Análise: Sushi Striker: The Way of Sushido é uma surpreendente divertida aventura

Leonardo Coimbra

10 de julho de 2018

Tenho que ser honesto caro leitor (a), a primeira vez que ouvi de Sushi Striker: The Way of Sushido eu simplesmente ri e falei para mim mesmo “Isso nunca dará certo. Que ideia de louco.” Pois bem, com o lançamento do jogo a Nintendo nos forneceu um código do jogo e fui jogá-lo para fazer essa análise. Inicialmente confesso que fui com um pouco de má vontade, mas ao iniciar o jogo, posso afirmar que minha opinião mudou completamente.

Confiram abaixo nossa análise de Sushi Striker: The Way of Sushido.

SushiStrikerTheWayOfSushido 4

A Guerra pelo Sushi

E agora vamos para uma das histórias mais loucas que já vi em um jogo. No mundo de Sushi Striker: The Way of Sushido, o Sushi é a comida mais gostosa que existe (está no meu top 3 pessoal) e há tempos atrás todos eram felizes comendo Sushi. Porém, o império (sempre ele) resolveu centralizar o Sushi para si e controlar sua distribuição. Depois de muitos anos, diversas pessoas nem sabem mais como é o gosto do Sushi, assim como é o caso do (a) protagonista Musashi, um (a) jovem energético (a) que só ouviu falar de histórias de Sushi.

Após sair um dia de sua vila para pegar umas frutas, ele (a) se depara com Franklin, um jovem entusiasta de Sushi que tem a habilidade do Sushi sprite (um ser espiritual que tem a habilidade de “invocar” tipos de Sushi). Após provar, Musashi se apaixona pelo Sushi e além de comê-los, ele quer saber mais sobre sua história. Mas nesse momento tropas do império capturam Franklin e Musashi fica devastado (a) com o acontecimento. E é ai que a história de Musashi começa e a luta pela liberação do Sushi.

Cheio de personagens cômicos e cenas divertidas, Musashi embarca em uma aventura com Jinrai, um sprite de Sushi super poderoso, para afrontar o império, resgatar Franklin e distribuir Sushi para o mundo inteiro.

sushi-striker-the-way-of-sushido-review-four

Limpando o prato, atacando e capturando todos Pokemon Sprites

Inicialmente eu achei que a mecânica de jogo de Sushi Striker: The Way of Sushido era algo simples, até lembrando um jogo no estilo Bejeweled/Candy Crush. Porém, ao jogá-lo vi que sua mecânica é bem mais profunda, inteligente e carrega em si um forte DNA de RPG.

O principio do jogo é que esses sprites que mencionei, eles podem fazer uma linha de Sushi onde ele invoca a comida em pratos. O Sushi Striker, no caso Musashi, pode comer o Sushi e empilhar os pratos. Quantos mais pratos empilhados, maior o dano que dará no seu inimigo. A ideia principal é sempre empilhar muitos pratos (sempre da mesma cor) e você pode escolher entre jogá-lo no seu inimigo ou então guardá-lo em um espaço específico. Depois que você empilhar diversos tipos de pratos, eles serão tacados no inimigo de forma automática.

Isso é o básico, mas tem muito mais além disso. O primeiro ponto é que cada um tem 3 linhas de Sushi e uma sétima é compartilhada, ou seja, quem pegar um prato específico primeiro, leva ele. Vale pontuar que não pode sair compulsivamente empilhando pratos, é necessário que sejam da mesma cor/tipo e você tem até 7 segundos para empilhar o máximo possível. Caso ultrapasse esse tempo, eles irão cair. E se lembra que falei dos sprites? Então, cada um tem um nível próprio que aumenta status específicos e tem uma habilidade especial. É possível aumentar a defesa, ataque, recuperar vida e por ai durante um embate de Sushi (nunca achei que fosse falar isso na vida, uma guerra de Sushi…). Será possível equipar até 3 sprites e modifica-los se sentir necessidade. Com a evolução de cada sprite será possível ganhar novos pratos de Sushi que irão causar ainda mais dano.

Mas não ache que a estratégia para por ai. Também será possível equipar uma Gear por vez que irá afetar/dar habilidades a sua linha de Sushi. Também será possível levar itens para as batalhas assim como usá-los fora delas. Por fim, será possível “equipar” um tipo de Sushi preferido que lhe dará um tipo de status durante as lutas caso as condições sejam atendidas.

Quem iria dizer que existe batalhas de Sushi e que elas seriam tão complexas, não é?

SushiStrikerTheWayOfSushido 3

Conclusão, coma Shushi

Embora Sushi Striker: The Way of Sushido tenha uma proposta muito louca, ele é extremamente divertido e desafiador. Por um lado ele tem um visual de desenho animado e personagens exagerados que dão uma leveza ao jogo. Já do outro lado, ele apresenta uma mecânica bem complexa que envolve características de RPG e muita estratégia.

Eu super recomendo comprar, jogar e se divertir com Sushi Striker: The Way of Sushido.

notas

Relacionados

Comentários