Análise: Mr Prepper – o jogo do Senhor Preparado

Prepara que agora é hora do Mr Prepper

Mr. Prepper é um jogo de gerenciamento de base, ao melhor estilo de sobrevivência. De cara, eu o achei muito semelhante ao Fallout Shelter e, devido a grande semelhança, pode ser que durante esta análise de Mr Prepper, eu acabe comparando Mr. Prepper com Fallout Shelter. Porém, o jogo não é “mais uma cópia” e tem sim o seu próprio charme e atrativo para jogar. Para que vocês entendam melhor, vejam o trailer do jogo:

Esta análise só foi possível graças a uma cópia digital de Mr Prepper, gentilmente cedida pela 
produtora,
 para a versão de Xbox Series. Esta análise não contará com spoilers.

Sobre Mr. Prepper

Vamos começar a análise de Mr Prepper dizendo quem é Mr. Prepper. Mr. Prepper é um cara que vive em uma cidade que já foi o símbolo da liberdade, porém um novo governo mudou tudo: se você não obedecer as “leis”, você desaparece. Para piorar ainda mais, o mundo está à beira de uma guerra nuclear e Mr. Prepper precisa estar preparado para o que está por vir.

Como podem ver, Mr. Prepper tem uma história bem vaga. Porém, é o suficiente para deixar o jogo com a sua própria característica e o distinguir de uma “cópia” de Fallout Shelter. Aliás, isso é um grande engano, mesmo que a jogabilidade do jogo seja beeeeeeeeem semelhante ao jogo da Bethesda.

O jogo também está legendado em PT-BR, porém essa opção não vem automaticamente ao abrir o jogo (pelo menos comigo não foi automático). E nesse jogo também tem uma leve sombra em tom cinza logo atrás de cada texto, ajudando a leitura. Uma dica rápida: deixe a opção Always Run ativada. Isso vai te ajudar e muito no jogo.

Por fim, o cenário de Mr. Prepper é interessante, porém é bem parado. Contudo, não tratarei isso pejorativamente, pois o jogo é assim mesmo: o foco é Mr. Prepper e como ele consegue criar a sua base, enquanto engana o governo e suas “leis”. Aliás, achei o cenário na medida certa para a proposta do jogo.

Gráficos

À primeira vista, é inegável que haja uma comparação com Fallout Shelter, para quem já jogou. Contudo, o jogo tem um visual 2.5D, onde o cenário e a gameplay são em 2D, mas os objetos de interação são em 3D. Para terem uma referência, Street Fighter IV é um jogo que usou essa fórmula de 2.5D.

Sinceramente, eu acho essa ideia de jogo em 2.5D sensacional, porém em Mr. Prepper, não vejo nada que vale a pena ressaltar e também não é algo que seja preocupante. Em outras palavras, Mr. Prepper tem a sua beleza e a sua particularidade, mas não tem nada novo que possa destacar.

A parte de iluminação e sombras também são simples. Como não tem rotação de câmera, as luzes e sombras são bem estáticas. Todavia, o jogo lhe permite colocar lâmpadas onde quiser no bunker e essa luz “móvel” tem as suas proporções satisfatórias, refletindo de forma correta as sombras. Como falei, o jogo não é graficamente feio, porém não é algo de encher os olhos.

Jogabilidade

Antes de mais nada, tenho que ressaltar que este jogo é original de PC. Ou seja, ele foi projetado para ser jogado usando teclado e, principalmente, mouse. Durante a gameplay do jogo, eu reparei que os produtores tentaram ao máximo adaptar a jogabilidade do mouse ao controle, porém não ficou bom.

O movimento da câmera é feito pelos direcionais, onde um move o cursor mais lentamente e o outro mais rápido e pode usar os dois na mesma direção, para deixar o cursor ainda mais rápido. Porém, não tem um “meio-termo” entre esse movimento. Ou será muito lento ou será muito rápido, deixando o jogador frustrado. Nada que depois de um tempo não se acostume, porém isso pode afastar jogadores que não tenham a paciência de aprender a jogar.

Para simular os cliques do mouse, usa o botão A (às vezes o B) para clique direito e RT para clique esquerdo do mouse. E isso me deixou tão confuso que toda hora eu apertava os dois ao mesmo tempo, para fazer a ação que eu queria. Contudo, o jogo sempre te avisa quais botões estão disponíveis para você efetuar uma ação, se parar o cursor em cima de um objeto.

E, para finalizar a parte do controle, o direcional analógico é usado para escolher uma das opções da barra inferior e o botão Y abre o menu. Algo pouco intuitivo, mesmo tendo o tutorial ensinando como faz.

Jogabilidade além do controle

De antemão, quero ressalvar mais alguns pontos, além do controle que citei acima. O jogo tem coisas legais para fazer. Os objetivos e as side quests são bem simples e a evolução no jogo não é demorada. Os tutoriais do jogo são bem explicados e deixam o jogo bem simples de entender.

Uma coisa que achei exagerada é que o jogo tem vários pequenos recursos para gerenciar. Tem metal, pedra, terra, vidro, madeira, semente de cenoura, semente de beterraba, semente de alface, blueberry, carne de alce, carne de javali… Fora os recursos que eu ainda não encontrei! Com tantos recursos, o jogo lhe permite fazer muitos objetos, porém os desenvolvedores deveriam simplificar mais. Para um jogo de sobrevivência, eu acho que deveria ser mais simplificado, como o próprio Fallout Shelter. Afinal, ele é o Mr. Prepper e não o Mr. Crafter!

OBS.: Antes que me crucifiquem, eu sei que Fallout Shelter tem vários itens a serem coletados, mas os mesmos são usados só para criar armas, armaduras e roupas. Elementos como água, comida e energia são simplificados. Em Mr. Prepper, você tem que plantar, cuidar da horta, colher, cozinhar ou comprar a comida, por exemplo, só para ter alimento.

Sons e efeitos sonoros

De uma maneira geral, as músicas do jogo são bem simples, ambientando bem o cenário. A música de fundo que toca lembra muito um ambiente “country” (um jeito bonito de falar “da roça”). Os efeitos sonoros estão excelentes, com cada efeito sonoro sendo distinto e fácil de reconhecer (chuva, passos, desmontar itens, montar itens, escavar, etc).

O jogo não tem dublagem. Aliás, até tem, porém o jogo só utiliza as dublagens quando tem uma cena, deixando o jogo “mudo” quando interage com os NPCs e o Mr. Prepper. E sinceramente, não senti falta da dublagem.

Considerações finais

Em suma, Mr. Prepper é um jogo de sobrevivência, aonde o protagonista se prepara para um futuro que pode ou não acontecer. O seu cenário cômico, com várias tiradas e piadas, deixam o ambiente leve e até engraçado para se jogar.

A comparação entre Mr. Prepper e Fallout Shelter fica limitado apenas a forma que o seu bunker é criado. Depois disso, Mr. Prepper é realmente um jogo bom para passar o tempo, tendo apenas a jogabilidade no controle uma sofrência grande. E mesmo depois de me acostumar, eu não consegui ter um gameplay mais rápido. Aliás, ainda me confundo muito com o controle do jogo.

Mr. Prepper está disponível para PC, via Steam, Xbox Series X|S e Xbox One. Versões para Playstation e Nintendo Switch estão planejadas para ser lançadas em algum momento de 2022.

Essa análise de Mr. Prepper segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Mr. Prepper

Visual, ambientação e gráficos - 8
Jogabilidade - 6.5
Diversão - 8.5
Áudio e trilha-sonora - 8.5

7.9

Bom

Mr. Prepper é um jogo de sobrevivência com elementos de criação e construção de base. O jogo é divertido, porém a jogabilidade com um controle é bem frustrante e muitas vezes perde tempo no jogo, tentando fazer uma ação. Ressalto que houve uma tentativa enorme de adaptar o jogo para ser jogado com um controle, mas ainda assim, não ficou algo bom. No máximo, jogar com o controle é aceitável.

User Rating: 4.45 ( 1 votes)

Eder DZR13

Um rapaz descontraído, engraçado, esperto e dinâmico. Esse cara não sou eu, mas eu amo jogar e viver no mundo gamer. Ainda procurando os dias de glórias porque de tanta luta, eu acho que serei a próxima DLC de Street Fighter. Detentor da 5ª Esmeralda do Caos e 3 vezes campeão da liga de Brawlhalla do condomínio. E ontem eu acertei a tela branca do Akuma.
Botão Voltar ao topo