Análise: Lamentum é um ótimo survivor-horror pixelado

Já se pegou pensando se a mistura daria certo? Confia que dá!

Não é de hoje que a internet mostra algum “demake” de Resident Evil, Silent Hill ou qualquer outra grande franquia. Imaginar como jogos mais recentes seriam feitos na época do pixel art. Quando um código de análise de Lamentum apareceu em nossa edição, e eu vi do que o jogo se tratava, me prontifiquei para trabalhar no jogo. Como fã da franquia Resident Evil que sou, espere ver muitas referências com a franquia, apesar de essa não ser a única fonte que o jogo bebe.

A análise de Lamentum foi possível graças a um código cedido pela editora, a qual agradecemos a confiança e parceria. O jogo está disponível para PC, Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch e possui legendas e PT-BR.

Do que se trata Lamentum?

Nosso protagonista, Victor Hartwell, se encontra num momento de desespero, em busca da cura para a doença que sua esposa, Alissa, está enfrentando. Sua última esperança está na Mansão Grau Hill, onde o Conde desvendou segredos antigos e desenterrou ciências esquecidas. Com o desejo extremo de curar sua amada, Victor segue para a mansão atrás de respostas e disposto a fazer o que for necessário.

Seguindo muito a risca o que se significa o gênero survivor-horror, Lamentum irá te envolver com sua história obscura e bem construída. Você precisará mergulhar num mundo de pesadelos e criaturas terríveis para descobrir os segredos da mansão e daqueles que a procuram.

Vou parar qualquer detalhe da história aqui, mas espere um ritmo bem parecido com os primeiros jogos de Resident Evil, com leituras obrigatórias de arquivos e conversas que fazem diferença para os acontecimentos seguintes.

Como se joga Lamentum?

Backtracking é o termo mais importante que achei durante meu tempo na análise de Lamentum. O jogo leva a sério o lance de abrir portas do início do jogo somente no final, após adquirir as mais variadas armas e acessórios. Um dos mais importantes é a lamparina. Segurar esse item que gera luz fará a câmera se afastar e iluminar uma área maior. Isso irá te proteger de qualquer surpresa a frente. Mas não se engane, Victor só pode usar uma arma ou item por vez. Então trocar de itens é algo que você fará a todo momento.

O jogo possui alguns botões para saque rápido de itens que irão ajudar durante a correria. Armas brancas são essenciais, já que munição para as de longo alcance são bem raras de se achar durante a andança na mansão. Porém não poupe em monstros que você já conhece e sabe que serão complicados de eliminar.

Falando dos monstros, Lamentum possui uma quantidade impressionante de inimigos diferentes para um jogo com a aparência tão simples. Todos muito bem criados e fáceis de diferenciar assim que aparecem na tela. Não demorará muito para você ter uma estratégia para cada tipo, ou simplesmente saber que não está no momento de seguir pelo caminho sem salvar.

Para salvar seu progresso em Lamentum, você deverá encontrar tinta (assim como nos Resident Evil clássicos) e a cada uso você gasta uma unidade. Então salve estrategicamente antes de momento mais tensos. Vale dizer que para aqueles que não querem a punição da morte, há uma opção de tinta infinita. Então fique tranquilo meu amigo newbie… só não esqueça de salvar, não há salvamento automático em Lamentum.

Inventário e Puzzles

Mais uma vez tenho que dizer que fazer essa referência na análise de Lamentum: se você conhece a franquia Resident Evil, estará em casa aqui! O inventário limitado, vidas que podem ser combinadas, itens que podem ser examinados, e tudo mais, estão presentes em Lamentum. O pessoal da Obscure Tales fez até o favor de colocar um baú em cada sala de save. Preciso falar mais alguma coisa? Os fanboys vão a loucura a cada referência vista durante o jogo, que também possui muito de Silent Hill em sua trama e narrativa.

Quanto aos puzzles, espere desafios diretos como usar uma palavra vista em um ambiente no outro, achar senhas em arquivos e até mesmo alguns mais complexos. Como entender o timing de uma reação química ou até as fases da lua. Nada que algumas tentativas não resolvam. Algo bem mais relacionado com os jogos clássicos do que com algo mais atual como Tormented Souls.

Um combate que não vai agradar a todos e botão de corrida

O combate é um pouco “travadão” em Lamentum, pois há um longo atraso entre escolher atacar e realmente desferir seu golpe ou tiro. Embora isso possa ter sido planejado pelos desenvolvedores, quando morri no início do jogo era inevitável não culpar a decisão da Obscure Tales.

Porém, não demorou muito para eu entender a importância e estratégia em ter um botão de corrida no jogo. Apertando o LB (ou L1) seu personagem irá se movimento muito mais rápido. Contudo, se você estiver na visão de inimigo, Victor logo se cansará e ficará parado, ofegante, por alguns segundos. Você não quer que isso aconteça, nunca. Então, assim que a tela escurecer um pouco, solte o botão e fique alternando para conseguir uma vantagem na distancia e aperte o botão de ataque com o inimigo em uma distância segura.

As armas tem diferentes alcances e animações que demoram tempos diferentes, então pegue esse tempo e use o botão de corrida com sabedoria para driblar o combate “hardcore” de Lamentum.

Conclusão

Lamentum consegue trazer todos os elementos de uma boa experiência do gênero survivor-horror: puzzles, itens limitados, medo de algumas situações e inimigos, a dúvida entre correr ou atacar, uma história que te prende e vontade de continuar tentando. O jogo possui quatro finais que são seguidos dependendo das suas ações mais para o final do jogo. Apesar de serem finais curtos, todos são muito interessantes e fazem refletir sobre tudo que você descobriu durante sua jornada.

Eu diria que todos que gostam do gênero deveriam dar uma chances a Lamentum, por mais que o gráfico retro não te chame atenção (diferente de mim que adoro o estilo). Lamentum é a resposta para a pergunta “Como seria um demake Resident Evil?”. Seria incrível!

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Lamentum

Visual, ambientação e gráficos - 9
Jogabilidade - 9.5
Diversão - 8.5
Áudio e trilha-sonora - 8

8.8

Ótimo

Lamentum é um survivor-horror em pixel art que mostra como o gênero pode se unir ao estilo retro-pixel sem perder qualidade. O combate pode afastar alguns mas digo para continuar tentando e entender como o botão de corrida funciona. O jogo é indicado para fãs do gênero e de franquias como Resident Evil e Silent Hill.

User Rating: Be the first one !

Bruno Degering

Gamer há tanto tempo que usa consoles como referência cronológica para lembranças de sua vida. Amante de Mega Man, Resident Evil e Warcraft. Se gaba por ter zerado Battletoads aos 9 anos mas abandonou Bloodborne com 26.
Botão Voltar ao topo