Análise: Impact Winter é o mais novo survival em terras gélidas

Impact Winter é o mais novo jogo distribuído pela Bandai Namco onde teremos que sobreviver a uma série de dias e precisaremos sempre estar explorando gélidas terras por comida, água, material para manter o fogo aceso e muito mais. Confiram abaixo nossa análise.

Comandando os sobreviventes

Você irá controlar o personagem Jacob que estará responsável por cuidar de um pequeno grupo de pessoas que se refugiou em uma igreja. Após ter sido escolhido o líder deste grupo (sem nenhuma explicação), você terá que sobreviver e fazer com que o grupo sobreviva por até 30 dias para que o resgate chegue. Isso acontecerá, pois seu companheiro, o robô Ako-Light recebeu uma transmissão de emergência dizendo que eles seriam resgatados.

Impact Winter_20180422110713

Infelizmente não existe muito mais além dessa breve história. Você irá conhecer um pouco mais dos personagens através de rápidos diálogos que não dizem muita coisa. Certamente o mais legal que vi foi quando eles estavam conversando sobre o Konami Code e como era possível trapacear nos jogos antigamente. Além disso nada é dito sobre o porquê do mundo estar do jeito que está. Toda a informação sobre o acidente aparece na tela de Hint do jogo entre os loadings.

Resumidamente, um meteoro atingiu os EUA/Canada e fez com que uma camada de poeira cobrisse os céus. Com isso a temperatura foi caindo e a temperatura varia de 0 a -30 graus. Após fazer uma pequena pesquisa, eu descobri que o nome Impact Winter não é algo inventado para o jogo, mas sim sobre essa teoria descrita acima. Com isso teria efeito em diversos lugares do mundo, impacto na vida humana, animal, na flora e até na agricultura.

Uma pena que isso foi tão pouco explorado durante o jogo.

Impact Winter_20180423175046

Exploração x Cuidar dos sobreviventes

O seu objetivo é muito simples no jogo, sobreviver por até 30 dias. Esse tempo limite pode ser reduzido ao cumprir tarefas e conseguir RP (pontos de resgate). Alguns são bem sensatos como ativar uma estação de rádio ou uma estação de energia. Já outros são meios são usados somente para avançar com o jogo como descobrir novos lugares para explorar, explodir vans fechadas, pedir para algum sobrevivente craftar algo, aceitar e concluir missões de terceiros e por ai vai. Com essa mecânica será possível diminuir diversos dias dos 30 necessários para o resgate.

Porém, o jogador tem que fazer uma gestão muito boa, pois todos os sobreviventes dependem diretamente de você para dizer o que fazer, comer e beber. Inicialmente você verá que é muito recompensador ir fora e conseguir muitos pontos de resgate. Isso fará que consiga desbloquear rapidamente novas habilidades tanto para Ako-Light como para o grupo, porém, nem tudo são flores. Com sua ausência na igreja você ficará suscetível a ter seus mantimentos roubados. Não só isso, será necessário você colocar no estoque de cada um o que ele precisa comer e beber, assim como manter o fogo acesso (o mais importante de tudo). Por fim, você terá um espaço limitado do que pode carregar por vez, e cada nova descoberta te levará mais longe da igreja. Aqui faço um destaque para Ako-Light, pois ele será fundamental para essa empreitada e seus upgrades serão bem úteis futuramente.

Caberá a você ter que gerenciar muita coisa ao mesmo tempo como pode ver. Terá que focar sua busca de itens para conseguir se comunicar com a igreja de longe, assim como trabalhar em suas defesas. Isso tendo ao mesmo tempo que alimentar todos e deixá-los aquecidos. Esse gerenciamento é o ponto alto do jogo e é muito bem feito em especial por ter um limite de carga. Cada item a ser levado terá que ser muito bem pensado.

Impact Winter_20180423172902

A falta daquele algo a mais

Certamente Impact Winter é um jogo interessante e tem boas mecânicas que são fundamentais para qualquer jogo de sobrevivência. Por mais que ele seja legal, falta algo impactante ou um grande diferencial para que se destaque no meio de tantos jogos que existem no mercado.

Ao achar outros sobreviventes eu achei que poderia correr algum tipo de risco, mas nada aconteceu. Também não vi nenhuma mecânica de luta ou defesa, como por exemplo, poder equipar uma arma e se defender dos perigosos lobos que pairam sobre a gélida superfície (mas é possível colocar armadilhas para capturar diversos animais). Também não me deparei com nenhuma decisão impactante ao longo do jogo. Claro, pessoas ficaram tristes, tive que correr atrás do prejuízo e tudo mais, mas não vi nada que fosse impactante.

Por fim, tenho que ressaltar os problemas de performance. Impact Winter é um jogo super bem feito e com uma bela arte, porém, seus gráficos e mecânicas não são nada que exija muito potencial do console ou PC. Infelizmente o jogo sofre com muitos engasgos e um delay na resposta dos comandos. Esses problemas não chegam a acabar com a experiência, mas incomodam bastante.

Impact Winter_20180423165447

Conclusão

Impact Winter é um jogo bem interessante e eu me diverti bastante com ele. Sua arte é bem interessante e a necessidade constante de gerenciamento de itens x sobrevivência do seu grupo, fará com que quebre muito a cabeça. Infelizmente a Mojo Bones não soube explorar melhor a história do jogo/incidente que aconteceu assim como as relações que existem dentro do jogo. Por fim, mesmo tendo sido lançado há 3 semanas atrás, o jogo ainda sobre com problemas de desempenho.

notas

Publicado
Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.