Fiquem quietos e trabalhem. Foi a dica do criador de No Man’s Sky para estúdios de Anthem e Fallout 76

No Man’s Sky é o maior flop dos últimos tempos. Prometeu muito, hypou todos até o talo e entregou um jogo há galáxias de distância do prometido. O jogo do estúdio independente Hello Games conseguiu se recuperar do fiasco que foi o lançamento em 2016, alcançando o top 10 de jogos mais jogados da Steam. Demorou, mas o empenho dos desenvolvedores deu resultado.

O chefe da Hello Games, Sean Murray, comentou em entrevista recente sobre o trabalho que teve com No Man’s Sky e também sobre empresas com lançamentos de jogos conturbados e flopados, caso de Anthem e Fallout 76. Segundo palavras do próprio Sean o melhor a se fazer é ficar quieto por um tempo e trabalhar no desenvolvimento do jogo para entregar a experiência que o consumidor merece.

O chefão da Hello ficou praticamente dois anos sem comentar assuntos relacionados ao jogo, investiu esse tempo buscando soluções para melhorar seu jogo. Em um evento no Reino Unido ele rompeu esse silêncio:

“Nós passamos dois anos sem falar com a imprensa e passamos cerca de três meses sem dizer nada à comunidade. Foi muito difícil. Várias vezes me sentei na mesa e escrevi o post perfeito para explicar tudo sobre o desenvolvimento do jogo e o caminho que estávamos seguindo. Mas percebia que não tinha credibilidade para tal.”

“Eu vejo a EA, Microsoft e Bethesda tentando acalmar os jogadores conversando com eles, mas por melhor que sejam as intenções, isso simplesmente não funciona. (…) Conversar sobre novidades quando um jogo já saiu não é crível ou interessante. Suas ações são muito mais importantes do que as coisas que você tem para dizer”.

Concorda com Sean, ficheiro? Uma coisa é certa, muito trabalho será necessário para corrigir estes últimos lançamentos flopados!

Via Gamesradar.

Pedro Nogueira

Formado em Administração e em GunZ: The Duel. Nogueira une estas duas formações para administrar de forma única suas skills em jogos de tiro, adquiridas em anos jogados fora jogando The Duel. Além da supremacia em jogos de tiro, Nogueira é fã de jogos com história bem trabalhada e tem no sangue as habilidades de Dominic Toretto para jogos de corrida.
Botão Voltar ao topo
Fechar