[Hands-on] Control será uma sólida e divertida experiencia

Ano passado nós vimos Control na E3 2018 e nos agradou muito a apresentação sendo um dos destaques do evento. Nessa E3 tivemos a oportunidade de jogá-lo e agora temos uma excelente noção de como será o jogo e nos agradou muito.

Sua ideia é que o “FBI” de assuntos paranormais foi invadida e você como a nova diretora será responsável por combater essa invasão. O visual (especialmente com o Ray Tracing ligado) impressionou bastante e a atmosfera acerto no ponto de como seria você estar dentro de um grande prédio com estruturas metálicas, salas de energia e mais. Algo que a Remedy também acertou foi na música e efeitos sonoros que complementam esse vazio encontrado.

Pouco falarei da história e motivações, pois a demo era mais focada no gameplay. No caso você tinha que “arrumar” o setor de água e energia para levantar o trancamento de emergência. Alguns diálogos foram apresentados, mas nada que se destaque. O que posso falar é que enquanto a protagonista conversa com as pessoas, existe uma câmera que foca nela quando ela está pensando sobre a situação.

Dito isso, vamos ao gameplay. Control é um jogo de ação linear em terceira pessoa que mescla tiros comuns com poderes sobrenaturais. Esse combo é muito legal, pois o jogo te força a estar sempre em movimento e ser sempre agressivo. Essa agressividade é necessária, pois você é obrigado a matar os inimigos para recuperar sua vida. Com relação aos poderes, o mais comum será o de levitar itens e tacar em seus inimigos. Será possível tacar um carri de gás, caixas, um tripé, pedaço de chão e por ai vai. Também será possível utilizar o clássico dash para desviar dos inimigos, poder flutuar e mais. Tudo isso será usado tanto no combate para assegurar sua vitória como em outros momentos para resolver desafios de plataforma (achei eles um tanto simples na parte em que pude jogar).

Com relação a parte de atirar, o jogo funciona como uma luva sem inventar nada. Sua arma poderá se transformar e nessa demo tínhamos a opção tanto da pistola normal como da escopeta. Como esperado, a pistola é melhor para ataques de longe e a escopeta para ataques de perto. Por essa arma ser sobrenatural, ela não será carregada com um novo pente de bala, mas sim será necessário esperar um tempo para ela recuperar a energia. Nesse hiato, será necessário enfrentar os inimigos com seus outros poderes.

Control não reinventa a roda, mas junta mecânicas que já funcionam em um mundo estranho onde irá te intrigar para descobrir o que está acontecendo. E tenho que admitir que ver as paredes se movendo e ver todo o estilo do jogo é bem legal.

Control chega dia 27 de agosto de 2019 para PC, PS4 e Xbox One!

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo
Fechar