Análise: Memories of Fireflies

Mais um indie brasileiro para você ficar de olho!

Memories of Fireflies é um jogo desenvolvido pela Smart studios e distribuido pela Smart Flix. O jogo é um indie brasileiro e como foi falado nessa matéria: “Memories faz parte do processo de consolidação da Smart Studios, vertente da escola de tecnologia Smarttech, como referência tanto na capacitação profissional no ramo da computação gráfica, quanto na produção e expansão do mercado de desenvolvimento de jogos nacionais. A produção do título ficou a cargo da GamePlan, que recentemente também foi responsável pelo lançamento do Ever Forward, da Pathea Games, na América Latina”.

No jogo, você passa dentro do psicológico de uma criança e, enquanto jogamos, percebemos traumas e medos de seu passado. O jogo vai incluindo, bem suavemente, em sua narrativa ou durante as fases e você vai entendendo um pouco melhor as memórias da criança – mas nem sempre essas memórias são lineares e fáceis de entender.

O jogo faz jus ao termo “fantasia sombria”, os aspectos do jogo são realmente sombrios e te deixam bem tensos durante a gameplay.

Gameplay de Memories of Fireflies

A gameplay do jogo é bem simples: Memories of Fireflies é um jogo de plataforma 2.5D que mantém as premissas de qualquer jogo de plataforma, como pular e correr, um diferencial bem legal é a parte “stealth” do jogo, aonde você não pode deixar os inimigos te ver nem ouvir. Alias. ser pego por qualquer inimigo ou adversidade nesse jogo é insta-kill, ou seja nada de querer sair rushando pelas fases. Você vai ter que ter paciência, estudar as fases para progredir no jogo, além de vários quebra-cabeças que você terá que resolver durante sua jogatina.

Um aspecto bem legal e um diferencial é a mecânica do cristal, com ele você consegue destruir objetos (se o mesmo estiver carregado com vaga-lumes) e ativar os totens que tem pelo cenário. Cada totem tem um poder próprio, um pode te teleportar para outra parte do mapa, outro lança um raio que mata os inimigos, outro move objetos e um até mesmo para salvar o seu jogo.

Se você ja jogou Little Nightmares, Inside e jogos deste estilo, aqui temos um jogo brasileiro que parece ter se inspirado nesse estilo plataforma com uma história dark para contar.

Gráficos e trilha sonora

Os gráficos são bem trabalhados no estilo voxel, e os “cubos” que compõe a arte são bem sutis – você até consegue esquecer que ele é baseado nesse estilo de gráfico. A ambientação do jogo é outro ponto positivo, o suspense que ele deixa através de seus efeitos e arte visual impressionam. Tudo isso regado em uma bela narrativa.

A trilha sonora, por sua vez, é bem interessante e complementa a ambientação que citei acima, a música é bem trabalhada e deixa o jogo com uma atmosfera bastante sombria e com bastante suspense.

Conclusão – Memories of Fireflies

Memories of Fireflies é um belo jogo no estilo fantasia sombria que cativa o jogador com sua narrativa, quebra-cabeça,s ambientação e desafios. Seus gráficos no estilo voxel foram bem trabalhados e sua gameplay é uma boa escolha para quem gosta deste estilo.

Apesar de ter seus pontos positivos, Memories of Fireflies não inova se comparado com outros jogos do estilo e tem algumas falhas técnicas e de física. Porém, se gosta do gênero e quer fomentar o mercado nacional (o que é, com certeza, um ótimo motivo) não deixe de conferir Memories of Fireflies.

Memories of Fireflies

Visual, ambientação e gráficos - 6
Jogabilidade - 7
Diversão - 7
Áudio e trilha-sonora - 7

6.8

Bom

Um ótimo indie brasileiro no estilo plataforma 2.5, que vem para cativar com seu estilo sombrio e seus quebra-cabeças.

User Rating: 3.9 ( 1 votes)

Felipe Gago

Ama um game retrô mesmo sendo da geração do Play 1/2. Fã de Pokémon, LoL, CS:GO e Bomba Patch, ainda está em busca de um jogo competitivo que não o chamem de noob.
Botão Voltar ao topo