Preview: Little Nightmares II é deliciosamente tenso

Já conferimos oo inicio do jogo e gostamos do que vimos

Tivemos a oportunidade de jogar antecipadamente o novo jogo de terror da Bandai Namco, desenvolvido pela Tarsier Studios: Little Nightmares II. Será que o mais novo jogo da franquia irá superar o primeiro? Confiram aqui nossas primeiras impressões.

Little Nightmares II tem previsão de lançamento no dia 11 de Fevereiro para PS4, Xbox One e PC. Uma versão melhorada para PS5 e Xbox Series será lançada como upgrade gratuito ainda em 2021.

Little Nightmares II e uma ambientação maravilhosa

Assim como falamos em nossa primeira análise de Little Nightmares I, agora em Little Nightmares II temos um novo mundo macabro para explorar e correr de diversas assombrações e inimigos estranhos que deixam sua imaginação a mil quando se fala de pesadelos.

Nessa prévia nós pudemos experimentar as duas primeiras fases do jogo. Na primeira fase temos que correr de um caçador sanguinolento e na segunda estamos em um colégio repleto de crianças travessas e uma professora extremamente rígida e assustadora.

A ambientação é absolutamente sublime e a trilha sonora deixa tudo muito mais sinistro. Muitas vezes me senti ansioso em um segmento para não ser pego e sem saber o que viria nos próximos passos. Me deu uma ansiedade no mesmo nível que tinha nos primeiros Resident Evil, mas sem a opção de atirar nos inimigos.

A câmera chamada de “visão de casa de boneca” dá uma imersão muito boa e toda a fase é extremamente bem trabalhada com cada um desses pesadelos. Enquanto na primeira fase mesclamos fuga e furtividade, a segunda fase foca na furtividade como na possibilidade de acabar com seus colegas de classe.

É tudo simplesmente muito bem feito e bonito de um jeito macabro. Uma boa notícia para os PC gamers é que o jogo está altamente otimizado e com minha RTX 2060, fui capaz de rodar sempre no Ultra a 140 FPS.

Puzzles em dose dupla

A grande novidade que vimos nessa prévia de Little Nightmares II, é que ao invés de apenas um personagem (Six) teremos dois, Six e Mono. Sem muitas pistas do que está acontecendo, as duas crianças deverão fugir desse mundo sombrio e distorcido.

Para tal, será possível exercer comandos básicos como correr, andar silenciosamente, pegar objetos, pular e mais. Por mais que os comandos sejam básicos, os desafios são literalmente jogados à sua frente e sem lhe dar as tão usuais pistas, te tirando da zona de conforto. Isso é muito interessante, pois eleva o nível de dificuldade. Felizmente pelo jogo ter sido refeito do zero, o loading do jogo após uma morte está super rápido e a frustração será mínima.

Caberá a você aguçar seus sentidos e também morrer muito para saber quais são as armadilhas e como superá-las. Muitos dos puzzles serão resolvidos em dupla, seja tanto ao mesmo tempo, como pular em um chão já quebrado, como trabalharão em conjunto onde um distrairá o inimigo e você o pega por trás.

É importante dizer que por mais que essa jogabilidade em dupla seja a novidade, existem segmentos onde jogará sozinho. Six, que será controlada via inteligência artificial, lhe dá boas dicas e pelo que pude ver inicialmente ela é muito bem feita dando credibilidade ao personagem.

Locomoção truncada

Acredito que a única parte que deixa a desejar em Little Nightmares II é em sua locomoção e a sensação de profundidade. A proposta do jogo é ser no estilo plataforma em 2D, porém, é possível fazer uma movimentação 3D no cenário que muitas vezes é desnecessária.

Em diversos segmentos eu morri por achar que estava em um ponto que poderia estar e simplesmente eu colava na tela. A sensação de profundidade passada é simplesmente errada e tem que melhorar. Me recordo até de um puzzle muito simples que demorei minutos para entender que precisava empurrar um carrinho mais para cima, pois a profundidade da câmera não deixava isso claro.

É importante frisar que a sensação de imersão com a câmera é excepcional, porém, algumas frustrações irão ocorrer ao achar que está do lado de uma porta, mas na verdade terá que mover seu personagem um pouco para cima ou para baixo.

Little Nightmares II começou bem

No geral, essa prévia de Little Nightmares II foi extremamente positiva. Temos ambientes sinistros e ricos em detalhes, com inimigos que realmente lembram um pesadelo. Tudo tem que ser feito com muita cautela e a adição de um segundo personagem foi bem vinda. Inclusive, destaco a boa IA de Six que lhe ajuda em sua aventura sem ser exagerada. Tudo isso é complementado com uma trilha sonora que cai como uma luva no jogo e ajuda a melhorar ainda mais a ambientação.

A crítica fica para a câmera que em alguns momentos não passa a profundidade correta e você acaba cometendo erros básicos. Espero que esse erro seja consertado até o lançamento do jogo em Fevereiro que ai sim será um pesadelo quase perfeito.

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo