Atualização 8.3 chega ao PUBG durante fase final da Season 8

Novo sistema de transporte, ampliação do sistema de assistência e um item para não morrer na zona azul fazem parte das novidades!

A atualização 8.3 chegará ao PLAYERUNKNOWN’S BATTLEGROUND (PUBG) a partir da segunda metade de setembro com diversas novidades de gameplay para aproveitar o final da Season 8, que termina em 13 de outubro. Com a 8.3, serão adicionados um item que impede que o jogador receba dano da zona azul, um novo sistema de balsa para o mapa Erangel e duas novas fases no modo Team Deathmatch para Sanhok.

  • Jammer Pack: agora disponível para os modos não ranqueados dos mapas Karakin e Sanhok,  o pacote permitirá que os jogadores não tomem dano quando estiverem na zona azul por um curto período de tempo – tudo isso, no entanto, ao custo de uma mochila de nível 3. Cada mochila terá sua energia reduzida ao longo do tempo e, ao final, se tornará uma mochila normal.
  • Balsas de Erangel: O mapa mais conhecido de PUBG, Erangel, receberá uma melhoria para seu sistema de trânsito com a chegada de balsas que vão do continente até a ilha de Sosnovka. Cada uma das balsas ficará estacionada em uma das docas por um curto período de tempo até partir para mais uma viagem.
  • Atualizações diversas de gameplay: Sobreviventes perceberão que o novo sistema de assistência foi expandido para além do modo ranqueado. Foram adicionados indicadores de combate da equipe para facilitar saber quando um colega está em apuros.

Atualização 8.3 do PUBG chega à versão de PC em 16 de setembro e aos consoles no dia 24 do mesmo mês. No entanto, já é possível checar as novidades por meio do servidor de testes, para PC a partir de hoje.

Para saber mais sobre o PUBG, acesse o site oficial ou siga as redes sociais do jogo no FacebookTwitterInstagram e YouTube.

Para mais noticias e novidades sobre o mundo dos games não deixe de navegar no nosso site Última Ficha!

Paulo Everton

Gamer, Gaymer e muito orgulhoso! Descobri os videojogos com 7 anos de idade, de lá para cá foi uma ladeira sem fim, horas gastas em frente a televisão e muita, mas muita mesmo, história para contar, vivi tantas vidas quanto consigo me lembrar, e quer saber? É muito bom não ser a si mesmo!
Botão Voltar ao topo
Fechar