Análise: Kenshi exige que você sobreviva e explore suas incontáveis possibilidades de gameplay

Por mais que pareça só mais um jogo de RPG, Kenshi é muito mais que isso. Tente sobreviver a milhões de formas de morrer (espancamento, fome, perda de membros, ataques de animais, doenças, entre outros) e construa o seu império. Seja através de um exército, um comércio, um bando de ladrões, tudo é possível nesse jogo de mundo aberto em que você faz o seu destino.

CRIE SEU PERSONAGEM

O que você quer ser? Um mercador? Um ladrão? Um mercenário? Kenshi te dá essas e mais outras opções para que você comece o jogo e desenrole ele do seu jeito. Além disso, você ainda deve escolher a sua raça e gênero, sendo que ambos têm um impacto direto no jogo. Caso você seja um humano, não terá problemas com a ordem dos religiosos e eles até te ajudarão em alguns momentos de perigo. Porém, cuidado para ser pego roubando e correr o risco de ser escravizado e ficar preso.

Na tela de criação de personagens além das características citadas antes, você ainda pode editar a aparência do personagem como altura, peso, postura, etc. Também é possível criar padrões para serem utilizados para outros personagens que você adquire durante o jogo. Outro ponto interessante consiste nas habilidades de cada personagem, o qual temos acesso no canto inferior esquerdo da tela de criação. Raça, gênero e tipo de personagem, cada uma dessas alterações causa uma diferença nas habilidades do seu personagem. Tenha isso em mente e escolha algo que se encaixe melhor naquilo que você quer fazer no jogo.

O JOGO

De longe a parte mais difícil do jogo é sobreviver ao seu início. Você sempre começa na pior situação possível para cada personagem e precisa se virar pra ficar vivo. Arrumar um trabalho e roubar são sempre duas coisas que você pode fazer durante todo o jogo, mas como você não tem nenhum ponto de habilidade no início, a segunda opção sempre se mostra mais fácil (mas pode custar caro). Você pode ser preso pelos locais se for pego, ser transformado em escravo ou até ser espancado até a morte e ter que recomeçar o jogo do zero.

Para que você não corra o risco de morrer ou ser pego a todo momento pelos locais o melhor a fazer é aumentar o seu nível de habilidade, o que é muito interessante no jogo, já que você só desenvolve as suas habilidades colocando as mãos na massa. Por exemplo, caso você queira ficar mais forte, é necessário carregar mais peso para que essa habilidade aumente. Se quiser lutar melhor, você precisa cair na porrada com os outros personagens (cuidado para não apanhar demais e ter uma parte de seu corpo muito danificada, já que ela pode ficar inutilizável), e roubar mais para aumentar seu nível e ser um ladrão de primeira. Ou seja, qualquer habilidade que você treine será desenvolvida e ajudará a se manter vivo para alcançar seus objetivos no game.

Explore o mapa. Mesmo que ele seja um imenso deserto, cada cidade vai te trazer uma atmosfera única e te mostrará mais e mais opções de customização no jogo. Aproveite as jornadas para upar os seus personagens e farmar itens. Acumule recursos e contrate outros personagens para servi-lo e consiga animais para servir de carga e aumentar o seu inventário. Compre propriedades para montar a base do seu exército ou bando de ladrões, ou um armazém para aumentar seus negócios ou abrigar seus animais.

O gameplay do jogo em si é bem simples. Todas as ações dos personagens são controladas por você através do quadro de ações. Os modos sorrateiro, de ataque ou de defesa estão no canto inferior direito da tela do jogo, e você pode aplicar a mesma ação para todos os personagens selecionando-os em pastas. Isso deixa as batalhas em grupo mais fáceis para ações que focam em flanquear ou até mesmo retirar seus personagens.

CONCLUSÃO

O jogo é extremamente divertido e vale muito a pena pra você que é fã de RPG’s do tipo survival. A possibilidade de desenvolver seu personagem como quiser dá uma gama de possibilidades de gameplay enome. Essa liberdade que o game dá é algo sem precedentes e deixa o enredo ainda mais cativante.

notas

Publicado
Um grande pinador dos FPS que acompanha eSports e finge saber das coisas. Saudosista dos consoles da Sega, formado em Adminsitração e com curso Pokémon de inglês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *