Voyager 2GO é uma inovação em experiência VR

Voyager 2GO traz um novo formato para experiências envolvendo VR, sendo capaz de otimizar o espaço de maneira inovadora

O Voyager 2GO é a solução encontrada pela Voyager, centro de experiência em VR, para poder expandir seus horizontes sem ter problemas envolvendo o espaço. Sendo uma estratégia simples, porém, funcional que usa “lego” como exemplo, a iniciativa começou no Shopping Eldorado em São Paulo, onde temos sua primeira base itinerante que é capaz de se adaptar de acordo com o espaço disponibilizado.

A “loja” foi montada especialmente para que os visitantes possam aproveitar ao máximo a experiência do VR, tendo o espaço suficiente em cada base para que seja capaz de realizar os movimentos livremente sem risco de acertar algo ou alguém.

Além disso, o espaço também conta com dois simuladores para Project Cars 2 que amplia a experiência do VR, fazendo com que você sinta a sensação realista de estar pilotando um carro (graças a isso notei que preciso treinar bastante antes de tentar tirar a minha carteira de motorista).

O Voyager não é somente equipamento. É a experiência. Nossas estações de inicio tem o espaço ideal para você ter uma boa experiência em realidade virtual”, diz Rodrigo Terra, cofundador e Chief Technologist Evangelist (CTE) do Voyager.

Inclusive, também é importante citar, que além de trabalhar com experiência em VR pela Voyager, eles iniciaram com a ARVORE, um estúdio brasileiro, que nasceu para ser um dos pioneiros na utilização desta tecnologia. E como dito por Rodrigo, eles são especializados em realidade estendida do qual aborda todas as formas de realidade como a virtual e a aumentada.

Na experiência proporcionada pela Voyager 2GO, pude ter a oportunidade de experimentar os internacionais Project Cars 2 (como citado acima) e Creed. Da mesma forma, também pude ter a experiência de jogar games nacionais globalizados como o espetacular Y.U.K.I (do qual eu fiquei levemente viciado) e BELEAF, ambos vindo do próprio estúdio ARVORE.

Durante uma produtiva conversa com Rodrigo Terra, pudermos ver o VR, em especial a Voyager, tem um grande público que é bastante misturado entre crianças, adolescentes e adultos. E que um dos jogos mais procurados é o frenético Beat Saber.

Fazendo a conversa ir de forma mais expansiva para o universo da tecnologia, o questionamento de realidade virtual ao passar dos anos substituir as telas foi levantado.

A realidade virtual hoje não anula a experiência de um jogo. Igual Death Stranding que é feito para ter experiência numa tela 2D. Por muitos anos, eu acredito que o VR não vai anular a experiência de tela. A tendência é que o aparelho de VR fique do tamanho de óculos de grau. O que pode acontecer é que no futuro não tenham mais televisores e as telas sejam num ambiente virtual.

Para concluir a conversa, tivemos um pequeno papo sobre as possibilidades que a realidade virtual é capaz de trazer como a versão VR de Skyrim que permite que os jogadores possam fazer um turismo virtual permitindo que as pessoas explorem aquele mundo e sintam imersas naquele ambiente do qual as pessoas podem simplesmente estarem lá para admirar.

Se vocês também tem vontade de aproveitarem as experiências em realidade virtual, confira abaixo o endereço e horários:

Voyager 2GO Shopping Eldorado

(Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros, São Paulo/SP)

  • Dias e horários: De segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 11h às 20h
  • Idade: acima de 10 anos 

Anderson Mussulino

Publicitário louco por toda a cultura geek. Redator do Última Ficha e apaixonado por jogos que vem da terra do sol nascente.
Botão Voltar ao topo
Fechar