Novo Call of Duty deve se passar em uma Segunda Guerra Mundial que nunca acabou

Aparentemente a SledgeHammer está trabalhando em uma história alternativa à do mundo real

De acordo com rumores levantados pelo site ModernWarzone, o Call of Duty de 2021 se passará em uma versão alternativa da história mundial, onde a Segunda Guerra Mundial nunca acabou. O vazamento inclui o subtítulo WWII: Vanguard no nome do jogo, porém o título completo pode ser trocado até o lançamento oficial.

O site ainda revelou algumas informações da ambientação do jogo, informando que “O mesmo se passará em uma linha do tempo alternativa, na qual a Segunda Guerra não acabou em 1945, e o jogo se ambientará nos anos 50.”

Apesar de apresentar alguns detalhes que podem trazer uma perspectiva muito interessante da história, não foi revelado o ano no qual a campanha do jogo se passará. Vale ressaltar que o jogo Wolfenstein nos trouxe essa perspectiva de maneira distópica e repleta de ação no passado, e esperamos que a franquia Call of Duty seja mais pé no chão, nesse sentido.

Nicolas Togashi

Graduado em desenvolvimento de jogos e aficionado por essa mídia, perde mais tempo jogando do que efetivamente utilizando a graduação para alguma coisa. Ama RPGs, e se esforça para ser um bom aliado nos jogos online.
Botão Voltar ao topo