Análise: Monster Hunter Rise

at Rise!!!

Após finalizar tudo no Generations Ultimate (XX) no Nintendo 3DS e jogar Monster Hunter World por 3 anos no PlayStation 4, enquanto esperava por um novo Monster Hunter ou uma nova Expansão para o Monster Hunter World, para continuar as caçadas e a História da Estrela Safira, a Capcom decidir renovar tudo e trazer um novo Monster Hunter ao Nintendo Switch com diversas novidades para a franquia, fazendo o Monster Hunter Rise um dos melhores Monster Hunter já feito.

História de Monster Hunter Rise

A história do game começa com o jogador sendo promovido para ser um Hunter e se tornando um caçador oficial da vila natal e o principal encarregado de resolver problemas relacionados a monstros. Algumas missões depois, é descoberto que uma debandada de Monstros com Frenesi indo em direção a Vila e é necessário defender ela. Após defender a vila com sucesso cabe ao jogador descobrir o porquê do frenesi vem ocorrendo com mais frequência.

Mesmo a História do Monster Hunter Rise sendo divertida, o game não possui um final, terminando em um Cliffhanger, passando uma impressão que o game não estava 100% pronto para o seu lançamento. Essa impressão fica ainda mais evidente, após o jogador visitar o ferreiro e ele ainda possuir novas armas escondidas. Obrigando o jogador a esperar pelo Update 1 e 2 anunciado ainda para esse ano, para realmente ver o fim da história.

Gameplay de Monster Hunter Rise

Vou separar em diversas categorias a gameplay de Monster Hunter Rise devido à grande gama de conteúdo no game e separando facilita a explicação de cada uma delas.

Missões

As Missões de Monster Hunter Rise são separadas em 3 categorias:

  • Missões da Aldeia (Entregues por Hinoa)
  • Missões da Guilda (Entregues por Minoto)
  • Missões de Frenesi

Missões da aldeia e Missões da guilda

As missões da aldeia, são um pouco diferente de Monster Hunter World onde eram categorizadas como side quests e é possível fazer todas elas com 4 jogadores. Em Monster Hunter Rise as Missões da Aldeia (Hinoa) onde geralmente são mais fáceis de fazer (caçar um monstro grande, caçar 10 monstros pequenos, pegue 10 nitromelos, etc…) o jogador deverá realizar elas sozinho, e ao completar elas, o nível da aldeia sobe disponibilizando mais recursos para os jogadores.

Monster Hunter Rise aldeia

Já as Missões de Guilda (Minoto) – que são mais difíceis – os jogadores podem realizar todas elas de forma cooperativa e diferente de Monster Hunter World, os jogadores não precisam esperar o anfitrião da missão ver as cutscenes permitindo um progresso em conjunto mais fluido.

Monster Hunter Rise Guilda

Missões Frenesi

As missões Frenesi funcionam como um Tower Defense. Uma horda de monstros está indo atacar a vila e cabe aos Hunters defendê-la. Você pode colocar torretas, bombas, canhões, etc., e ao final de cada missão Frenesi os jogadores são recompensados com um vale Frenesi onde pode ser usado no ferreiro em troca de um bônus (+10 de defesa, bônus de afinidade, etc) na arma.

Monster Hunter Rise Frenesi

As missões Frenesi mesmo sendo uma boa adição ao game consegue se prender demais no Endgame. Este modo bloqueia bônus importantes aos vales das missões de Frenesi estagnado o jogador após algumas missões, e fazendo ele se sentir num “mais do mesmo” a cada missão.

Armas e Armaduras

As armas no Rise sofreram mais uma vez mudanças em alguns combos. Sendo eles conferidos na Área de Treinamento, e realizados de uma forma bem mais fácil. (Dica usem o Hunting Horn/Berrante de Caça)

Assim como no World as árvores de armas são bastante extensas e bem-vindas. Possuindo diversas armas para criar, o jogador vai passar bastante tempo explorando e vendo qual a melhor arma para ele.

As armaduras, assim como as armas, continua similar ao dos outros jogos da franquia, onde os jogadores derrotam monstros para obter as peças deles para forjar novos equipamentos.

Cabinseto

Monster Hunter Rise Cabinseto

A grande adição do Rise é o Cabinseto. Enquanto World tinha uma atiradeira que permitia que você disparasse pedras e cápsulas de lampejo e outros, em Rise os Hunters possuem o Cabinseto, um pequeno monstro que produz fios indestrutíveis fosforescentes que pode ser utilizado de diversas maneiras.

Monster Hunter Rise Cabinseto para frente

Abrindo uma gama de possibilidade para os jogadores, permitindo um movimento pelo cenário de forma livre, escalada de paredes e até mesmo combos com o Cabinseto.

Monster Hunter Rise Cabinseto evitando queda
Monster Hunter Rise Cabinseto parede

Além da grande gama de movimentos extras que o Cabinseto garante ao jogador, Rise adicionou uma mecânica nova na hora de montar em monstros, permitindo os jogadores controlarem eles para atacar outros monstros ou arremessar eles contra paredes.

Monster Hunter Rise Montando no Monstro

Mas mesmo que seja uma mecânica legal há poucas coisas a se fazer com o monstro, sendo somente para dar um dano massivo neles e garantir pedaços deles que caem durante a batalha.

Amicão e Amigato

O Amicão é um companheiro, parecido com os Amigatos, onde ele pode te auxiliar durante os combates, mas diferente dos Amigatos ele serve também como montaria permitindo uma locomoção rápida dos jogadores no mapa. Além da funcionalidade de locomoção ele permite os Hunters tomarem poção e afiarem as suas armas enquanto estão se movimentando para o alvo designado.

Monster Hunter Rise Amicão e Amigato

Assim como os Amigatos, os Amicães também são equipados por duas peças de armadura e uma arma de longo ou curto alcance, entretanto, os Amicães não dão suporte durante as batalhas, e ganhando no lugar do suporte, táticas de combate customizáveis, que podem variar entre atacar diretamente Monstro ou ficar próximo do jogador.

Online de Monster Hunter Rise

Assim como em jogos anteriores, as caçadas em grupo é uma experiência completamente diferente das caçadas solo. Todas as batalhas contra os monstros, no modo multiplayer muda, pois além do monstro ficar mais forte permite os jogadores criarem diversas estratégias para serem utilizadas em combate.

Npc Online

O multiplayer está ainda mais direto no Rise em comparação ao World, mas o sistema ainda consiste na procura de lobbies com um NPC dedicado, utilizando filtros para encontrar jogadores de um perfil específico, códigos de salas ou visualizando o perfil de amigos adicionados na lista de amigos do console para entrar em suas salas. Mas a exploração conjunta de Kamura junto aos colegas sem ficar preso a um único hub social é algo extremamente bem-vindo.

Rise é o primeiro game a utilizar a nova tecnologia de servidores da Nintendo, criando uma experiência agradável e lisa mesmo para jogadores de longa distância. Diversas vezes joguei com jogadores asiáticos e não senti lags ou quedas de conexão nas caçadas, mas infelizmente o game não possui um voice chat, requerendo o jogador a usar mensagens pré determinadas ou escrever para falar com desconhecidos nos lobbies.

Gráficos, Música e Desempenho

Os gráficos de Monster Hunter Rise são bonitos, rodando a 30FPS sem apresentar quedas tanto no modo dock ou portatil, contendo uma forte temática da época do Japão Feudal com detalhes incríveis e bem minuciosos.

Rise ainda possui detalhes de vida em seus cenários, mas em quantidade reduzida, possuindo somente a parte significativa que afeta diretamente no gameplay. O game ainda possui algumas partes de cenários destrutivos, mas nada parecido como a barragem da Floresta Ancestral ou o fosso do Ermo Selvagulha.

A música do game é boa mantendo a qualidade de World, e sem perder o tema principal do game, mas mantendo as clássicas na qual os jogadores veteranos vão reconhecer o Monstro somente pela música.

Vale a pena jogar Monster Hunter Rise?

Menu

Monster Hunter Rise chega ao Nintendo Switch com o pé direito sendo uma excelente aquisição para os jogadores e provavelmente é um dos melhores jogos do ano para o Nintendo Switch, oferecendo tudo aquilo o que os fãs da franquia desejavam e dando um pouco mais enquanto explora novos horizontes para os jogadores mais novos da franquia.

A Capcom e a equipe de Monster Hunter estão mais uma vez de parabéns por conseguir criar um título Monster Hunter que não só agrada os admiradores antigos da franquia mas também os mais novos enquanto surpreende os jogadores pela inovação feita na série.

Monster Hunter Rise está disponível para Nintendo Switch e conta com legendas em PT-BR pela primeira vez para o Nintendo Switch.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação. Essa análise feita com uma cópia da versão de Nintendo Switch recebida pela produtora.

Monster Hunter Rise

Visual, ambientação e gráficos - 9
Jogabilidade - 9
Diversão - 9
Áudio e trilha-sonora - 9

9

Excelente

Monster Hunter Rise é um dos melhores títulos da série sem dúvidas, proporcionando uma experiência digna para os fãs antigos e mais novos, fornecendo não só um título merecido para os consoles da Nintendo, mas também um dos melhores jogos lançados para o Nintendo Switch.

User Rating: Be the first one !

Botão Voltar ao topo