Observation e The Messenger chegam para Xbox One

Os títulos chegarão no dia 25 de junho.

A editora Devolver Digital e o desenvolvedor No Code lançarão o Observation for Xbox One em 25 de junho, a confirmação veio de uma listagem da Microsoft Store. E não acaba por ai, a Devolver Digital com a desenvolvedora Sabotage Studio também vai trazer o The Messenger, que chega no mesmo dia e também consta na mesma lista.

Observation

Observation foi lançado para PlayStation 4 e PC pela Epic Games Store em maio de 2019, seguida pelo Steam em maio de 2020.

Confira uma visão geral, retirado da Microsoft Store :

Sobre

Observação é um thriller de ficção científica que descobre o que aconteceu com a Dra. Emma Fisher e a equipe de sua missão, através das lentes da inteligência artificial da estação. Os jogadores do SAM assumem o papel do SAM operando os sistemas de controle, câmeras e ferramentas da estação. ajudar Emma a descobrir o que está acontecendo com a estação, a equipe desaparecida e o próprio SAM.

Características principais

  • Você não está na estação, você é a estação.
  • Combina aventura narrativa, quebra-cabeças, exploração e horror existencial cósmico.
  • Descubra a verdadeira natureza de si mesmo, sua equipe e o misterioso hexágono sempre presente em Saturno…

Leia mais:

The Messenger

The Messenger foi lançado pela primeira vez para Switch e PC via Steam em agosto de 2018, seguido pelo PlayStation 4 em março de 2019.

Confira a visão geral do jogo, através da Microsoft Store :

Sobre

Como um exército de demônios sitia sua vila, um jovem ninja se aventura em um mundo amaldiçoado, para entregar um pergaminho primordial para a sobrevivência de seu clã. O que começa como um jogo de plataformas de ação clássico logo se desdobra em uma extensa aventura de viajar no tempo, cheia de emoções, surpresas e humor.

Características principais

  • Jogabilidade dinâmica, acrobática e controles ultra apertados dignos de uma aventura épica ninja.
  • Atualizações de personagens, novas habilidades, níveis ocultos e caminhos ramificados a serem descobertos.
  • Sprites, animações e planos de fundo de 8 e 16 bits meticulosamente projetados, no espírito dos clássicos.
  • Um elenco memorável de vilões, chefes e associados.

Felipe Cabral

Querendo ser o melhor em tudo não consigo ser bom em nada. Totalmente viciado em games desde a infância e fã de grandes títulos como Chrono Trigger, The Witcher 3 e Last of Us. Adora um desafio e sustenta com orgulho suas platinas em jogos como Bloodborne e Dark Souls.
Botão Voltar ao topo
Fechar