Análise: Fifine K658, qualidade de estúdio que cabe no bolso

Microfone Fifine K658 surpreende com visual e desempenho que não fazem feio aos microfones mais gourmetizados do mercado

Com a explosão de podcasts e streamers, microfones viraram um ponto importante em um setup. Seja inspirado pelos apresentadores e streamers ou pela vontade de ter um equipamento melhor, até mesmo gamers comuns buscam bons microfones e condensadores. Já há algum tempo a Fifine faz barulho no mercado brasileiro, e nesta análise do Fifine K658 vamos ver se ela consegue entregar qualidade de programa de rádio, por um preço que caiba no cartão de crédito.

Link para a compra do Fifine K658 na loja oficial da Fifine no Aliexpress: www.aliexpress.com/item/1005003119349046.html

Esta análise só foi possível graças a uma unidade do Fifine K658 enviada pela Fifine para análise. Eles estão lendo esta resenha junto com vocês.

DESIGN E CONSTRUÇÃO – Análise Fifine K658

Se você consome o conteúdo de podcasts no Youtube, como Flow Podcast, Monark Talk’s, Inteligência Limitada e outros, certamente já se deparou com o Shure SM7B. Ele meio que virou o padrão dos podcasts de quem tem condições para equipar seus estúdios. O K658 bebe da água que inspirou o design do SM7B.

OBRIGADO YOUTUBE POR NÃO SER TÃO CRUEL | Flow Podcast Cortes - YouTube
Microfone Shure SM7B no Flow Podcast

Basicamente o K658 pega o design sóbrio e industrial do SM7B e acrescenta seu toque, como o ajuste de ganho, botão para silenciar o microfone (com ajuda de iluminação para saber se está silenciado ou não) e o de iluminação, que faz um anel RGB brilhar em sua base. Vale destacar que ambos os botões são sensíveis ao toque e possuem ótima precisão.

A construção do microfone é excelente, sólida, com uso de metal, acabamentos e encaixes perfeitos e uma boa espuma. A base, mesmo sendo pesadinha e de metal, é falha. Dependendo da posição e inclinação do microfone, ela não aguenta e tomba. É um bom quebra galho, principalmente para você tirar da caixa e sair usando, mas o ideal é ter um braço articulado.

O RGB é discreto, traz um efeito bacana. O efeito é sempre o mesmo, o de arco iris. Não há personalização em relação ao efeito ou cores. Tirar o efeito luminoso também é bem simples, ao toque de um botão.

Para fechar, a base conta com duas conexões. Uma USB-C, que serve para utilizar o microfone no seu dispositivo. O cabo USB-C para USB-A acompanha o produto e tem cerca de 2 metros de comprimento. A outra conexão é de 3.5mm, que serve para monitoramento de áudio..

QUALIDADE DE ÁUDIO – Análise Fifine K658

É possível ter uma qualidade de áudio alá programa de rádio, de estúdio, com menos de 600 reais. Sim, esta frase resume toda a análise do K658. Definitivamente isso é o que mais importa para um microfone, e o Fifine K658 faz o seu dever de casa. Você pode conferir o áudio dele na nossa vídeo análise abaixo. Todo o vídeo foi captado usando ele. Além disso, no minuto XX:XX temos um comparativo com alguns dispositivos disponíveis na minha casa para comparação.

Um registro é extremamente importante. Todo este desempenho só é possível se o microfone estiver muito bem direcionado e posicionado. Este cardióide é bem sensível à distância e direção da sua voz. Se você não falar diretamente para ele, vai ficar muito baixo. Se você não estiver perto, vai ficar muito baixo. A própria Fifine diz que o ideal é uma distância entre 2 e 4 polegadas (ou 5 e 10 centímetros). E é realmente o spot perfeito para captação.

CONCLUSÃO

O Fifine K658 é um acerto em cheio em relação ao seu preço. Na data de publicação desta análise, ele encontra-se abaixo de R$600,00 comprando diretamente da loja da Fifine no Aliexpress. Por este preço você leva um microfone com ótima construção, tripé quebra galho, RGB, excelente botão de ganho, botão para silenciar o microfone com feedback luminoso e o principal, qualidade de estúdio por um preço amigável.

Seja qual for seu uso, gravações, podcast, lives na Twitch ou qualquer conteúdo do gênero, será muito bem atendido. Mas lembre-se, você deve usá-lo próximo a sua boca e bem direcionado. Se seu objetivo é, por exemplo, captar áudio cantando ou gravando instrumento musical, ele não vai servir.

Até mesmo se você quer melhorar seu áudio, seja para reuniões do trabalho ou para conversar com seus amigos no Discord, o investimento parece bem razoável, além é claro de dar um charme extra no seu destup, pois um condensador sempre tras mais requinte do que um microfone embutido em headset.

NÍVEL DE RECOMENDAÇÃO: DIAMANTE

Pedro Nogueira

Formado em Administração e em GunZ: The Duel. Rei dos FPS e o Toretto dos jogos de corrida no site. O nerd/entusiasta do PC Master Race, responsável por análise de periféricos e hardware. Quebra um galho de streamer lá na twitch.tv/ultimaficha.
Botão Voltar ao topo