Análise: Sky Racket se inspira no passado e acerta no presente

Jogo BRASILEIRO é desafiador, inspirado em clássicos e vai te ajudar a passar o tempo na pandemia

Jogos brasileiros são sempre muito bem recebidos por nós. Todo o carinho possível é dado ao testar um novo jogo feito por naturais como a gente. E quando o jogo te surpreende, assim como Sky Racket, quando o jogo é bom, da gosto de escrever e compartilhar.

Através de uma raquetada da Double Dash Studios, o jogo veio voando para nosso home office (causada pelo Covid-19) com o objetivo de tirar todo mundo do tédio! Com mecânicas inspiradas em jogos do passado, uma arte linda, boa trilha sonora e dificuldade das antigas, Sky Racket pode ser o jogo ideal para deixar seus reflexos em dia mesmo ficando longos dias dentro de casa!

UM MIX DO PASSADO COM O PRESENTE

Sky Racket possui claras referências de jogos antigos. Sim, você tiozão acima dos 30 anos vai lembrar com poucos segundos de jogatina alguns jogos onde a Double Dash Sutdios se inspirou. Mas se sua memória estiver ruim eu te ajudo!

Lembra do Atari, o primeiro jogo, aquele que tinha uma barrinha, uma bolinha (na verdade um pixel quadrado) e blocos para quebrar? Sim, o Pong! Calma, espera ai, eu encontrei mais inspirações! Você se lembra de comandar uma nave espacial, lutando contra inimigos que adentram ao seu planeta? Voando livremente pelo mapa e atirando em tudo que aparece? Sim, Fantasy Zone!

Existem algumas outras referências sutis, como o início de cada cenário, a arte que apresenta o cenário lembra muito a arte que apresenta os cenários dos primeiros Sonic’s. Soma essa sopa de nostalgia, coloca uma raquete no lugar de uma nave espacial e BOOM, Sky Racket!

Todas as mecânicas inspiradoras são muito bem introduzidas para os tempos atuais. Gráficos, também inspirados nas artes do passado, casam perfeitamente com a harmonia do jogo. O carinho dessa mistura foi essencial para um gameplay viciante.

MECÂNICA E GAMEPLAY

Resumindo Sky Racket: você escolhe seu personagem, que flutua e voa pela tela com uma raquete. Durante o frenético gameplay, você deverá rebater projéteis dos inimigos. Os personagens também podem voar mais rápido e rolar no ar para desviar de algum ataque. Ah, pode jogar em dupla em um cooperativo local!

Existem alguns powerups e itens de vida que aparecem no meio da loucura total que Sky Racket proporciona. Em dados momentos serão diversos objetos e inimigos que você deverá acertar com suas raquetadas. Alguns só aceitam danos rebatendo ataques e outros você pode dar literalmente uma raquetada, batendo a raquete neles com toda a sua raiva.

O jogo possuí alguns mundos, os quais você vai avançando em níveis até chegar no vilão que dominando o local. As batalhas com os chefões seguem a premissa dos níveis comuns, a diferença fica para um bicho gigante que você deve derrotar com dedos rápidos!

VISUAL E TRILHA SONORA

Sou suspeito para falar do visual de Sky Racket. Sou fã de jogos que puxam para o pixel art, talvez por que este estilo marcou a minha infância lá no Mega Drive. Todo o jogo te relembra os jogos passados, mas com enorme qualidade. Tudo é muito bonito, colorido e principalmente, bem humorado. Tudo é pensado com humor, desde powerups, inimigos comuns do mapa e chefões.

Isso talvez seja o tempero principal do jogo, pois você sente empatia e se sente motivado a descobrir o que novos níveis e novos mundos podem revelar. Os efeitos especiais, na limitação do pixel art, são excelentes.

A trilha sonora segue também a linha do passado e te transportam pra loucura que é o gameplay. Desde o menu inicial, passando pelas músicas do menu e, claro, as trilhas sonoras dos chefões. Tudo parece ser produzido com muito carinho e em perfeita harmonia com o desenrolar do jogo.

CONCLUSÃO

Sky Racket é, definitivamente, um jogo para você ter em sua biblioteca do Switch. O fato de ser um jogo brasileiro (totalmente em PT-BR), extremamente caprichado e divertido, já deveria te convencer a ajudar o nosso cenário nacional. Mas Sky Racket é mais que isso.

Com inspirações em clássicos de primeira, o jogo consegue ser divertido, muito desafiador e extremamente carismático, tendo ponto alto sua arte. Sendo encontrado atualmente na casa dos 40-45 reais na loja da Nintendo, o jogo é sem duvidas uma excelente compra para um console que pode ser usado como portátil, fazendo suas viagens de metrô passarem voando de tanto morrer!

Sky Racket

Visual, ambientação e gráficos - 8.5
Jogabilidade - 7.5
Diversão - 8
Áudio e trilha-sonora - 7

7.8

Carismático!

Com inspirações em clássicos de primeira, o jogo consegue ser divertido, muito desafiador, divertido e extremamente carismático, tendo ponto alto sua arte.

User Rating: Be the first one !

Pedro Nogueira

Formado em Administração e em GunZ: The Duel. Nogueira une estas duas formações para administrar de forma única suas skills em jogos de tiro, adquiridas em anos jogados fora jogando The Duel. Além da supremacia em jogos de tiro, Nogueira é fã de jogos com história bem trabalhada e tem no sangue as habilidades de Dominic Toretto para jogos de corrida.
Botão Voltar ao topo
Fechar