Opinião: FIFA 20 e a polêmica do handicap

FIFA 20 ainda nem chegou mas uma polêmica já toma conta das redes: o handicap. Essa funcionalidade, que já estaria dentro do jogo desde muitas versões atrás até FIFA 19, ajuda e atrapalha jogadores dependendo de como a partida se encaminha.

E antes de prosseguirmos com este texto, gostaria de lembrar que ele é de inteira responsabilidade do autor, e que não necessariamente os demais membros do bom Última Ficha compartilham dessa ideia.

EA nega a existência do handicap em FIFA

Voltando. O assunto handicap esquentou durante a última E3, durante a apresentação das primeiras imagens e informações sobre FIFA 20. Na ocasião, o gerente de comunidade da EA Sports, Corey Andress, garantiu que a funcionalidade não existe.

“Ouvimos suas preocupações sobre uma patente de ajuste de dificuldade dinâmico e gostaríamos de confirmar que isso não é usado em EA SPORTS FIFA. Nunca usaríamos isso para dar vantagens ou desvantagens a nenhum grupo de jogadores em nossos jogos”, disse Corey em um fórum do próprio jogo.

A desconfiança de que existia algo além…

Jogo FIFA online desde FIFA 12 (antes eu jogava somente os modos offline ou somente com amigos localmente). Vindo majoritariamente de partidas na franquia PES, eu achava engraçado quando levava algumas goleadas de 6 ou até 10 gols. Muito por conta da adaptação ao novo estilo que o jogo propunha. E não via problema nenhum nisso. Pelo contrário. As goleadas me motivavam a melhorar. A aprender melhor as mecânicas e, gradualmente, evoluir. Até porque, se eu era goleado em algumas paridas, em outras eu me dava bem e pouco a pouco fui adorando a jogabilidade que me era oferecida.

handicap fifa 19

Porém, essas “goleadas” diminuíram bastante conforme os novos jogos numerados de FIFA chegaram. Acredito que a grande mudança, com a consequente chegada do handicap, veio na mudança de gerações. Ou seja: quando FIFA 14 estreou no Playstation 4 e no Xbox One.

De lá pra cá vejo sim uma influência clara do sistema do jogo em querer manter placares “enxutos”. Não apenas evitar goleadas, mas também garantir que o outro lado faça gols para manter as coisas equilibradas.

Ativando o handicap

O sistema de handicap, da forma como acredito que aconteça, é ativado após situações de gol. Ou seja: se você fizer dois gols no adversário, se prepare, pois o sistema entrará em ação.

sistema handicap fifa
“O sistema é foda, parceiro” (Capitão Nascimento)

E os sintomas de que o sistema foi ativado são bem claros. Erros de passe onde normalmente não se erraria. Gol bizarramente perdidos em situações que, normalmente, você não perderia. Finalizações na trave, demora em realizar um chute cara a cara com o goleiro etc.

Há provas de que o handicap existe em FIFA?

Um usuário, ainda na época de FIFA 17, conseguiu acessar o código do jogo e descobriu uma programação que ativava o tão falado handicap. Na época, a notícia caiu como uma bomba na comunidade. YouTubers e até o Esporte Interativo falaram sobre o assunto.

O que os pró-players falam sobre o handicap em FIFA?

Um dos profissionais de FIFA mais famosos e influentes, Wendel Lima, foi categórico ao falar sobre o assunto em sua conta no Twitter:

Confira outros relatos de pro-players ao site do Sportv, no site Globo.com:

– Com certeza, existe (handicap). É nítido nas partidas, principalmente as de transição na Weekend League, que o jogo está tentando equilibrar a diferença de habilidades que existe entre os jogadores – defende Ébio “Ebinho”, jogador do Wolverhampton, da Inglaterra.

– Sim, existe. Porque a EA quer chegar mais perto do realismo e essa foi a forma que eles acharam para acontecer – opina Pedro Resende, da M10 (organização de eSports do meia Özil), único brasileiro já classificado para o Mundial de FIFA 19.

– Eu, particularmente, não acredito em handicap. Creio que o skill gap (diferença de habilidade) no FIFA ainda é muito baixo, por isso muitos falam sobre esse assunto. Acredito que há momentos da partida em que o seu time vai melhor e momentos em que o time vai pior, assim como no futebol real. Mas o jogo não favorece um jogador durante toda partida – diverge Henrique “Zezinho”, jogador do Team Gullit, organização de eSports da lenda do futebol holandês Ruud Gullit.

Veredito

Jogo games de futebol desde que me entendo por gente. E já joguei muita coisa. De Pelé Soccer no Atari, passando por International Super Star Soccer, Winning Eleven e, atualmente, PES e FIFA. E posso garantir: nunca vi coisas tão estranhas acontecendo dentro de um jogo de futebol quanto nessas últimas edições de FIFA.

Porém, não pensem vocês que o problema é exclusivo da EA. A Konami parece que gostou da ideia e podemos sentir a influência de um sistema que tenta influenciar nos resultados para que o jogo seja emocionante até o final. Ou seja: penalizando quem abre uma vantagem grande no placar e dando uma forcinha para quem precisa correr atrás.

O veredito? Eu acredito piamente que exista sim o sistema de handicap. Porém, gostaria de ouvir outras opiniões sobre o tema.

Para você, o handicap existe ou não?

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar