Análise: A Interesting Journey of Monsieur PAF é bom, mas…

Jogo indie da desenvolvedora Ernestine te fará queimar vários neurônios.

Desenvolvido pela Ernestine e distribuída pela Plug In Digital, A Interesting Journey of Monsieur PAF é um jogo de plataforma isométrico de puzzles, o jogo está disponível para PC via Steam.

A Ernestine é um estúdio indie francês de desenvolvimento de jogos: Nossa experiência, forjada na criação de jogos sérios, nos leva a questionar o meio interativo, suas culturas e seus modelos econômicos sem perder de vista a qualidade de jogo e sua narrativa.”

A simples história do Monsieur PAF

Monsieur PAF é um arqueólogo muito forte, isso é notável pelo corpo musculoso. Em um belo dia ele e um companheiro (que não teve o nome revelado) encontram o templo de Rispaune onde o mesmo estaria inexplorado ainda. O grande problema é que logo na entrada do templo o seu “querido” companheiro se escora em uma pilastra e ela despenca, Monsieur PAF por ser muito forte impede que a demolição atinja seu amigo porém seu amigo como “agradecimento” abandona PAF dentro do templo, deseja boa sorte e vai embora.

Aí começa o jogo e o templo de Rispaune é o local onde habitava uma civilização antiga e agora Monsieur PAF terá que encontrar uma forma de escapar do templo. Para isso você precisará encontrar artefatos que irão abrir as portas para acessar novas áreas que possuem elementos diferentes de dificuldade até encontrar a saída.

O jogo peca na Jogabilidade

Por ser isométrico, os controles do jogo são bem confusos e até que você pegue o jeito de jogar vai te trazer alguns bons minutos de irritação. As configurações dos comandos ficaram bem confusas no teclado e recomendo que você desative a função isométrica para que esses comandos fiquem um pouco mais amigáveis, mas o fato é que para andar em linha reta você precisará segurar duas teclas ao mesmo tempo e isso me parece bastante confuso.

Controles do jogo.

Se você tiver um joystick para utilizar ficará bem mais fácil, lembrando que a Steam tem suporte para uma série deles, recomendo fortemente que você utilize um pois a sua experiência de jogo será outra e os momentos de raiva se tornarão mais felizes.

Na página do jogo na Steam diz que o jogo não possui o suporte para o PT-BR mas temos sim a tradução para nossa língua nativa. Só que fará pouca diferença já que a jornada de PAF é totalmente solitária e o jogo não possui diálogos, mas ressalto e elogio a Ernestine por ter tido esse cuidado com a gente.

E como funciona os puzzles?

Existem diversos deles, mas basicamente será exigido do jogador somente muita observação já que o cenário dá dicas de como resolver os problemas, como por exemplo pular em determinadas plataformas, tomar os melhores caminhos, quebrar as pedras corretas para fazer uma escada ou arremessar objetos para que você possa subir em algo, ou fazer com que a plataforma desça acrescentando peso nelas.

Como o jogo é divido em áreas, cada área que você passa você aprender uma “habilidade” diferente. Por exemplo na primeira parte quando desvendar todos os puzzles você conseguirá acionar um botão que faz com que tudo volte no tempo e fique como estava antes de você mexer, já em outra área você consegue quebrar socando os blocos vermelhos.

Mas falemos dos gráficos de A Interesting Journey of Monsieur PAF

Os gráficos são bem bonitos, dá para ver que o jogo foi bem desenhado e segue a proposta de jogos com imagens simples, mas tem boas cores, bem vivas, que encantam os olhos e também possui boas animações quando encontramos algum objeto em movimento ou precisamos movimentar/quebrar algo.

Apesar de parecer bem simples, isso não incomoda já que sabemos que nem sempre gráfico é sinônimo de diversão. Se a sua preferência for por jogos lindos para rodar na qualidade Ultra em seu monitor de 50′ polegadas a jornada do nosso Monsieur PAF não é um jogo que vai colocar isso a prova.

Trilha e os efeitos sonoros de A Interesting Journey of Monsieur PAF

Aqui também ficou claro que a empresa optou pela simplicidade, o jogo possui em alguns momentos uma música de fundo que pode indicar uma certa tensão apesar do jogo não ter isso, ser somente puzzles.

Os movimentos que o Monsieur PAF também tem os seus efeitos sonoros, como a caminhada, pulo e quando ele precisa socar as coisas. Senti falta de um efeito quando ele levanta os objetos, acho que ficou esquecido e é uma ação que exige esforço, fica a dica para atualizações futuras.

Conclusão

Monsieur PAF faz parte de um gênero muito específico de jogos. Para uma empresa indie, que está começando a jornada no mundo dos games, a Ernestine está de parabéns. O estúdio claramente teve zelo e criatividade em desafiar os jogadores com bons puzzles e me fez passar um bom tempo preso em determinados locais.

Por ser um jogo casual e pelo preço acessível, acho que vale o invesimento em Monsieur PAF para os amantes de desafios e para quem gosta de “quebrar a cabeça“.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

A Interesting Journey of Monsieur PAF

Visual, ambientação e gráficos - 7
Jogabilidade - 6
Diversão - 7
Áudio e trilha-sonora - 7

6.8

Mediano

Para quem gosta de desvendar bons puzzles é uma excelente pedida. Tem bons quebra-cabeças e um preço bem acessível sem contar que estará ajudando uma nova empresa no mundo dos jogos.

User Rating: Be the first one !

Felipe Cabral

Querendo ser o melhor em tudo não consigo ser bom em nada. Totalmente viciado em games desde a infância e fã de grandes títulos como Chrono Trigger, The Witcher 3 e Last of Us. Adora um desafio e sustenta com orgulho suas platinas em jogos como Bloodborne e Dark Souls.
Botão Voltar ao topo
Fechar