Tendência

Seletiva PBIC: Entrevista com Vinícius Sztibe da Ongame

Durante a Seletiva PBIC, entrevistamos o Game Operation Coordinator, Vinícius Sztibe, da Ongame

Neste último sábado, dia 07 de setembro, tivemos a Seletiva PBIC onde houve a final entre Black Dragons vs New Eagles Team para decidir qual time participará do mundial na Indonésia. Em busca de sabermos mais sobre o cenário de Point Blank como e-sport em território nacional, entrevistamos o Game Operation Coordinator, Vinícius Sztibe, da Ongame. Confira!

Vinícius Sztibe fala sobre Point Blank e seu público

Vinícius inicia a entrevista contando que faz muito tempo que trabalha com Point Blank e está satisfeito com o trabalho por ver o retorno tanto com os jogadores quanto com a comunidade que vai assistir os torneios. E que os eventos que produzem é sempre com foco ao público, buscando sempre entregar o melhor. Porém, enfrentam barreiras como questão de espaço, pois é comum ir muita gente.

Após ser questionado sobre como está a questão do público desde o lançamento do game até ascensão das novas modas como mobas, battle royale e grounds, Vinícius explica:

“O público diminuiu consideravelmente comparando ao período de alta. Agora tem muita coisa para se jogar. Mas ficou realmente quem gosta do jogo. Tanto que os times mudam bastante, mas algumas figurinhas sempre são as mesmas. São as pessoas que gostam muito do jogo, que sempre estão ali com a gente. Diminuiu, porém, filtrou.

É muito legal porque a gente trabalha para isso. Para que o jogo se mantenha relevante no mercado. É muito satisfatório ver ele ativo mesmo com tantas opções que aparecem. Principalmente sobre os nossos jogadores que todos os dias são bombardeados com jogos novos e mesmo assim continuam com a gente”.

Perguntando quais os fatores para os jogadores abraçarem com tamanha fidelidade o PB, o coordenador responde que a acessibilidade é o principal fator, já que muitos jogos grandes não demonstram a mesma acessibilidade que eles dão ao público brasileiro.

Eventos e a Seletiva PBIC

Ele também conta que o primeiro evento foi necessário estruturar tudo do zero num teatro alugado por um dia, no qual precisaram montar os computadores e uma estrutura de rede, mas felizmente deu tudo certo mesmo sendo bastante trabalhoso. E ver os resultados foi o que incentivou a fazer mais.

Sobre as expectativas ao evento de hoje da Seletiva PBIC, elas foram ultrapassadas, pois tudo deu certo e nenhum atraso ocorreu mesmo tendo uma partida a mais, pois além da seletiva está tendo a final da Liga Bala de Ferro.

Pelo repórter não deixar as raízes de publicitário capitalista, ele não perdeu tempo em perguntar sobre o público alvo de Point Blank,

“Quando as lan houses estavam em alta, PB era muito famoso. Naquela época o jogo era muito forte. E quem ia numa lan house não não tinham computador em casa ou não possuíam um PC conseguisse rodar. O público é esse que naquela época tinha as lan house como diversão alternativa e que invés de ficarem jogando bola, preferiam ir jogar”.

Ele também acrescentou o fator do game ser gratuito, leve até para computadores que atualmente são fracos, a agilidade do jogo e não ser algo complexo para jogar.

E sobre a final, Vinícius conta que quase sempre é os dois times que se enfrentam nas finais e mesmo assim é inesperado o resultado. Quando um perde, ele retorna mais forte e consegue a vitória na revanche, tornando essa rivalidade algo a ser acompanhado. Principalmente pelos dois times carregarem títulos mundiais nas costas.

Perguntando sobre os dois estarem constantemente nas finais, o entrevistado menciona que seria bom se tivesse outros times conseguindo isso, porém, eles são meninos que se dedicam e treinam várias horas antes de campeonatos e o ranking é algo que comprova pelo número enorme de kills, então se eles se dedicam e é merecido que continuem se confrontando nas finais.

Para finalizar

O entrevistado nos concedeu o calendário de Point Blank para esse final de ano:

  • 12 e 13 de Outubro será o mundial.
  • Em novembro até a metade de dezembro acontecerá uma copa aberta para fechar o ano.
  • Ano que vem, começará tudo de novo e sempre dividido em semestres.

Por curiosidade, Vinícius costuma jogar junto de amigos, contudo é o bom e velho gamer single player.

Quer saber o que mais rolou na Seletiva PBIC? Clique aqui.


Ajude o ÚltimaFicha de forma gratuita, clique aqui e inscreva-se no nosso canal do Youtube


Anderson Mussulino

Publicitário louco por toda a cultura geek. Redator do Última Ficha e apaixonado por jogos que vem da terra do sol nascente.
Botão Voltar ao topo
Fechar