Patente da Sony transforma bananas em controles

Teremos que ver se isso dá frutos

A Sony patenteou uma tecnologia que permite que jogadores transformem objetos domésticos e até mesmo frutas, como bananas, em controles PlayStation para PS4 ou PS5. Os usuários usariam uma câmera para escanear objetos para que o sistema detecte, o que seria, então, usado para funções específicas in-game.

Conforme relatado pelo GamesIndustry.Biz, uma recente patente da Sony foi registrada com a inovação, identificando que periféricos de games podem ser complicados ou caros demais para alguns usuários e argumentando que “seria desejável se um usuário pudesse usar um dispositivo barato, simples e não-eletrônico como um periférico de games”. A possível solução? Transformar objetos ao seu alcance em periféricos para games.

Enquanto o objeto for “não-luminoso” e “passivo”, a Sony sugere que pode ser usado de controle. As imagens na patente mostram uma banana e um par de laranjas como exemplos de potenciais periféricos. A patente ainda diz que um usuário poderia segurar o objeto na frente da câmera, o que interpretaria o objeto de modo a dedicar botões virtuais a ele e fazê-lo ser utilizável in-game.

A cópia também fala sobre como a tecnologia poderia gerar “uma imagem de realidade aumentada de um controle não-luminoso e passivo” e detectar mudanças na pose do objeto para se adequar os movimentos de mãos do jogador e gerar botões virtuais, com menção a um “detector de dedos”. 

O pedido de patente da Sony é bastante vago e só faz referência a um item como uma banana como algo que teoricamente poderia ser usado como um simples controlador. No momento, não há muitas evidências para sugerir que esta patente irá realmente tomar forma e formar um eventual produto PlayStation da Sony, mas certamente podemos esperar um dia jogar jogos de PlayStation com uma banana. Monkey Ball, alguém?

Pedidos de patentes não são novidade, da Sony ou de qualquer outra empresa relacionada a videogames. Durante o ano passado, vimos uma litania de pedidos de patentes da Sony para projetos de PlayStation, alguns dos quais realmente tomaram forma, como a patente PSVR que precedeu o anúncio de um fone de ouvido PS5 PSVR , ou há a patente relacionada à sensação tátil , o que poderia trazer a sensação de toque às streams. Simplificando, algumas patentes levam a iniciativas muito reais, enquanto outras são meramente precauções contra uma ideia em potencial.

Augusto Cesar

Começou a vida gamer como treinador do charmander e campeão de mario kart 64 do bairro. Hoje continua sendo um mestre pokemon, fã de RPGs, otaku e metido a historiador. Segue esperando sua carta de Hogwarts.
Botão Voltar ao topo