Análise: Summer in Mara – As aventuras de Koa

Koa, uma pequena aventureira que possui sua própria Ilha.

Summer in Mara começou com um kickstarter em 2019 com uma premissa simples e divertida, com muita exploração, crafting e farming. Me lembro do primeiro trailer dele, que realmente transmitia a sensação que seria possível passar um tempo divertido e aproveitoso, devida a semelhanças para com Zelda Wind Waker, na parte de exploração e Stardew Valley na hora do farm e gerenciamento. Bem o tempo passou e quando chegou, bem, o verão foi longo até demais.

Summer in Mara

Summer in Mara 0

Em Summer in Mara, você é Koa, uma garota de onze anos que mora em uma ilha com sua avó, Yaya Haku (uma velhinha muito simpática por sinal). Koa durante o seu dia-a-dia cuida de sua ilha, explora o meio ambiente, reúne materiais, planta em sua horta, constrói ferramentas e outros itens em sua casa. Até que um dia ela encontra Napopo e decide usar seu barco para explorar outras ilhas, encontrando diversas pessoas, amigos e alguns inimigos ao longo de sua jornada.

Gameplay

A jogabilidade de Summer in Mara é uma mistura de frustração e felicidade ao mesmo tempo, é divertido visitar novas ilhas, falar com os personagens e coletar alguns materiais, mas o sistema de mapa não ajuda muito o jogador. Isso porquê não temos um indicador de onde estamos no mapa, fazendo com que às vezes você fique perdido na ilha. (Eu entendo que o jogo não precisa pegar na mão do jogador e apontar para o objetivo, pois, ele incentiva a exploração, mas depois de um tempo você fica nervoso. Não porque você não encontrou o personagem, e sim porque a Koa tem stamina (um fôlego) e sempre que a barra acaba você é teleportado para perto de um local de descanso. Onde muitas vezes quando você está perdido e chegando próximo a ele a Koa precisa parar para descansar.

O jogo é relativamente desafiador por conta de alguns itens, mas no final tudo vira meio uma corrida pelo dinheiro. Diversas vezes precisamos de dinheiro e Koa precisa vender seus itens ou completar as quests para consegui-lo – sendo que algumas lojas só estão abertas em determinados horários, fazendo com que o jogador precise voltar para o local de descanso para poder acessar tais lojas novamente. O jogo possui centenas de quests na maioria delas repetitivas tornando o caminho para casa extremamente frustrante, pois a Koa só consegue construir e plantar em sua ilha. Tem certos itens de progressão que você só consegue quando finaliza uma side-quest, deixando tudo um pouco confuso, já que não podemos seguir direto para as missões principais. O jogo possui um sistema de fast travel para a cidade, mas você precisa pagar por ele. Além disso, em minha opinião, o jogo poderia ter mais pontos de fast travel.

A parte marítima é bonita, mas nada espetacular e não dá muita opção para o jogador fazer algo. É somente um caminho até o próximo objetivo. As ilhas em grande maioria, são bem desertas e às vezes possuem um visual legal, mas não dá vida o suficiente ao local. A movimentação do barco é relativamente boa, parece mais um jet-ski em forma de barco, mas como mencionei acima, o fato de ir e voltar o tempo todo de sua ilha torna frustrante ainda mais que o jogo não possui um piloto automático.

Visual, Gráficos e Áudio

O visual do Summer in Mara é bom, possuindo algumas cinemáticas orgásmicas e um estilo de arte bem bonito. A dublagem é relativamente simples, focada mais em passar a emoção dos personagens. Os diálogos são todos em conversas 2D, possuindo bastante carisma e dando vida aos personagens principais.

Summer in Mara 3

O gráfico no Switch fica um pouco borrado tanto no modo portátil quanto na TV. O jogo possui alguns bugs de renderização e alguns raros de câmera, mas nada que atrapalhe o jogo. E acreditamos que sejam resolvidos em uma atualização futura. O Áudio e as músicas são boas passando a sensação ao jogador de infância de aventuras durante o verão.

Leia Mais

Conclusão

Summer in Mara não é perfeito, pois, embora seu enredo seja interessante ele não aprofunda muito, ele chega a ser bem lento e requer bastante vontade para continuar. Mesmo sendo bem repetitivo, seu visual bonito e interessante consegue passar uma sensação de calma para o jogador, enquanto navega entre as ilhas, sendo indicado para aqueles que procuram um jogo bem tranquilo, sem grandes preocupações.

Summer in Mara 4

Summer in Mara já está disponível a partir do dia 16 para PC via Steam e Nintendo Switch.

Quer comprar um jogo novo ou usado com desconto? Confira aqui o nosso parceiro Big Boy Games e use o cupom ULTIMAFICHA para ganhar desconto adicional!

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Summer in Mara - As aventuras de Koa

Visual, ambientação e gráficos - 6.9
Jogabilidade - 6.2
Diversão - 5.8
Áudio e trilha-sonora - 6.5

6.4

Bom

Summer in Mara é um jogo simples e divertido de se jogar, mesmo sendo repetitivo. Mesmo tendo uma duração bem longa para o plot, o jogo consegue ser bem aproveitoso para se passar o tempo e aproveitar sua arte.

User Rating: Be the first one !

Botão Voltar ao topo
Fechar