Análise: Star Renegades é um ótimo RPG

Jogo remete aos clássicos dos anos 90, mas com um sistema punitivo

Quando joguei Star Renegades pela primeira vez para fazer o preview do jogo, fiquei extremamente animado com o que vi, pois era uma carta de amor aos RPG’s da década de 90 em 16 bits como Cronno Trigger e Final Fantasy 6. E agora que pude jogá-lo em sua versão final, simplesmente fiquei encantado com o jogo.

Confiram a seguir nossa opinião do jogo que já estará disponível para ser comprado a partir de hoje, dia 8 de Setembro via PC Steam. Vale dizer que ele infelizmente não possui legenda em PT-BR.

Star Renegades é um baita RPG

Em Star Renegades você viverá em um mundo onde foi invadido pelo Imperium e foi completamente destruído. Como não há mais o que fazer, um cientista super inteligente envia o avançado e simpático robô J5T-1N para uma nova dimensão que não foi invadida pelo inimigo. Isso dará ao povo tempo e conhecimento para se preparar e combater essa invasão.

No geral o jogo se passará em três mundos onde deverá evitar as respectivas invasões e no fim, deverá invadir a nave mãe do Imperium para acabar de uma vez com essa ameaça que pretende constantemente invadir todas as dimensões possíveis.

E quem são os heróis? Eles serão renegados que com a medida que vai evoluindo no jogo irão se juntando ao seu grupo e podendo controlar no fim até 5 personagens na luta. Ao invés de empurrarem um time fechado e um herói ou heroína, aqui você poderá montar sua equipe do jeito que quiser e irá descobrir a motivação e história dos personagens com o tempo. Inclusive caso coloque personagens conhecidos, você poderá contar com diálogos exclusivos.

E ainda para fortalecer esses vínculos, entre os dias de suas missões você ficará com todos em um acampamento e poderá trocar cartas e aumentar o vinculo de amizade, o que fará com libere conversas únicas.

Star Renegades também é um baita Roguelite

Sim, você não leu errado. Além de ser um RPG, Star Renegades também é um jogo de Roguelite onde caso morra voltará ao início e perderá quase tudo que conquistou, mas isso dentro de um universo de RPG clássico.

Por ser um Roguelite e não Roguelike, a medida que vai evoluindo no jogo e matando os adversários, você ganhará diversos pontos que poderão ser gastos quando morrer. Inclusive o jogo se utiliza de sua temática de diversas dimensões para não dar um game over, mas sim enviar o robô J5T-1N para uma nova dimensão. Ao utilizar esses pontos, será possível desbloquear novos personagens assim como novas e melhores habilidades e armas que já lhe darão uma ajuda no inicio de sua próxima partida.

Entre as dimensões tem esse cachorrinho revoltado!

Também fazendo uso desse estilo, o jogo possui um sistema muito parecido ao Nemesis que vimos em Shadow of Mordor. Caso um inimigo te derrote, ele será promovido e voltará mais difícil em sua próxima tentativa. Além disso, vale a curiosidade que diversos capitães e comandantes podem simplesmente fugir da luta por estarem com medo de morrer.

E para fechar a parte focada no Roguelite, tenho que falar dos mapas criados de forma procedural. Eles sim mudam a cada nova tentativa, mas não é nada demais. O que é realmente interessante no mapa é que você pode escolher para onde quer ir e os movimentos são limitados, assim como as recompensas. Ou seja, saiba para aonde está indo para pegar o melhor item ou melhora que queira para sua equipe.

Embora tudo seja muito interessante, tenho que fazer um alerta. Ao colocar esses dois sistemas juntos, eles podem ser muito punitivos. Afinal não estamos falando de um tradicional Roguelite de duas a três horas. Estamos falando de um RPG que pode demorar cerca de 8 horas para chegar no último chefão e ter que voltar tudo do início. Embora tenha amado o jogo, senti esse baque quando morri faltando duas lutas para zerá-lo. Isso se acentua em especial quando invade a nave mãe, pois o jogo adiciona ainda mais um fator que irá lhe prejudicar e acaba sendo um tanto injusto.

As mecânicas de luta

Existem duas coisas a serem faladas sobre a luta e embora ela seja de turnos, é bem mais complexo do que víamos nos anos 90.

O primeiro tópico da luta é sua beleza visual. O jogo se transforma e temos incríveis gráficos e animações feitas em pixle art. É simplesmente lindo tudo o que está em sua frente e sempre mostra diversos cenários com profundidade, muitas camadas e uma iluminação sublime.

Agora falando da luta em si, o jogo possui uma linha do tempo onde pode ver que inimigo fará que ação e contra qual de seus personagens. Através dessa linha você poderá ver qual inimigo pode ser atacado e em que momento e com qual golpe. Isso acontece por dois motivos. O primeiro é que cada inimigo possui um número nele que é a quantidade de ataques que pode levar até ser “chutado” para fora do turno. Além disso, cada golpe tem uma característica única como leve, normal, pesado e outros.

Isso com o avançar do jogo, inimigos, aliados e novas habilidades irá lhe dar um grande e complexo leque de opções a cada turno. O interessante é sempre maximizar o número de ataques com os tipos corretos de ataque antes que seus inimigos possam lhe atacar para minimizar os danos.

E claro, imagine isso com 5 personagens únicos no time? Cada ação é um verdadeiro e delicioso jogo de xadrez.

Conclusão

Star Renegades é incrível em diversos pontos. Não somente tem gráficos lindos em pixle art, uma boa e enérgica trilha sonora e uma história extremamente interessante, como tem um combate extremamente desafiador. Acredite em mim, quando você derrotar um chefão, se sentirá um verdadeiro vencedor!

E curiosamente essa mistura de RPG com Roguelite funciona e teve diversas decisões em seu game design que faz muito sentido por essa combinação. Claro, vale alertar que o jogo sabe ser punitivo caso você perca uma luta, em especial na parte final. Se tenho uma crítica negativa, fica para uma dificuldade extra e desnecessária que é imposta no último mundo.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Star Renegades funciona tanto como RPG como Roguelite

Visual, ambientação e gráficos - 9.5
Jogabilidade - 9
Diversão - 9
Áudio e trilha-sonora - 8.5

9

Fantástico

Star Renegades consegue unir dois gêneros distintos e ao mesmo tempo entrega um excelente RPG clássico com elementos de Roguelite que dão mais sentido a história e ao mundo. Se não se preocupa em ter que refazer sua aventura em um excelente RPG caso morra, não há o que temer.

User Rating: Be the first one !

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo
Fechar