Novo jogo de South Park tem a fase mais louca da história dos games

Antes de mais nada devo informar que caso não queira nenhum spoiler sobre o jogo South Park: A Fenda que Abunda Força, você deve parar de ler este texto. O Spoiler não é nada que irá estragar a trama do jogo, mas irá tirar uma das muitas surpresas e loucuras que o jogo oferece.

Agora que o alerta já foi dado, vocês notaram a imagem dessa matéria? Um peixe montado em um unicórnio que peida arco-íris e flutua no céu? Bem, deixa eu explicar essa missão para você que pode estar um pouco confuso com a imagem.

Em South Park: A Fenda que Abunda Força, você está brincando de super-herói com seus amigos e na sua ficha de personagem é possível preencher vários aspectos, dentre eles sua religião. Ao receber a missão de fazer sua religião, você irá para um lago onde se encontrará com um Aquaman genérico, que será conhecido por Sêmen, digo, Sea Man! E ao encontrá-lo, você deverá ir ao fundo do mar ajudar um peixe gay (isso ai, um peixe gay) que está muito triste.

Após conversar com o peixe, você entenderá que sua tristeza vem da morte de sua mãe e sua incapacidade de guiá-la pelos portões do céu. Pois bem, após subir aos céus caberá a você ,o bundão, digo, o novato, guiar a mãe do peixe gay em um unicórnio que peida arco-íris. Mais a frente neste mini game que é igual lembra flappy bird, irá aparecer uma espécie de demônio que representa todos os haters do peixe gay, pois este faz muito sucesso nas redes sociais.

Então é isso! Essa é a missão para você escolher sua religião em South Park: A Fenda que Abunda Força. Uma coisa é certa: a equipe de desenvolvimento não estava pura enquanto bolou esse jogo! Mas isso é uma crítica? De modo algum! Para mim esse jogo é necessário ser jogado para qualquer um que se chame de gamer (e seja maior de 18 anos)!

Ah sim, depois da mãe passar do peixe gay em seu unicórnio, Jesus aparece e fica tocado com seu ato de generosidade que era totalmente desnecessário perante o peixe gay. Com isso ele te orienta na sua religião e ainda tira uma selfie com você.

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo