Análise: Generation Zero mistura lindos cenários com um vazio angustiante

Análise: Generation Zero mistura lindos cenários com um vazio angustiante

Todo mundo conhece a Avalanche Studios pela famosa franquia Just Cause, assim como o jogo do Mad Max e o mais recente lançamento em parceria com a Bethesda, Rage 2. E em Generation Zero, a desenvolvedora fez algo totalmente sozinha,...
read more
Análise: Bow to Blood: Last Captain Standing diverte em sua simplicidade

Análise: Bow to Blood: Last Captain Standing diverte em sua simplicidade

O jogo Bow to Blood original foi lançado no fim de 2018 para PS VR e ele trazia a possibilidade de entrar em um mundo de piratas do céu que disputavam pela glória em um programa de TV (uma espécie de...
read more
O prazer de jogar Warcraft I e Warcraft II está de volta!

O prazer de jogar Warcraft I e Warcraft II está de volta!

Recentemente, a loja online GOG.com (site que pertence a CD Projekt RED) anunciou que teria em seu catálogo os jogos Warcraft 1 e Warcraft 2 que foram desenvolvidos pela Blizzard na década de 90. Como o jogo não está disponív...
read more
Análise: Kirby Extra Epic Yarn dá linha na pipa da portabilidade

Análise: Kirby Extra Epic Yarn dá linha na pipa da portabilidade

Kirby é amado por muitos fãs de jogos da Nintendo, enquanto outros gamers mais novos nem sabe da sua existência e até o confundem com um Pokémon. Querendo mudar a cabeça de alguns, Kirby chegou ao Super Smash Bros Ultim...
read more
Análise: Xenon Racer tenta trazer o bom e velho estilo arcade de volta, mas peca em pontos cruciais

Análise: Xenon Racer tenta trazer o bom e velho estilo arcade de volta, mas peca em pontos cruciais

Eu sou um grande fã de jogos de corrida e, como quase qualquer gamer da década de 90, comecei minha jornada automobilística em vários jogos de arcade como Rush, Cruis’n USA, Need for Speed e por ai vai. E quando...
read more
Análise: Power Rangers: Battle for the Grid diverte muito e é um jogo inclusivo

Análise: Power Rangers: Battle for the Grid diverte muito e é um jogo inclusivo

Power Rangers é uma série de Super Sentai japonesa que iniciou em 1993 com o clássico Mighty Morphin Power Rangers. Desde então rendeu inúmeras séries, filmes e claro, jogos! Quando você pegava um jogo na d&eacut...
read more
Análise: Sekiro Shadows Die Twice entrega o que esperávamos e com um algo a mais!

Análise: Sekiro Shadows Die Twice entrega o que esperávamos e com um algo a mais!

Identidade. Acredito que em todos os caminhos da arte, seja cinema, música, teatro e porque não, jogos eletrônicos, a identidade dá personalidade e qualidade ao trabalho. Contextualizando com alguns exemplos da vida real: ao primeiro...
read more
Análise: Chocobo Mistery Dungeon Every Buddy! Nostalgia e estratégia na medida certa!

Análise: Chocobo Mistery Dungeon Every Buddy! Nostalgia e estratégia na medida certa!

Ahhh chocobo, tantas são as lembranças não é mesmo? Acho que sou a única pessoa na face da Terra que gostava e jogava true Chocobo’s Racing, vocês se lembram? Para os que não tem idade vou colocar um v&iacu...
read more
Análise: RollerCoaster Tycoon Adventures não supre a saudade dos primeiros jogos

Análise: RollerCoaster Tycoon Adventures não supre a saudade dos primeiros jogos

Você deve passar pelo que eu passo todo ano. Alguns jogos me fazem instalá-los de volta para breves jogatinas. Dentre eles, RollerCoaster Tycoon. De preferência o 1 e 2, pois para mim, são os melhores e -disparados – os mais...
read more
Análise: Explore o mapa de One Piece World Seeker e se canse nas missões secundárias

Análise: Explore o mapa de One Piece World Seeker e se canse nas missões secundárias

Antes de tudo, quero dizer que tinha muitas esperanças de que esse jogo seria muito bom. Como um fã de One Piece, sempre me decepcionei muito com os jogos da franquia. Como é uma série de grande sucesso, achei que...
read more