E3 2018 Preview – Mega Man 11 traz nosso robô azul em sua melhor forma

Mega Man foi uma franquia gigante na década de 90. Seu diferencial era o desafio de plataforma que ele proporcionava juntamente a um desafio gigante com seus inimigos. Porém, já fazia muito tempo que a Capcom tinha lançado um novo Mega Man focado em seu gameplay original. Felizmente, para a comemoração de 30 anos da franquia, eles anunciaram o lançamento de Mega Man 11 que irá agradar a todos fãs da franquia (sim, já estou cravando isso). Após ter jogado ele na E3, eu simplesmente fiquei maravilhado com o que vi.

Antes de mais nada meu primeiro contato com Mega Man 11, foi até um pouco engraçado. Ao pegar o controle e selecionar a fase, o jogo iniciou e eu larguei o controle e fiquei falando que nem um louco no stand da Capcom “cara, olha isso! Como o jogo ta lindo. Que traços incríveis do Mega Man. Olha só essa animação do personagem e dos inimigos”. Sim meus amigos, o jogo está incrível visualmente falando. Seja na fase, seja no detalhe do Mega Man, seus golpes ou até nos inimigos, está tudo muito bonito e legal.

Agora falando do jogo em si, existe a opção de dificuldade. Além de efetivamente mudar o padrão e dificuldade do jogo, o que achei interessante é que caso escolha uma dificuldade mais fácil, mais checkpoints irão aparecer ao longo da fase. Caso escolha uma dificuldade mais difícil, você irá voltar cada vez mais para trás do lugar onde morreu. Ou seja, além do jogo te punir dentro dele testando suas habilidades, você também terá o fator replay obrigatório dependendo da onde morrer. No meu caso eu escolhi a opção casual (fui orientado a pegar ela, pois quando escolhi inicialmente a normal, nosso contato da Capcom olhou e falou: faz isso não cara). Eu achei o jogo extremamente equilibrado e felizmente eu morri bem pouco mesmo até chegar ao chefão final (na realidade eu acho que só morri somente nos chefes da fase). O game design dele está muito bom, junto com os pulos de precisão e o padrão dos inimigos.

MEga Man 11 e3 2018 (1)

E por fim falando das novidades de Mega Man 11, a primeira é que pela primeira vez na série o Mega Man poderá mudar de poder on the fly e seu visual irá mudar juntamente. Ou seja, ao invés de ter que acessar um sub menu para mudar de poder, basta selecionar o poder no analógico direito e pronto, já temos um novo Mega Man. E juntamente com isso, o Mega Man  irá absorver as características visuais do inimigo absorvido ao invés de somente mudar de cor.

Por fim, tenho que falar da excelente adição que é a Speed Gear, Power Gear e Double Gear. Além dos pulos e golpes tradicionais, Mega Man poderá temporariamente melhorar sua velocidade, poder de fogo ou então os dois ao mesmo tempo. Claro, isso é uma vantagem temporária que irá durar cerca de 10 segundos ou menos e servirá para matar um chefão ou então resolver um puzzle. Caso você os use demais, Mega Man irá super aquecer e não poderá usá-los por um tempo. Ou seja, por mais que sejam poderes facilitadores, seu uso é limitado assim como seu cooldown.

Em suma, Mega Man voltou e tenho certeza pelo que joguei na E3 que ele será maravilhoso. Mega Man 11 será lançado no dia 2 de outubro para o PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e Windows PC.

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo