Análise: Judgment Remastered é um fator replay para esse grande game

Investigação e porradaria? Quero!

Judgment Remastered é um spin-off da aclamada série Yakuza e foi lançado originalmente 2019, onde temos como protagonista o detetive Takayuki Yagami em busca de solucionar um mistério extremamente profundo e perigoso. Provavelmente esteja se perguntando, mas outro review? Claro! Já temos review de Judgment e pode ser visto aqui. Por se tratar de um remaster, irei falar mais do desempenho do game, uma vez que a nossa análise anterior já explica muito bem sobre as mecânicas e a narrativa.

O jogo está disponível para Playstation 5, Xbox Series e Stadia e estamos fazendo essa análise graças a chave cedida pela produtora.

Os 60fps são realmente bem vindos em Judgment Remastered

Não sou do tipo de player que se preocupa tanto com taxa de quadros por segundo ou algo assim, já que para mim o importante é no jogo conseguir atingir minhas expectativas gerais ou não. Judgment quando saiu originalmente não conseguia atingir essa taxa de quadros, ficando apenas no 30FPS. Ainda assim, ele rodava bem.

Contudo, após jogar essa maravilhosa obra prima forjada pelos deuses (brincadeira, prometo deixar meu lado fã boy a escanteio) em 60fps, pude ver fluidez sensacional que encorpara muito bem com as batalhas dinâmicas do Yagama, já ele é um lutador bastante ágil. Diferente do Kiryu que era mais do tipo “muralha de músculos”.

Você deve estar se perguntando por que não falei sobre a história de Judgment como sempre faço, não é? Bom, ela pode ser vista em nosso review da versão de PS4.

Judgement Remastered

Melhorias gráficas e carregamento

Os gráficos receberam melhorias com a resolução atingindo os tão sonhados 4k, porém, como foi o caso de Yakuza: Like a Dragon, o jogo ainda não recebeu a implementação de ray tracing. Apesar disso, os visuais são lindos nessa Kamurocho movimentada e repleta de luzes.

E sobre o carregamento? Está imediato! E isso deixa tudo ainda melhor, já que os jogos da série costumavam ter um loading meio demorado já que Kamurocho (ou a cidade da vez) era carregada de uma única vez.

Realmente Judgment Remastered é a versão definitiva desse game.

Visão geral de Judgment Remastered

É inegável que temos uma narrativa fantástica nesse game de detetive que nos deixa entusiasmados em descobrir o que está acontecendo e entender mais sobre o passado do Yagama. Somando isso com o seu gameplay que se desdobra de diversas formas, não temos um jogo repetitivo.

Como eu disse, preciso ser imparcial. Por isso estarei citando os três defeitos mais notáveis no jogo:

  • A captura facial não é das melhores – É até bizarro ver um rosto todo fluído e dinâmico, enquanto o resto do corpo parece mais parado do que uma porta fechada. Inclusive, o molde dos dentes é estranho.
  • As vezes o jogo se mostra confuso – Em alguns momentos tem que analisar um ambiente. Porém, você não sabe ao certo qual parte do ambiente tá tendo que analisar e fica passando o curso em várias partes caçando o ponto exato. Em certos momentos acha de primeira, em outros é demorado.
  • “Side cases” obrigatórios em meio da campanha principal – Várias vezes eu estava na empolgação de seguir adiante com a história, mas acabei sendo barrado com algum “side case” (são as missões paralelas) que simplesmente era obrigatório ser feito.

Conclusão

Judgment Remastered é uma nova chance para quem deseja jogar esse game ou rejogá-lo com 4k e 60fps. Aqui temos uma boa história e gameplay incrível que vai deixar qualquer um imerso apesar dos pesares contados acima. Amei o jogo do começo ao fim, principalmente seus personagens e forma que trabalharam com uma vertente diferente de Kamurocho e o clã Tojo.

Temos a melhor história de detetive em games da era moderna e que, provavelmente, será superado apenas pela sua sequência que está para ser lançada mundialmente.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Judgement Remastered deixa um ótimo jogo mais completo

Visual, ambientação e gráficos - 8
Jogabilidade - 8
Diversão - 10
Áudio e trilha-sonora - 10
Narrativa - 9

9

Excelente

Aqui temos um Remastered que deixa um jogo bom ainda melhor, apesar que algumas questões que ficaram a desejar no primeiro título ainda estejam presente. Se não jogou o original, chegou a hora de se aventurar nessa investigação de detetive.

User Rating: Be the first one !

Anderson Mussulino

Publicitário louco por toda a cultura geek. Redator do Última Ficha e apaixonado por jogos que vem da terra do sol nascente.
Botão Voltar ao topo