível ver o ano de lançamento, assim como a placa de arcade usado para cada versão. Um toque realmente muito interessante e legal.

A evolução da série

Como mencionei acima, a nostalgia bate muito forte quando jogamos essa coletânea. E não é por menos! Independente se você cresceu nos anos 90 como eu ou se é um curioso do mundo dos games, é muito legal você poder jogar os principais jogos da franquia que deram origem ao gênero de luta assim poder ver a evolução do jogo.

Em Street Fighter 1 (uma raridade que só fui jogar com esta coletânea) você vê os primeiros passos da série (para a década de 80 era revolucionário, mas devo confessar que jogarás somente por curiosidade ou um possível sadismo). Um jogo complicado e lento com movimentos difíceis de serem feitos e somente dois personagens (os icônicos Ryu e Ken). Depois temos o mítico Street Fighter 2 com suas variações, assim como Super Street Fighter 2. Nele podemos ver evolução tanto gráfica como de gameplay. Mais personagens, novos estágios, velocidade maior, novos elementos na luta e etc. E claro, o mesmo acontece com a série Alpha assim como Street Fighter 3.

Cada jogo é único e seu valor, tanto histórico, como em gameplay é perceptível. A ideia desta coletânea não é trazer um jogo melhorado (assim como fizeram em Street Fighter 2 para o Switch), mas trazer a experiência real da época do arcade para a sua sala. Inclusive será possível escolher um filtro de tela para Arcade, assim como optar em escolher a tela clássica, com zoom e wide.

Street fighter coletanea 30 anos (26)

Modo museu muito rico

Depois de apanhar muito no arcade (dificuldade é maior do que as versões de console, afinal eles tinham que comer suas fichas), eu comecei a mexer no jogo e em suas opções. E uma delas que perdi muito tempo e fiquei maravilhado foi com o museu. Eu já estava acostumado com esta opção, pois joguei algumas das coletâneas de Mega Man e ele traz algumas curiosidades sobre o game.

Mas não estamos falando de Mega Man, certo? Estamos falando do pai dos jogos de luta e uma das maiores franquias de jogos que o mundo já viu até hoje. E para dar fundamento a toda essa história, a Capcom não brincou em serviço e trouxe curiosidades muito boas. Dentre elas temos 4 blocos principais que se dividem em Street Fighter 1, Street Fighter 2, Street Fighter Alpha e Street Fighter 3.

Além de muitos conceitos e imagens Conceituais, esse modo museu traz novidades que achei bombásticas e super interessantes. Por exemplo: sabia que houve uma versão de Street Fighter 1 para consoles? E sabia que Final Fight derivou diretamente de Street Fighter? Inclusive ia usar o mesmo nome até que mudaram tudo… Ou então que tal se inteirar como foi o pitch de negócios para vender a ideia de Street Fighter 2? Ou então saber que eles redesenharam todo o jogo no fim da década de 80? Essas e MUITAS outras curiosidades podem ser degustadas no modo museu.

Além dessas informações maravilhosas, será possível admirar as imagens e conceitos/histórias de seus lutadores favoritos assim como ouvir diversas faixas de música de cada personagem/estágio.

Aquele online campeão e o Nintendo Switch

Não tenha dúvidas, Street Fighter 30th Anniversary Collection foi feito para te dar uma experiência de arcade e ele faz isso com louvor. Porém, um dos anúncios é que alguns dos 12 jogos poderiam ser jogados de forma online e são eles: Street Fighter II: Hyper Fighting, Super Street Fighter II: Turbo, Street Fighter Alpha 3 Street Fighter III: Third Strike.

Street fighter coletanea 30 anos (30)

Sensacional e maravilhoso poder jogar esses 4 jogos online certo? É possível ficar jogando o modo arcade normal até alguém te achar online (o que é bem rápido, nunca consegui terminar uma luta no arcade) e hora da pancadaria. E bem devo dizer que a conexão é bem boa, caso jogue com alguém do mesmo país/continente. Eu tive a oportunidade de jogar com pessoas do Brasil e a conexão fluiu sem problemas e foi super divertido (tirando a parte que apanhei muito mais do que bati). Mas caso você pegue um gringo… Posso dizer que pelo menos no Nintendo Switch, a conexão é sofrível. Aqui faltou uma possibilidade de poder escolher a região da onde quer encontrar as partidas. Felizmente, é possível escolher jogar com os amigos e até fazer lobby e convidar a galera pra jogar.

Tirando essa “roleta russa” de lado, as opções de online são bem robustas. Como mencionado acima, será possível fazer/escolher salas,  jogar rankeado e/ou jogar o modo arcade até receber um desafio. Além disso existe um ranking mundial online onde poderão me encontrar na última posição com um aproveitamento de 100% (de derrotas). Exclusivamente para o Switch, também é possível acessar um modo de torneio local para até 8 jogadores em Super Street Fighter II: Tournament Battle. Infelizmente o Switch não recebe o Ultra Street Fighter 4 que as versões de PS4 e Xbox One recebem em sua pré venda (e isso não faz sentido algum, pois o 3DS roda Super Street Fighter 4).

Street fighter coletanea 30 anos (32)

Conclusão

Street Fighter 30th Anniversary Collection é uma excelente coletânea que irá trazes os fãs e curiosos para o mundo dos arcades que reinava na década de 90. Esse jogo mostra como uma coletânea deve ser feita e adiciona itens muito bons e interessantes em seu museu. Além disso, é válido lembrar que este jogo simula arcades, ou seja, não espere ter um modo história ou poder alterar a dificuldade, sua programação foi feita para que comesse todas as suas fichas!

Essa é sim uma coletânea que vale muito a pena ser comprada pelos amantes de lutas e de vídeo game!

{{

game = [Street Fighter]

game = [30th Anniversary Collection]

info = [Lançamento: 29/05/2018]

info = [Produtora: Digital Eclipse]

info = [Distribuidora: Capcom]

plataformas = [PS4, Xbox One, Nintendo Switch e PC]

nota = [5/5]

decisão = [Compra obrigatória]

texto = [Essa coletânea traz o que há de melhor na série]

texto = [Street Fighter, além de muita informação]

positivo = [12 jogos em 1]

positivo = [Modo museu]

positivo = [Nostalgia dos arcades]

negativo = [Switch sem SF IV (bônus pré venda)]

}}

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo