Tendência

Análise: Let’s Sing 2020 traz cantoria à quarentena!

Jogo base traz 30 canções em diversos modos diferentes!

Let’s Sing 2020 foi lançado em outubro de 2019 na Europa, e chegou ao ocidente apenas em Junho de 2020. Desenvolvido pela Voxler e distribuído pela Koch Media, o jogo promete agitar as festas dos jogadores, com diversos hits internacionais e seis modos distintos. No entanto, alguns problemas em sua execução deixam a desejar.

O que é Let’s Sing 2020

O jogo possui uma única e simples proposta: Simular um karaokê em casa, permitindo aos jogadores divertirem-se e tentarem alcançar pontuações mais altas conforme acertam as notas das músicas. A jogabilidade é simples e intuitiva, os menus também são de fácil navegação e o jogo conta com modos bastante interessantes e atrativos. Não é necessário possuir um microfone compatível com o console para usufruir da experiência completa, o que o torna mais acessível, visto que é só baixar um aplicativo em seu celular e a diversão estará garantida.

Let's Sing

Ao iniciá-lo, somos apresentados aos seis diferentes modos de jogo, cada qual com um diferencial que prolonga a vida do jogo, e traz características interessantes à jogabilidade. O modo clássico traz a experiência padrão de jogos do gênero, onde os jogadores selecionam a canção desejada e são apresentadas as palavras da música em alturas diferentes, simbolizando a variação entre grave e agudo de cada palavra. Ao acertar estes níveis, sua nota aumentará, em conjunto com o multiplicador de pontuação, que vai aumentando conforme você acerta uma sequência de palavras.

Ao final da canção, os jogadores recebem uma pontuação final, que é compartilhada com seus amigos que também possuírem o jogo, assim como ocorre nas versões mais recentes de jogos como Rock Band e Guitar Hero. Conforme o jogador recebe notas altas em cada uma das músicas no modo Clássico, as mesmas passam a ser liberadas nos modos alternativos do jogo, assim como são desbloqueados novos avatares a cada nível alcançado.

Let's Sing

Repertório pouco variado

O único (e maior) problema do jogo encontra-se no fato de possuir apenas 30 músicas e seu valor não justifica essa lacuna. A lista de músicas conta com diversos hits da atualidade (Porém apenas duas músicas lançadas em 2019 ou depois). Também, estão presentes alguns clássicos como The Show Must Go On, do Queen, Wannabe das Spice Girls e Numb, do Linkin Park.

No entanto, o jogo poderia ter uma variedade maior e mais coesa das eras da música visto que, na versão padrão, a maior parte do repertório é de músicas dos últimos 10 anos. Clássicos como A Thousand Miles, da Vanessa Carlton, A Total Eclipse Of The Heart, da Bonnie Tyler e The Rythm Of The Night, da Corona, encontram-se bloqueados em pacotes adicionais.

Let's Sing

Cantoria a noite toda

Mesmo com 30 músicas, o jogo consegue possuir uma boa vitalidade por conta de seus modos. Além do modo Clássico, estão disponíveis cinco opções alternativas que tornam a experiência Let’s Sing mais interessante quando jogada em conjunto com outras pessoas. Confira abaixo:

  • Feat.: Esse modo permite que os jogadores cantem em duetos, com seções delimitadas para cada jogador cantar sua parte, ao melhor estilo Glee (Só quem viveu sabe). As notas são medidas pela sinergia entre os cantores, com a barra de progressão aumentando conforme acertam as notas, e diminuindo caso cantarem errado ou não cantarem juntos. Considero este o modo mais divertido, principalmente pois as divisões de trechos são bastante coesas, e torna-se muito divertido jogar com um amigo ou parceiro.

Let's Sing

  • Mix Tape: Esse modo coloca os jogadores para gastarem suas vozes em uma seleção de músicas organizadas por tema. No entanto, os trechos de música são menores e são alternados de maneira brusca. Os jogadores precisam estar preparados para qualquer adversidade.
  • World Contest: Os jogadores competem online contra outras pessoas ao redor do mundo para ver quem consegue a pontuação mais alta.
  • Jukebox: Serve mais como uma funcionalidade para aproveitar os clipes de música presentes no jogo, de maneira que os mesmos são apresentados sem nenhuma interação dos jogadores.
  • Let’s Party: Permite que sejam formadas duas equipes de até 4 pessoas cada. Nesse modo, as equipes competem em diversos modos que tornam a experiência de karaokê mais divertida e competitiva. Um dos modos, por exemplo, torna a canção uma corrida. Conforme os jogadores acertam as notas, eles chegam mais próximos da linha de chegada. O porém é que, durante a canção, a música pode parar, e se o jogador continuar cantando, retorna bastante na corrida. Esse modo torna o jogo excelente para festas!

Karao-quem?

Let’s Sing 2020 peca em seu repertório fraco e não muito diverso, mas em contrapartida traz variantes divertidas para curtir a noite com seus amigos. Os pacotes de músicas são vendidos separadamente, mas fazem total uso dos diferentes modos de jogo, tornando-os mais atrativos a quem estiver interessado.

O jogo entretém bastante se jogado em sessões curtas, mas além de provocar cansaço físico, deve enjoar facilmente quando jogado com as mesmas pessoas em ocasiões diferentes.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Quer comprar um jogo novo ou usado com desconto? Confira aqui o nosso parceiro Big Boy Games e use o cupom ULTIMAFICHA para ganhar desconto adicional!

Let's Sing 2020

Visual, ambientação e gráficos - 6.5
Jogabilidade - 7
Diversão - 8
Quantidade de faixas disponíveis - 6

6.9

Bom

Let's Sing 2020 diverte bastante quando jogado com um grupo de amigos, e seus modos alternativos tornam a experiência refrescante. Porém, a simples trilha sonora do jogo base torna o jogo repetitivo e pouco diverso.

User Rating: Be the first one !

Nicolas Togashi

Graduado em desenvolvimento de jogos e aficionado por essa mídia, perde mais tempo jogando do que efetivamente utilizando a graduação para alguma coisa. Ama RPGs, e se esforça para ser um bom aliado nos jogos online.
Botão Voltar ao topo
Fechar