PUBG MOBILE eSports está de volta em novo formato para o PUBG MOBILE Pro League Americas

Com cinco times brasileiros, PUBG MOBILE Pro League (PMPL) será disputada online em junho e com fase Scrim a partir desta quinta (7)

PUBG MOBILE Pro League (PMPL) Americas Season 1 vai acontecer de 6 a 28 de junho, passando para um formato exclusivamente online, em um esforço para proteger a saúde e a segurança de funcionários, atletas e fãs. No total, cinco equipes brasileiras estão na competição: B4 Esports, Loops Esports, Enxame Gaming, ACE1 e Team Carreta Furacao.

O novo cronograma, criado pela Tencent em parceria com a ESL, também contará com a inclusão do Scrims – um novo formato projetado para aquecer os espectadores e jogadores profissionais antes da temporada regular. A PMPL Americas Scrims começa nesta quinta (7), com partidas ocorrendo quatro dias por semana até 31 de maio.

“Para garantir a segurança de todos, o que é de suma importância para nós, decidimos reinventar completamente a primeira temporada da PMPL Americas como uma competição online”, disse James Yang, diretor de PUBG MOBILE Global Esports, Tencent Games . “Embora essa não tenha sido uma decisão fácil, acreditamos que ela vai gerar novas oportunidades e caminhos emocionantes para as equipes ganharem ainda mais exposição, com formato e qualidade aprimorados.”

A PUBG MOBILE Pro League (PMPL) foi revelada no início deste ano como um nível profissional adicional ao programa oficial de eSports PUBG MOBILE 2020. A nova camada de nível profissional permite que as equipes concorram por uma fatia significativa do total de US$ 5 milhões em prêmios para este ano. O PMPL ocorre em quatro regiões: Sudeste Asiático, EMEA, Sul da Ásia e Américas (América do Norte e América do Sul).

Para deixar tudo ainda mais interessante, o PUBG MOBILE também introduziu um novo recurso, o “On Fire Card”. Cada equipe pode usar o “On Fire Card” uma vez por dia apenas durante as competições de fim de semana. Ao usar o cartão, as equipes podem optar por dobrar seus pontos de morte ou ganhar 50% a mais de pontos de colocação.

PUBG MOBILE Pro League 2020 no sul da Ásia está atualmente em pleno andamento, com o Scrims já ocorrendo.

Além dos brasileiros, as demais equipes participantes da PMPL Americas incluem os times americanos Cloud 9, Tempo Storm, Omen Elite, Pittsburgh Knights, Simplicity, Wildcard Gaming, GRUNTo Esports, HQA Gaming e Tribe Gaming. A Argentina é representada pela Team Queso e Cream Esports, enquanto os desafiantes do México são Mezexis eSport e CultuBGBG. O chileno Team Venerated completa a lista.

Este ano PUBG MOBILE concluiu a estrutura do programa global de eSports. O robusto ecossistema de eSports viu a PMPL ser introduzida para adicionar uma camada adicional de competição. O programa agora suporta jogadores de todos os níveis, do amador ao semiprofissional e profissional em vários países e regiões, garantindo um caminho claro para os jogadores subirem na hierarquia.

As principais equipes das PMPLs se qualificarão para a PUBG MOBILE World League (PMWL), que talvez seja adiada devido a preocupações em torno da pandemia. No PMWL elas terão a chance de competir no Campeonato Mundial, o evento de maior prestígio de PUBG MOBILE, que será realizado em dezembro e premia com uma parcela substancial do total de US$ 5 milhões.

Os jogadores do PUBG MOBILE também podem aproveitar o Midas Buy, um canal oficial de compra de Unknown Cash e Passes de Temporada. O Midas Buy traz um bônus de UC em qualquer compra e agora aceita diversas formas de pagamento como boleto, cartão de crédito, débito e transferência bancária, tudo com segurança garantida pelo Hype Games, um serviço da Level Up.

PUBG MOBILE pode ser baixado gratuitamente na App Store e Google Play. Para mais informações, visite os canais oficiais de PUBG MOBILE no FacebookTwitter e YouTube.

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.
Botão Voltar ao topo
Fechar