Novo modo de jogo de COD:WWII é o ponto alto do multiplayer

A série Call of Duty existe desde 2003 e WWII é nada mais nada menos que o décimo quarto titulo da série. Ou seja, desde 2003 temos um COD a cada ano que se passa. Com 14 anos seguidos, a série já bateu vários recordes de vendas e prêmios. Mas, como todo jogo que é lançado com uma frequência muito grande, vários elementos foram reutilizados por anos e as críticas começaram a ficar cada vez mais fortes.

Uma das maiores críticas era quanto aos modos de jogo que permaneciam os mesmos. No Brasil então era pior ainda, todos só queriam jogar Team Deathmatch (ou TDM, ou Mata-Mata em equipe).

Quando, por sorte, você conseguia achar partidas em outros modos de jogo, nada mudava. Tudo virava TDM. Seja capturar a bandeira, dominação ou qualquer outra escolha, todos só queriam saber de matar inimigos e o objetivo não importava.

Em pouco tempo você cansava do multiplayer (ainda mais depois de mais de 10 anos). Faltava algo novo e isso nunca chegava…

4ea693ae-7c21-48ce-a8fd-82cef2932cfd

Modo Guerra

Com WWII tive a grata surpresa de achar, na minha opinião, o melhor modo de COD todos os tempos: Guerra, ou War!

Não me entenda errado, esse modo de jogo não é tão inovador assim, é algo entre o modo Rush do Battlefield e o Assault de Unreal Tournment. Só que com 6 jogadores pra cada lado e armas da segunda guerra mundial.

O Modo guerra é, essencialmente, a primeira tentativa de “ataca e defende” em COD. Cada mapa da Guerra é construído especificamente para isso e tem objetivos variados em locais diferentes do mapa, fazendo com que você fique avançando a cada nova conquista. Você vai fazer coisas como: construir pontes e escoltar tanques de guerra através delas em seguida, ou capturar uma artilharia para usá-la contra seus inimigos, plantar bombas, defender áreas e etc. E o legal é que a cada mapa você faz de 3 à 4 coisas diferentes, tornando o jogo extremamente dinâmico e estratégico.

498a8ec1-d84b-4ff5-a691-0b1f06e88de6

Com isso, até mesmo os que só entram para matar inimigos, são obrigados a seguir para os pontos indicados (já que o restante do mapa fica bloqueado) e para de atrapalhar a jogatina de quem quer jogar direito e em pouco tempo começam a entender que não vai adiantar só chegar atirando, seu time terá que flanquear e atacar mais de um ponto ao mesmo tempo se quiser ter chances de vencer.

Com a nova expansão The Resistance, 2 novos mapas foram adicionados ao modo Guerra. O que mostra o suporte dado ao novo grande modo.

O modo Guerra é uma mistura perfeita entre o casual e o hardcore, unindo players e fazendo com que todos sejam importantes. Sendo o melhor de pontaria ou não, você tem espaço e chance de ajudar seu time no mais novo e divertido (e espero que melhor a cada ano) modo de jogo da franquia Call of Duty!

Publicado
Gamer há tanto tempo que usa consoles como referência cronológica para lembranças de sua vida. Amante de Mega Man, Resident Evil e Warcraft. Se gaba por ter zerado Battletoads aos 9 anos mas abandonou Bloodborne com 26.