Se você estiver jogando Zelda: Breath of the Wild, desligue o minimapa


The Legend of Zelda: Breath of the Wild é um jogo fantástico em todos os seus aspectos. Se perder nesta fantástica história é fácil, mas temos aqui uma dica para aqueles que já estão jogando ou pretendem comprar o jogo no futuro próximo e que querem imergir completamente no seu mundo: desligue o minimapa.

As opções do menu de Breath of the Wild são mais limitadas do que as de outros jogos mundo aberto com orçamentos gigantescos. Você pode fazer coisas como inverter o eixo do mapa ou reposicionar o botão de pulo, etc. Entretanto, uma das possibilidades mais importantes é a de se mudar HUD do modo “Normal” para o “Pro”.

Confiram abaixo a diferença do HUD “Normal” para o “Pro”.

Normal

Normal

Pro

Pro

Como vocês podem ver, o HUD Normal tem um monte de informações a mais do que o HUD Pro, incluindo temperatura, hora do dia, objetivos de quests, quanto de som se está fazendo e um minimapa relativamente grande no canto da tela. O HUD Pro somente mostra seus corações, apesar de evidenciar alguns outros dados quando convém também.

Entretanto, o ponto é o seguinte: Você não precisa ler qualquer uma das informações extras na tela enquanto joga. Como em um monte de jogos bem desenvolvidos, Breath of the Wild se comunica constantemente com o jogador de forma orgânica, mais natural. Se a temperatura está baixa o suficiente para ser um problema, Link irá começar a tremer. Se você não estiver fazendo muito barulho, bom, você não está fazendo muito barulho. O jogo em si é facilmente compreensível e há sempre uma forma de identificar pontos de referência no horizonte.

Caso queira ter certeza da direção para onde se está indo, você pode olhar pelos binóculos de Link e todos os waypoints colocados irão ficar iluminados. É possível até usá-lo para colocar waypoints. E, se você quiser olhar a temperatura ou sua localização ainda assim, essa informação está à distância de um botão na tela do mapa.

Com o HUD Pro ligado, nos encontramos muito mais imersos no mundo. Esquecemos completamente do minimapa assim que começamos a jogar essa obra prima sem ele por alguns minutos.

A recomendação é a seguinte, então: Comece o jogo no modo Normal, e depois passe para o modo Pro para vivenciar esse mundo incrível de Breath of the Wild da melhor forma. O jogo tem uma ideias inovadoras que são mais facilmente compreendidas com o HUD Normal ligado inicialmente, mas assim que estiver familiarizado, mude para o HUD Pro e se perca na aventura absurda que é The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

VEJA A PRIMEIRA HORA DE THE LEGEND OF ZELDA: BREATH OF THE WILD ABAIXO


Matéria livremente traduzida da Kotaku

Publicado
Formado em Relações Internacionais, Bernardo aproveitou o dom de escrever para algo útil. Músico, viajante, cronista e amante de qualquer coisa que seja relacionada a jogos, seu sonho é ser jornalista na área. Tem um carinho especial por jogos que tragam o melhor de todas as formas de arte que os englobam.

One thought on “Se você estiver jogando Zelda: Breath of the Wild, desligue o minimapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *