Preview: Dirt 5 surpreende, é divertido e lindo

Confiram nossas primeiras impressões

Dirt é uma série clássica de corrida voltada para o mundo do Rally e, depois de muito tempo, a série retorna para jogos como Dirt 2 e Dirt Showdown em Dirt 5. Mas o que isso quer dizer?

Ao invés de ser aquele simulador de corrida super realista focado em fazer o melhor tempo entre dois pontos (com Dirt Rally 2.0 sendo o ápice da série), em Dirt 5 temos algo bem mais arcade, inclusivo e incrivelmente divertido. Confiram abaixo nossas primeiras impressões do jogo que será lançado para Xbox One, PlayStation 4 e PC no dia 9 de Outubro e também será levado ao Playstation 5 e Xbox One Series X.

Quer comprar um jogo novo ou usado com desconto? Confira aqui o nosso parceiro Big Boy Games e use o cupom ULTIMAFICHA para ganhar desconto adicional!

Ainda não vimos o modo campanha que promete muito

Uma das grandes promessas de Dirt 5 é que ele terá um modo extremamente ambicioso, que contará com a narração das lendas Troy Baker e Nolan North e terá mais de 130 eventos. Vocês podem conferir mais detalhes sobre esse modo aqui.

Embora este modo não tenha sido disponibilizado nessa alpha, tivemos a oportunidade de falar com Robert Karp, o Diretor do jogo e com Mike Moreton, Leader game design. Eles mencionaram que embora não tenham compartilhado muitas informações, estão muito animados com esse modo e que o mesmo será um grande diferencial para expandir a experiência.

Uma informação muito legal é que embora o modo campanha tenha mais de 100 eventos, você não precisará fazer tudo para avançar. Caso não goste de algum dos muitos estilos que o jogo trará, será possível simplesmente pular o que não gosta e focar no resto. Esse modo contará também com um certo nível de customização (ainda não revelado), será possível deixar o carro com sua cara e poderá escolher patrocínios do mundo real. Um evento futuro será feito para revelar tudo sobre esse modo que parece ser inovador.

Dirt 5, suas pistas e o maravilhoso sistema de mudança de tempo

Sendo muito honesto, quando eu fui jogar essa Alpha de Dirt 5 eu pensei que iria ser uma experiência apenas “ok”, pois não sou fã do estilo de Rally. Porém, eu fui duplamente surpreendido positivamente.

A primeira foi com seu estilo arcade que torna o jogo extremamente divertido. Existe a necessidade de saber fazer drift e de controlar o carro, afinal todas as pistas são de lama/terra. Porém isso ainda não é motivo para um grande destaque.

O que acabou me deixando de queixo caído foram as pistas e o incrível sistema de mudança de tempo. Por exemplo vamos pegar a pista do Brasil que se passa na Floresta da Tijuca. A pista em si é cheia de referências a floresta, ao corcovado, ao cristo e até algumas construções lembrando uma favela. Além de ser rica em detalhes, ela é um circuito muito interessante. Mas é apenas um circuito.

Mas e se chover muito e transformar tudo em lama? Isso acontece e simplesmente a pista se transforma, mudando completamente a forma de dirigir. Ou então que tal tentar o circuito a noite? Tudo fica um grande breu e é muito complicado de ver aonde será a próxima curva. Isso faz com que você tenha que mudar sua maneira de dirigir, além de ter um lindo aspecto visual.

A pista da Noruega também chama muito a atenção, pois uma de suas variações traz uma tempestade de neve e muitos trovões. Isso muda a dinâmica do jogo e aumenta a dificuldade. Inclusive essas mudanças podem fazer com que perca diversas posições na corrida se não estiver preparado.

Escort tunadão! Favorito dos brasileiros

Conferindo os carros

Nesta Alpha nós tivemos acesso a quatro classes de carro: Sprint, 90´s Rally, Super Light e Cross Raid. Como é de se esperar, além das mudanças no tempo que muda a pista, a escolha do carro muda completamente como você irá concluir o desafio.

  • 90´s Rally – Essa é a classe mais equilibrada de todas. Os carros são clássicos do início da década de 90 e conta com Escort, Lancer Evolution e Subaru. Por serem carros semelhantes, existe pouca diferença entre eles.
  • Super Light – como o nome já diz, essa é a classe light. Quanto mais poder seu carro tiver, mais rápido ele disparará na frente. Mas isso também irá exigir mais controle do seu lado na hora das curvas, frenagem e aceleração.
  • Cross Raid – Eu chamo de classe tanque. Os carros são pesados e variam entre a potencia de seu motor. Assim como os outros carros, ele tem uma dirigibilidade única.
  • Sprint – Essa classe irá dividir os jogadores. Essa nova classe irá colocar o jogador em um carro extremamente leve com 900 cavalos de força. O circuito será somente oval e o grande desafio será controlar o drift para chegar primeiro.

No geral os carros me agradaram muito (tirando a classe sprint que não me atraiu nem um pouco).  É bacana ver como a escolha do carro afeta como irá dirigir em uma pista. Nessa experiência inicial, eu preferi controle do carro por força bruta e sempre que podia, escolhia a tração 4×4.

Novidades sobre Dirt 5

Além de tudo que vimos até aqui, o jogo está confirmado para a nova geração com suporte a 4K, 120 FPS. Robert Karp nos falou que estão avaliando se irão implementar a tecnologia de Ray Tracing. É algo que está sendo avaliado. Algo que também mencionaram é que o novo controle do Playstation 5 é maravilhoso em especial para os jogos de corrida e estão animados com essa melhora no feeling para a próxima geração.

Outra coisa que foi falado em nossa entrevista tanto pelo Robert Karp como por Mike Moreton, é que Dirt 5 contará com inúmeras pistas. A sua proposta final será entregar 10 localidades. Essas localidades terão algumas variações, incluindo pista reversa. Isso fará com que tenha muito conteúdo para nos divertimos.

Outra informação que nos foi compartilhada é que essas mudanças climáticas em Dirt 5 terão uma espécie de relógio que pode ser ajustado. Por exemplo, caso comece uma corrida no fim da tarde, o tempo passará de forma real para a noite. Porém, isso pode ser alterado para acelerar o quanto quiser. Isso fará com que possa ter inúmeras mudanças na pista no tempo que desejar.

Outra coisa legal que falaram sobre esse sistema é que eles seguirão as temporadas reais como Primavera, verão, Outono e inverno. Por exemplo, não irá nevar caso esteja correndo no verão. Caso esteja correndo na Primavera, a pista terá as árvores floridas. Caso corra no Outono, as folhas estarão espalhadas pela pista. Isso sempre trará um novo apelo visual para o jogo.

A minha experiência com o jogo foi essa. Por estar em Alpha, não tenho como avaliar a performance do jogo, iluminação e nem os menus. Muito será melhorado até seu lançamento no dia 9 de Outubro. E vale dizer que se a tendência é melhorar o que já conferimos, fico muito animado com o que poderemos ver quando estiver completo.

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo
Fechar