Análise: Black Future 88 é um ótimo Roguelike

Será que consegue sobreviver aos 18 minutos mais tensos de sua vida?

Black Future 88 é o mais novo jogo no estilo Roguelike que irá te desafiar por muitos níveis e claro, irá morrer infinitas vezes.

Sem muito lenga lenga, assim como um bom Roguelike, pegue sua arma e vamos tentar sobreviver aos próximos 18 minutos em Black Future 88.

História

Por se tratar de um Roguelike, não espere uma história elaborada ou personagens marcantes. Aqui a ideia é pegar sua arma, matar seus inimigos e tentar não morrer no processo. Mas isso não quer dizer que o jogo não tenha história e a melhor descrição que posso dar é a oficial do jogo.

Black Future 88 é um shooter roguelike de ação com estilo neon-retrô que traz uma história alternativa e sombria de um mundo afetado por um cataclisma nuclear criado por Duncan, o arquiteto de uma torre de controle. A primeira de suas bombas caiu em 1988, bloqueando o sol com uma chuva perpétua desde então. Agora, o único tempo que importa é medido em minutos para viver. Como um dos últimos sobreviventes restantes, lute até o topo da torre para matar Duncan, antes que o seu coração exploda.

Lindas fases procedurais

De imediato o jogo te conquista pelo visual. Temos um mundo caindo aos pedaços com diversos inimigos ao longo da tela. Temos cidades, laboratórios, uma pseudo floresta no meio do concreto e muito mais. Isso sem contar com a linda iluminação.

Diversas vezes parece que está dentro do mundo de, por exemplo, Blade Runner – O caçador de androides. Não somente as fases são extremamente bem feitas, mas ao lutar por sua vida, você presenciará um “show” de tiros para todo o lado. Além disso, será possível interagir com as fases diversas vezes como, por exemplo, destruir uma luminária ou propaganda. Ainda existem coisas acontecendo no plano de fundo do mundo.

Um mundo tão rico e bonito e cheio de detalhes, acaba trazendo um problema na performance. A versão de review que recebemos foi de PC e senti algumas quedas de FPS (o jogo também será lançado para Nintendo Switch). Embora eu possua um notebook gamer da Dell com um uma GTX 2060, um processador I7 de oitava geração e 16MB de RAM, ele não foi forte o suficiente para rodar Black Future 88 de forma lisa.

Claro, muito possivelmente veremos um patch no lançamento que resolverá esse problema de performance.

Gameplay frenético e power up’s

Além do belíssimo visual, o jogo impressiona por seu gameplay completamente frenético. O jogo tem alguns comandos básicos como pulo, pulo duplo, andar, atirar e dash. E isso faria dele um jogo padrão e ok no máximo. Porém, Black Future 88 não se limita ao básico e insere alguns detalhes bem interessantes:

  • 18 minutos: Cada partida é única, pois ela dura exatamente 18 minutos que é o seu tempo de vida. Adicionalmente, cada nova tentativa é um novo mapa gerado proceduralmente.
  • Upgrades e upgrades amaldiçoados: Algo que irá mudar o ritmo de sua run serão os upgrades que fará. Ao longo da jogatina, será possível gastar tempo (seu bem mais valioso) ao fazer um novo upgrade. Será que vale a pena ou não? E qual será o upgrade que deve pegar? E claro que devemos pensar no upgrade amaldiçoado que lhe dará mais poder, porém, terá um risco maior.
  • Novas armas e personagens: Antes de iniciar sua run, você deverá escolher um entre cinco personagens – desbloqueáveis com o tempo – que tem pequenas diferenças entre eles. Ao longo da fase será possível achar diversas armas e sempre ir equipando elas. No geral, pode equipar duas armas ao mesmo tempo. Ou seja, irá experimentar muitas armas.

De forma resumida, o jogo é um tradicional Roguelike, mas onde suas escolhas irão mudar o gameplay e determinar ou não seu sucesso. O grande diferencial é colocar o limite de tempo e utilizar como umas moedas de troca para sua melhoria, o próprio tempo.

Motivos para continuar jogando Black Future 88

Além do que já foi falado e das inúmeras runs que sempre serão novas, graças a seu padrão procedural, existe mais um motivo para continuar jogando.

Graças a conectividade a internet, existirão desafios diários e uma leaderboard. Ou seja, será possível competir em um desafio além do jogo principal e ser o melhor entre seus amigos e no mundo todo. Esse jogo fará muito sucesso com os jogadores mais competitivos e os que querem sempre terminar no menor tempo.

E se não curte esse lance de ser competitivo no online, não se preocupe. É possível jogá-lo de forma cooperativa com seus amigos em casa!

Black Future 88 irá agradar os fãs de Roguelike

Visual, ambientação e gráficos - 10
Jogabilidade - 8.5
Diversão - 8.5
Áudio e trilha-sonora - 9

9

Compre e morra sem medo

Black Future 88 poderia ser mais um jogo de Roguelike do mercado, mas não é. Ele faz muito bem em tudo que se propõe e apresenta belos visuais com uma ótima trilha sonora e ação frenética. A "cereja do bolo" vai para a parte em que cada run dura por 18 minutos e para fazer upgrades em seu personagem, é necessário gastar esses minutos.

User Rating: Be the first one !

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo
Fechar