EA não queria Apex Legends e Titanfall 3 não está sendo feito

Ontem o mundo gamer foi surpreendido com Apex Legends, um jogo gratuito no estilo Battle Royale que já foi lançado para PS4, Xbox One e PC. O jogo produzido pela Respawn, pode ser considerado um sucesso imediato e já atingiu mais um milhão de jogadores em tempo recorde.

Durante o evento de anuncio do jogo, Drew McCoy, produtor executivo em Apex Legends, deu duas entrevistas bem interessantes. A primeira foi para o site Game Informer onde ele fez um “momento denuncia”. Basicamente Drew falou que a EA não esteve envolvida no jogo e que na realidade a EA não queria Apex Legends!

“Não quero colocar a EA em uma situação delicada, mas este não era o jogo que esperavam,” disse McCoy. “Tive de conversar com os executivos e mostrar e explicar o jogo. Não digo que convenci eles. Foi mais um ‘Hey, confiem em nós! É isto que querem da nossa parte.’ Enquanto empresa, eles apenas podem quantificar de acordo com dados do passado, mas nunca fizeram algo como isto.”

“Existe uma enorme questão sobre projeções de receitas para este jogo. Disseram, ‘Não sabemos! Não podemos prever.’ Este é um jogo para o qual tivemos de dizer, ‘Isto é o que queremos fazer. Ajudem-nos a chegar lá.’ Não tocaram no desenvolvimento ou outra coisa qualquer neste jogo.”

De forma resumida, Drew teve que torcer muitos executivos da EA e pedir um grande voto de confiança.

Já a segunda entrevista foi dada para a Eurogamer, e com eles falou sobre a possibilidade de Titanfall 3. Como vocês já podem esperar, Titanfall 3 não está em desenvolvimento, pois a Respawn focou seus esforços em Apex Legends.

“O mundo acha que estamos fazendo Titanfall 3, mas não estamos. Isso é o que estamos fazendo” Disse MCCoy “Ao invés de tentar convencer todo o público durante meses com trailers, previews, eventos  e explicações, nós decidimos deixar ‘O jogo falar por si mesmo’ – Esse é o antidoto mais forte para problemas em potencial.”

Mostrar mais

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo
Fechar