E3: Ni no Kuni: Wrath of the White Witch será remasterizado!

A BANDAI NAMCO anunciou hoje Ni no Kuni: Wrath of the White Witch Remastered, uma versão aprimorada do RPG de ação de 2013 com gráficos aperfeiçoados no sistema PlayStation 4 e PC. A versão original de Ni no Kuni: Wrath of the White Witch (sem ser remasterizado) também estará disponível no Nintendo Switch , marcando sua estréia oficial em uma plataforma portátil. Ambas versões tem lançamento previsto para 20 de Setembro de 2019.

CONFIRA AQUI NOSSA ANÁLISE DE NI NO KUNI II

Ni no Kuni: Wrath of the White Witch Remastered no PlayStation 4 e PC apresenta incríveis aprimoramentos visuais, permitindo que jogadores de PlayStation 4 aproveitem o game em resolução de 1080p e taxa de quadros em suaves 60 fps (quadros por segundo). Usuários de PlayStation 4 Pro poderão optar pela resolução 4K com 30 fps, ou 1440p com 60fps. Ni no Kuni: Wrath of the White Witch no Nintendo Switch é a primeira edição do aclamado título numa plataforma portátil; esta versão contará com resolução de 720p em 30fps no modo TV ou no modo viagem. O game mantém seu dinâmico sistema de batalhas original, combinando ação em tempo real com elementos táticos por turno, assim como as dezenas de locais e centenas de criaturas que constituem o vasto universo de Ni no Kuni.

Para quem não conhece:

“Ni no Kuni: Wrath of the White Witch é bela e ricamente ilustrada pelo lendário Studio Ghibli, e conta com uma majestosa trilha sonora composta pelo premiado músico Joe Hisaishi. Ni no Kuni: Wrath of the White Witch conta a encantadora, porém trágica, história de Oliver, um jovem garoto que embarca em uma jornada para outro mundo na esperança de trazer sua mãe de volta após um fatídico acidente. Com uma cópia do Wizard’s Companion em mãos e com o companheiro Drippy ao seu lado, Oliver deve percorrer terras exóticas para domar criaturas, enfrentar adversários maléficos e superar os inúmeros obstáculos que o separam do resgate de sua mãe.”

Publicado
Gamer há tanto tempo que usa consoles como referência cronológica para lembranças de sua vida. Amante de Mega Man, Resident Evil e Warcraft. Se gaba por ter zerado Battletoads aos 9 anos mas abandonou Bloodborne com 26.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *