Vale a pena jogar Roller Champions?

Um novo esporte emocionante e gratuito

Nós tivemos acesso antecipado ao mais novo jogo gratuito da Ubisoft e como tantos jogos do mercado, nós nos fizemos a pergunta: Vale a pena jogar Roller Champions?

Essas impressões estão sendo passadas após jogar Roller Champions por cerca de três horas e irei falar mais das mecânicas e problemas de conexão que tive. O jogo ficará disponível no dia 25 de Maio para Xbox One, PlayStation 4, Xbox Series X|S, PlayStation 5 e PC via Ubisoft Store. O jogo conta com cross play entre as plataformas e está legendado em PT-BR.

Um jogo acessível a todos

A ideia central que a Ubisoft teve com Roller Champions foi de trazer algo único que mistura múltiplos esportes como Hockey, futebol, basquete e mais e trazer isso de forma inclusiva. Ou seja, temos aqui um jogo leve que rodará nos consoles e rodará nos computadores mais humildes. Inclusive ele pesa menos de 4 GB, o que não será um problema ter em seu computador ou console.

Para se ter uma ideia de sua leveza, ao jogar no computador, só vi duas opções de configuração de visual que é baixa e alta. E sendo bem honesto, percebi diferença apenas na sombra. Isso mostra que o jogo é leve e otimizado nesse aspecto.

Adicionalmente, temos aqui um jogo que é gratuito. Sim, Roller Champions não custará um centavo, o que acaba sendo um grande acerto da Ubisoft ao anunciar um jogo de esporte ainda desconhecido. Mas é claro que os jogadores poderão comprar dinheiro in game para acelerar a compra de suas skins. Felizmente isso não muda em nada no desempenho do personagem e é apenas estético.

Como funciona Roller Champions

O jogo tem uma premissa simples e divertida onde a experiência irá mudar dependendo da habilidade do jogador.

Aqui temos partidas de 3 contra 3 onde ficamos em uma arena oval correndo atrás de uma bola. O seu objetivo é marcar 5 pontos em até 7 minutos ou então fazer mais pontos antes do tempo acabar. O diferencial é que como temos uma pista oval, nós temos que dar uma volta completa na pista que irá liberar o aro para marcar o gol.

A primeira volta te dá um ponto, caso complete a segunda volta, poderá fazer um gol valendo três pontos e caso consiga três voltas completas, conseguirá marcar um gol que finaliza a partida valendo 5 pontos.

Esse sentimento de risco e recompensa é o que norteia a experiência e você sempre se questionará se conseguirá ou não dar mais uma volta para finalizar a partida rapidamente. E é aí que a emoção entra em campo, pois do outro lado o time adversário irá tentar interceptar os passes a qualquer custo como irá te dar um tranco para te derrubar e roubar a bola.

Dentre as mecânicas de Roller Champions, além das que eu falei, é possível pular, usar um botão para a finta, usar seu colega de time como um estilingue para ganhar velocidade e, por fim, poderá usar um gatilho do controle para ganhar velocidade ao descer de uma inclinação.

E sendo completamente sincero, nós nos divertimos muito! Era emocionante, divertido e ficamos gritando quando marcamos ponto ou então roubávamos uma bola. A emoção era constante e nesse ponto a Ubisoft acertou em cheio.

Um mar de problemas técnicos

Eu acabei de falar que Roller Champions é divertido e emocionante, certo? Eu não menti e ele é sim! Bem, quando ele funciona…

Nessa longa sessão, nós jogamos com dois times de 3 contra 3 e me lembro apenas de uma ou duas partidas que não tivemos problemas. No geral, o problema que todos tivemos foi de conexão. Telas de erro, desconexões inesperadas, demora para aparecer o jogador no time, tela congelada e mais.

O maior dos problemas aconteceram com relação à desconexão. Porém, vimos dois problemas no jogo. O primeiro foi uma das jogadoras que entrava na partida, mas simplesmente não conseguia jogar. Ela ficava parada, tinha física dentro do jogo, mas não conseguia sair do lugar.

O outro problema foi a utilização do Vsync dentro do jogo. Eu deixei ligado um programa que mede desempenho e o jogo estava perfeito a 144 frames por segundo, mas na hora do jogo simplesmente parecia que o jogo sofria de uma espécie de lag. Felizmente, ao desligá-lo, esse problema visual foi praticamente resolvido.

E, por fim, vi um problema na tela inicial do jogo onde ao estar em um squad e terminar uma partida, o jogo mostra como se não tivesse mais na squad, embora estivesse conectado. Pelo menos, esse problema parece ser fácil de ser resolvido.

Vale a pena jogar Roller Champions?

Dar o veredito se Roller Champions vale a pena ser jogado ou não, depende apenas da Ubisoft. Aqui temos um jogo leve, divertido e competitivo. Eu já falei e falo de novo, o jogo é sim divertido, mas tem algumas limitações como poucas pistas, por exemplo.

O futuro do jogo depende de um bom lançamento estável, adição de conteúdo com o tempo assim como lançar novidades e eventos em geral. Apenas o tempo dirá se a Ubisoft dará três voltas completas para marcar um gol de 5 pontos ou se errará o alvo e perderá a jogada.

E sobre os problemas de conexão a Ubisof deu a seguinte declaração após este texto ter ido ao ar:

“Eles jogaram uma versão do jogo, mas não nas condições finais. A experiência que tiveram foi dentro do servidor dos Estados Unidos, uma vez que os servidores dedicados (como o do Brasil) somente estarão disponíveis no lançamento, o que garantirá uma experiência muito mais orgânica para quem jogar o jogo, sem bugs, lags ou outros problemas.”

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo